Riozinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Riozinho
Bandeira de Riozinho
Brasão de Riozinho
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 5 de setembro de 1988 (25 anos)
Gentílico riozinhense
Prefeito(a) Airton Trevizani da Rosa (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Riozinho
Localização de Riozinho no Rio Grande do Sul
Riozinho está localizado em: Brasil
Riozinho
Localização de Riozinho no Brasil
29° 38' 27" S 50° 27' 10" O29° 38' 27" S 50° 27' 10" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008 [1]
Microrregião Gramado-Canela IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Maquiné, Rolante
Distância até a capital 104 km
Características geográficas
Área 239,340 km² [2]
População 4 327 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 18,08 hab./km²
Altitude 90 m
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,758 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 51 440,960 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 153,72 IBGE/2008[5]
Página oficial

Riozinho é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se a uma latitude 29º38'28" sul e a uma longitude 50º27'09" oeste, estando a uma altitude de 90 metros. Sua população estimada em 2004 era de 4 421 habitantes. Possui uma área de 236,95 km². É um município que conta com as águas do rio dos Sinos.

História[editar | editar código-fonte]

O município foi colonizado a partir de 1875 por famílias de imigrantes húngaros, poloneses, prussianos e suécos. Por volta de 1890 famílias italianas e alemãs começaram a se instalar no local.

A denominação de Riozinho provém de um pequeno rio existente na localidade de que a divide em duas partes.

A comunidade foi crescendo e se desenvolvendo, criando condições para emancipar-se. Em 10 de abril de 1988, realizou-se o plebiscito de emancipação, sendo criado oficialmente o município de Riozinho, pela lei estadual nº 8603.

Turismo Ecológico[editar | editar código-fonte]

Por localizar-se numa área de transição morfológica entre os campos de cima da serra e a planície litorânea, Riozinho é entrecortada por várias Serras e cursos d'água de leito acidentado, possuindo assim várias cascatas e morros. Sua vegetação ombrófila com resquícios de Mata Atlântica ajuda na composição de uma série de paisagens que fomentam o turismo ecológico. O principal ponto turístico da cidade é a Cascata do Chuvisqueiro, mas também merecem visita a Cascata das Andorinhas, a popularmente conhecida como "lagoa da Forjasul" e o "Balneário dos Condutos", entre vários balneários.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

O principal acesso da cidade é via RS-239.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]