Mesquita de Rüstem Paşa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mesquita de Rüstem Paşa
Vista da mesquita desde as proximidades do Bazar das Especiarias e da Mesquita Yeni. Em cima, à direita, ao fundo, avista-se a Mesquita Süleymaniye.
Vista da mesquita desde as proximidades do Bazar das Especiarias e da Mesquita Yeni. Em cima, à direita, ao fundo, avista-se a Mesquita Süleymaniye.
Local Eminönü, Fatih
Região Istambul
País  Turquia
Coordenadas 41° 01' 03" N 28° 58' 07" E
Religião muçulmana


Arquiteto Mimar Sinan
Estilo arquitetónico otomano
Início da construção 1561
Fim da construção 1563


Interior
Pátio
Azulejos

A Mesquita de Rüstem Paşa (em turco: Rüstem Paşa Camii) é uma mesquita otomana situada no bairro de Eminönü, distrito de Fatih, Istambul, Turquia.[1] É famosa principalmente pelos seus azulejos de İznik, considerados por muitos os mais belos do seu tipo. É uma das inúmeras obras do arquiteto Mimar Sinan.

História[editar | editar código-fonte]

A mesquita foi desenhada pelo arquiteto imperial otomano Mimar Sinan para o Damat (esposo de princesa) Rüstem Paşa, marido da sultana Mihrimah, filha dileta do sultão Solimão, o Magnífico e de Roxelana. A construção decorreu entre 1560 e 1563.[2]

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

Exterior[editar | editar código-fonte]

A mesquita foi construída sobre um terraço, por cima de um complexo de lojas cujas rendas se destinavam a financiar o complexo da mesquita. O acesso à mesquita ao seu pátio é feito por duas escadarias interiores estreitas e escuras, uma em cada lado do pátio. à frente da mesquita propriamente dita existe uma arcada dupla com cinco cúpulas suportadas com uma fila de colunas.[3]

Interior[editar | editar código-fonte]

A mesquita é famosa pela quantidade e qualidade única dos azulejos de İznik que cobrem o mihrab, o minbar e grande parte das paredes e colunas, tanto no interior como no exterior. Os motivos são florais e geométricos. Muitos deles fazem uso dacor vermelho-tomate, característica do período antigo dos azulejos de İznik (1555-1620). Nenhuma outra mesquita de Istambul apresenta tantos azulejos.[4]

A planta é basicamente um octágono isncrito num retângulo. A cúpula principal assenta em quatro semicúpulas, situados nas diagonais do edifício e não nos eixos, como é mais comum. Os arcos da cúpula assentam em quatro pilares octogonais — dois a norte e dois a sul — e em apoios embebidos nas paredes orientais e ocidentais. A norte e a sul existem galerias suportadas por pilares com pequenas colunas de mármore entre eles.[3]

Referências

  1. Rogers
  2. Faroqhi
  3. a b Freely
  4. Denny

Fontes e bibliografia[editar | editar código-fonte]

Não usadas diretamente, mas referidas no artigo onde o texto foi inicialmente baseado:

  • Denny, Walter B.. Iznik: The Artistry of Ottoman Ceramics (em inglês). [S.l.]: Thames & Hudson, 2005. ISBN 0500511926.
  • Faroqhi, Suraiyah. Subjects of the Sultan: Culture and Daily Life in the Ottoman Empire (em inglês). [S.l.]: I B Tauris, 2005. ISBN 1850437602.
  • Freely, John. Blue Guide Istanbul (em inglês). [S.l.]: W. W. Norton & Company, 2000. ISBN 0393320146.
  • Rogers, J. M.. Sinan: Makers of Islamic Civilization (em inglês). [S.l.]: I B Tauris, 2007. ISBN 184511096X.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mesquita de Rüstem Paşa