Paradoxo da informação em buracos negros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

O paradoxo da informação em buracos negros resulta do somatório de efeitos previsíveis em algumas teorias envolvendo as leis de um universo imaginário com as leis da relatividade geral e a mecânica quântica igualmente deduzidas.

A informação originada dos buracos negros é um desses efeitos que tem sido um assunto controverso entre os cientistas, visto que a informação a qual os sentidos humanos são adaptados, dependem da energia eletromagnética ou seja da luz e como, os buracos negros atraem tanto a matéria como a energia da luz, não há como confirma-los ou saber da existência deles tanto no macro como no microcosmo.

A equação[editar | editar código-fonte]

A entropia de um buraco negro é dada pela seguinte equação:

S = \frac{c^{3}kA}{4 \hbar G}

Onde S representa a entropia, c a velocidade da luz, k a constante de Boltzmann, A a área da superfície do horizonte de eventos, ħ a constante de Dirac e G a constante de gravitação

Ligações externas[editar | editar código-fonte]