Principado da Bulgária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Княжество България
Knyazhestvo Balgariya

Principality of Bulgaria

Vassalo do Império Otomano [1]

Ottoman flag.svg
1878 – 1908 Flag of Bulgaria.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Bulgária
O principado em comparação com os limites preliminares do tratado de San Stefano
Continente Europa
Região Balcãs
País Bulgária
Capital Sófia
Religião Igreja Ortodoxa
Governo Principado
Knyaz
 • 1879-1886 Alexandre I
 • 1886-1908 Fernando I
História
 • 13 de Julho de 1878 Tratado de Berlim
 • 6 de Setembro de 1885 Unificação da Bulgária
 • 5 de Outubro de 1908 Elevação à reino
Moeda lev búlgaro

O Principado da Bulgária (em búlgaro: Княжество България, Knyazhestvo Balgariya, em russo: Княжество Болгария, Knyazhestvo Bolgariya) foi uma entidade autônoma criada como um Estado vassalo do Império Otomano pelo Tratado de Berlim em 1878.

Após a Guerra Russo-Turca terminar com uma vitória russa, as preliminares do Tratado de San Stefano entre o Império Russo e a Sublime Porta (o governo otomano), em 3 de março, tinha originalmente proposto um território búlgaro consideravelmente maior: suas terras abrangiam quase todos os búlgaros étnicos nos Bálcãs; e, ao incluir a Mésia, a Trácia e a Macedônia, se estenderia desde o Mar Negro até o Mar Egeu, no Mediterrâneo.[2] O Reino Unido e a Áustria-Hungria temiam o estabelecimento de um grande Estado cliente russo nos Bálcãs, que poderia mudar o equilíbrio de poder Mediterrâneo.[2] Devido a isso, as grandes potências foram convocadas e assinaram o Tratado de Berlim, substituindo o Tratado de San Stefano, que nunca entrou em vigor. Isto resultou em um principado suserano significativamente menor. [2]

O Tratado de Berlim também previa a Rumélia Oriental, como uma província autônoma dentro do Império Otomano, ao lado da Bulgária. [2] Em 1885 porém, uma revolução sem derramamento de sangue resultou na Rumélia Oriental sendo de facto anexada pela Bulgária, que o Império Otomano aceitou com o Acordo de Tophane. Enquanto isso, a vitória do knyaz Alexandre de Battenberg sobre as tropas do rei Milan I da Sérvia durante a Guerra Servo-Búlgara, foi possível reforçar a posição dos nacionalistas búlgaros nos Bálcãs.[2]

Em 21 de agosto de 1886, um golpe organizado por forças pró-russas derrubou o knyaz Alexandre da Bulgária, que foi substituído em 7 de julho de 1887 pelo infante D. Fernando de Saxe-Coburgo.

Em 22 de setembro de 1908, a Bulgária declarou oficialmente a independência, elevando o principado ao Reino da Bulgária.[2] O Estado Búlgaro após a Libertação é normalmente referido como o Terceiro Estado Búlgaro.


Referências

  1. O Principado da Bulgária era um estado independente de facto com sua própria Constituição, bandeira, hino e política externa.
  2. a b c d e f HISTORY OF BULGARIA - THE PRINCIPALITY OF BULGARIA Embassy of the Republic of Bulgaria.