Passo Fundo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Passo Fundo
"Capital do Planalto Médio"
"Capital Nacional da Literatura/ "Lugar de ser Feliz"/ "Capital do Norte""
Passo Fundo vista do Bairro Petrópolis.jpg

Bandeira de Passo Fundo
Brasão de Passo Fundo
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 28 de janeiro
Fundação 7 de agosto de 1857 (157 anos)
Gentílico passo-fundense
Lema Trabalho, Fraternidade, Progresso
Prefeito(a) Luciano Palma de Azevedo (PPS)
(2013–2016)
Localização
Localização de Passo Fundo
Localização de Passo Fundo no Rio Grande do Sul
Passo Fundo está localizado em: Brasil
Passo Fundo
Localização de Passo Fundo no Brasil
28° 15' 46" S 52° 24' 25" O28° 15' 46" S 52° 24' 25" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008[1]
Microrregião Passo Fundo IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Pontão e Coxilha a norte
Mato Castelhano a leste
Marau a sul
Ernestina e Santo Antônio do Planalto a sudoeste
Carazinho a oeste
Distância até a capital 289 km
Características geográficas
Área 790,355 km² (BR: 1760º)[2]
População 200,000 hab. [IBGE]]/2014[3]
Densidade 0,25 hab./km²
Altitude 687 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,847 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 4,751 198 mil IBGE/2010[5]
PIB per capita R$ 25,618 50 IBGE/2010[5]
Página oficial

Passo Fundo é um município brasileiro da região sul, localizado no interior do estado do Rio Grande do Sul. É a maior cidade do norte do estado, sendo considerada cidade média, com população estimada em mais de 200.000 habitantes, devido ao grande volume de estudantes e pessoas de outros municípios quem vem à trabalho. Possui um grande número de edifícios, sendo uma das cidades mais densas do Estado. O PIB do município é de 4.551,198 mil reais (201) e a renda per capita, de 26.365.24 reais (2011) [6] . A cidade é conhecida como "Capital do Planalto Médio", "Capital Nacional da Literatura","Lugar de ser Feliz"e "Capital do Norte", já que é a maior cidade do Noroeste Rio-grandense.

História[editar | editar código-fonte]

O município de Passo Fundo, emancipado em 28 de janeiro de 1857, teve sua formação a partir de 1827, como resultado da ocupação do Planalto Médio e Alto Uruguai, e seu território original hoje abriga 107 municípios do Rio Grande do Sul. Leva esse nome em razão de um rio de mesmo nome utilizado pelos tropeiros desde o século XVIII.

Fundação[editar | editar código-fonte]

Em 1827 foi fundada pelo cabo Manuel José das Neves a Fazenda Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas terras que recebeu da Comandância Militar de São Borja. Essa fazenda foi a retomada da povoação da região onde hoje fica o município de Passo Fundo. Sua sede ficava onde hoje está a Praça Tamandaré. Em um terreno de nove metros quadrados doados à Igreja, foi erguida em 1835 a Capela de Nossa Senhora da Conceição, onde hoje fica localizada a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição de Passo Fundo.

Em 1830, o capitão Joaquim Fagundes dos Reis foi designado pela Comandância Militar de São Borja para exercer a função de comissário na nascente povoação, sendo assim considerado a primeira autoridade da cidade. Historiadores apontam fatos que açambarcam o passado sombrio e doloroso de Passo Fundo

Revoluções[editar | editar código-fonte]

Pavilhões sendo hasteados em comemoração à Semana Farroupilha.

A Revolução Farroupilha quase causa o desaparecimento de Passo Fundo. Em 1833 a então freguesia tinha 419 habitantes. Quando do fim da revolução, em 1843 restavam cerca de 60 pessoas em precárias condições. Desestruturada pelas requisições de mantimentos, gado e cavalos pelas tropas que passaram pela região, reergueu-se e chegou a vila em 7 de agosto em 1857, quando foi instalada, sob a presidência de Manuel José de Araújo, a Câmara Municipal, com poderes executivos e legislativos.

Anos depois, no final do século, seu território foi palco de uma das mais sangrentas batalhas da Revolução Federalista: a Batalha do Pulador.

Em abril de 1964, o governador Ildo Meneghetti estabeleceu em Passo Fundo o governo do Estado do Rio Grande do Sul por 4 dias devido ao Golpe Militar de 1964.

Em 1979, ocorreu a Revolta dos Motoqueiros, única rebelião, no Estado, liderada por motociclistas, durante o Regime Militar.

O Movimento Republicano em Passo Fundo[editar | editar código-fonte]

O movimento republicano ganhou corpo em Passo Fundo com o Clube do Toco de Vela, grupo de rapazes que por volta de 1870 passou a reunir-se na ferraria do estadunidense Thomas Canfield, para ler o jornal A Federação e debater seus ideais de igualdade, abolição, democracia e república. A república finalmente chegou em 1889, mas os republicanos de vinte anos antes não tomaram as rédeas da política passo-fundense, que continuou sob comando dos velhos coronéis do Partido Conservador, Gervásio Lucas Annes, Coronel Chicuta e o Capitão Lucas Araújo.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Passo Fundo está localizado na Mesorregião do Noroeste Rio-grandense e Microrregião de Passo Fundo. Tem área de 780,355 km². A estimativa da população pelo IBGE, segundo o Censo 2011, é de 186.028 habitantes. Entretanto, aparenta ser bem mais populosa, por ser uma cidade universitária e polo comercial do norte do estado, contando com grande fluxo de pessoas diariamente que transitam pela cidade em busca de diversos serviços.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Na vegetação, predominam campos abertos com matas nativas do tipo floresta subtropical com araucária e outras espécies de pinheiros e coníferas. Os solos são derivados de derrame basáltico, profundos e bem drenados, pertencentes ao grupo Latossolo Vermelho, argiloso.

Distritos[editar | editar código-fonte]

  • Pulador
  • Bela Vista
  • Bom Recreio
  • São Roque
  • Independência
  • Santo Antônio do Capinzal
  • Posse Boa Vista
  • São Bráz
  • São Roque
  • São José
  • São Valentin
  • Santo Antão

Principais bairros e Vilas[editar | editar código-fonte]

Catedral Nossa Senhora Aparecida.
  • São Cristóvão: É o maior bairro da cidade em extensão, pois ele acompanha a Avenida Presidente Vargas, a segunda maior avenida da cidade, e bem estruturado, possui o campo da Brigada Militar e o Estádio do Vermelhão da Serra como seus principais atrativos possui várias lojas, postos de gasolina, agencias bancarias, e outros serviços importantes,. Sua população é de aproximadamente 50 mil habitantes.
  • Boqueirão: É o segundo bairro mais importante da cidade, porém o mais completo, possui várias lojas, postos de gasolina, agencias bancarias, e outros serviços importantes. Nele está localizado o ginásio Teixeirinha e o Estádio Wolmar Salton. Sua população é de aproximadamente de 19.500 habitantes.
  • Petrópolis: Atualmente é o segundo bairro mais valorizado e importante da cidade, possuindo como delimitar territorial do bairro o rio Passo Fundo e a BR 285, que cruzam-se em duas posições geográficas diferentes, o bairro é considerado de infra estrutura completa pelo BID (Banco Inter Americano de Desenvolvimento) graças ao trabalho comunitário da Família Figueira, mais especificamente por Waldemar dos Santos, e seu filho Waldenor dos Santos e seu neto Vitor Dos Santos, os dois últimos possuiam grande influencia com os empresários e lideres municipais e estaduais, o bairro que possuia uma predominância de campos com algumas araucárias, e desenvolveu-se apos a ACADEMIA E SAUNA SANTOS instalarem-se na Vila, mas as grandes conquistas sociais e de obras de infra estruturas iniciaram com a colaboração do médico e amigo da Família, o Prefeito Firmino da Silva Duro (PMDB), e posteriormente com os Prefeitos Julio Teixeira (PMDB) e Osvaldo Gomes (PMDB), conquistando assim muitas obras como; TV UMBÙ atual RBS TV, CAIS (Posto de Saúde), Quartel de Bombeiros para o bairro, escolas municipais, creches municipais, o Shopping Bourbon, Prefeitura Municipal, Ginásio Maggi de Cezaro, CTG Lalau Miranda, Codepas, varias Agencias Bancarias, a sede administrativa do Sicredi, a sede administrativa e o deposito da rede de Farmácias São João, a sede do Projeto Planalto Vivo, a Lucero Engenharia e Gestão Ambiental, a Faculdade Ideau, a sede da Federação Gaucha de Defesa Pessoal, adentre outros.
  • Vera Cruz: Chamada de "grande Vera Cruz", o bairro fica localizado na zona norte da cidade, possui um porte médio, contudo, está desenvolvendo-se rapidamente. O bairro, é ponto importante para a construção, e muitas construtoras apostam nessa área para moradias e pontos comerciais. Sua população é de aproximadamente 19.797 habitantes.
  • São José: Um bairro importante para pelo fato de estar na entrada da cidade e nele estar localizada a UPF (Universidade de Passo Fundo) e o Aeroporto Nacional Lauro Kortz. Sua população é de aproximadamente 14 mil habitantes.
  • Centro: O centro da cidade chama a atenção por ser um dos municípios com maior densidade de edifícios do Rio Grande do Sul. Sua população estima-se de 25.314 habitantes.
Centro de Passo Fundo a noite.

Clima[editar | editar código-fonte]

Maiores acumulados de precipitação em 24 horas
registrados em Passo Fundo por meses
Mês Acumulado Data Mês Acumulado Data
Janeiro 113 mm 16/01/1996 Julho 135,7 mm 10/07/2007
Fevereiro 161,1 mm 18/02/1972 Agosto 112 mm 18/08/1965
Março 107,4 mm 06/03/2000 Setembro 134,2 mm 18/09/2010
Abril 174 mm 28/04/1998 Outubro 138 mm 01/10/2001
Maio 151,3 mm 28/05/1992 Novembro 112,1 mm 05/11/1997
Junho 83,9 mm 14/06/2005 Dezembro 111,3 mm 11/12/1970
Fonte: Rede de dados do INMET. Período: 1961 a 1984, 1988 a 1989 e a partir de 1991.[7]

Situada em um relevo montanhoso a uma altitude média de 690 metros e com clima temperado, Passo Fundo apresenta um clima do tipo fundamental úmido (f) com variação específica subtropical úmido (Cfa). A temperatura média anual é 17,5 °C, com máximas em torno de 28 °C em janeiro e 18 °C em julho e mínimas de 17 °C em janeiro e -1 °C em julho.[8] [9] Os verões são moderadamente quentes, com temperaturas máximas que ultrapassam os 30 °C em certos dias. Os invernos tendem a ser úmidos e amenos, e não raramente durante os picos de frio observam-se temperaturas máximas de apenas um dígito e mínimas abaixo de 0 °C. Nos meses mais frios é comum a formação de geada e, mais ocasionalmente, a ocorrência de neve. A chuva é bem distribuída durante o ano, tendo o mês de setembro o maior volume (197,9 mm) e abril o menor (99,7 mm).[10] Para cada mês, a umidade fica em torno de 70%.[11] Não há ocorrência de seca.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1961 a 1984, 1988 a 1989 e a partir de 1991, a menor temperatura registrada em Passo Fundo foi de -3,5 ºC em 14 de julho de 2000, e a maior atingiu 36,3 ºC em 20 de dezembro de 2008.[12] Os maiores acumulados de precipitação em 24 horas foram 174 mm em 28 de abril de 1998. Outros grandes acumulados foram 161,1 mm em 18 de fevereiro de 1972, 151,3 mm em 28 de maio de 1992.[7] Em outubro de 1997 foi registrado o maior acumulado total de precipitação em um mês, de 550,4 mm.[13]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Passo Fundo Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registrada (°C) 35,6 35,1 35,9 33,1 30,6 27,2 28,4 31,6 33 34,5 35,2 36,8 36,8
Temperatura máxima média (°C) 28,3 28 26,7 23,7 20,7 18,4 18,5 19,9 21,2 23,8 26 27,8 23,6
Temperatura média (°C) 22,1 22 20,5 17,6 15,2 12,9 13,3 13,9 15,7 17,6 19,6 21,4 17,7
Temperatura mínima média (°C) 17,5 17,5 16,3 13,5 10,9 8,9 8,9 9,9 11 12,9 14,8 16,5 13,2
Temperatura mínima registrada (°C) 9,4 7,2 4,5 1,6 -1,5 -2,4 -3,5 -2,9 -2,5 2,8 3,5 6,5 -3,5
Precipitação (mm) 149,7 165,8 134,9 99,7 114,3 133,6 161,8 187,8 197,7 152,9 131,7 173,2 1 803,1
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 12 10 10 7 7 8 10 10 11 9 8 9 111
Umidade relativa (%) 71 74 75 74 75 76 75 73 72 69 67 67 72,3
Horas de sol 238,8 208,1 207 185,2 181,1 153,7 162,6 161,1 154,9 202,3 220,6 254,2 2 329,6
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (normal climatológica de 1961-1990;[14] [8] [9] [10] [15] [16] [11] recordes de temperatura de 1961 a 1984, 1988 a 1989 e a partir de 1991).[12]

Economia[editar | editar código-fonte]

A base econômica do município se concentra, fundamentalmente, na agropecuária e no comércio, além de contar com forte setor em saúde e educacional (universitário).

Centro de Passo Fundo

A produção e a renda gerada no município estão centradas nos setores do comércio, sobretudo o varejista, e de serviços, responsável pela maior parte dos empregos gerados localmente; mais de 70,00% do emprego gerado no município de Passo Fundo está no setor terciário. Enquanto o número de empregos formais total aumentou 59,54% no período entre 1985 a 2005, o emprego no setor comercial aumentou 54,97%, no setor de industrial aumentou em torno de 52,00% e no setor de serviços 57,23%. O emprego no setor da construção civil atingiu o seu maior valor em 1994 (1.249 empregos) e em 2005 era responsável por pouco mais de metade desse número[17]


Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A cidade conta com uma boa infraestrutura em hotéis, lojas de vestuário e eletrodomésticos, shopping center, boates, restaurantes, cinemas, livrarias e teatros.Em setembro de 2009 foi inaugurada a expansão do Shopping Bella Citta, que o tornou o maior shopping em área construída do interior do Rio Grande do Sul[18] . Além do Bella Citta Passo Fundo também conta com o Bourbon Shopping[19] , no qual encontra-se o Hiper mercado. No total os 2 shoppings possuem 4 salas de cinema, sendo que as do Bella Citta possuem cinema em 3D, além de grande diversidade de produtos e extensas praças de alimentação, atendendo a demanda de todo estado.


Em setembro e outubro de 2014 mais dois investimentos em Passo Fundo foram confirmados entre eles o Passo Fundo Shopping formada por investidores das empresas AR Participações, Paysage Empreendimentos e  Trust & CO Investimentos. O local para a realização do projeto será na Avenida Presidente Vargas no antigo frigorífico ZD Costi localizado no bairro São Cristóvão. O Passo Fundo Shopping terá em torno de 62 mil metros quadrados de área construída, com aproximadamente 280 operações, sendo 04 âncoras, 06 semi âncoras, 06 mega lojas, 188 lojas satélites, 19 lojas de serviço, 20 quiosques, 01 hipermercado, 01 game center, 01 academia, 01 clínica, ampla praça de alimentação com cerca de 24 operações e 05 salas de cinema de última geração e capacidade aproximada de 1,5 mil lugares. O projeto será apresentado ao público em um evento de lançamento a ser realizado em novembro de 2014. O outro investimento de mais um shopping pela rede Comercial Zaffari que é dona do Bella Citta Shopping Center, com localização na Avenida Brasil no bairro Petrópolis podendo ser um futuro Bella Citta II Shopping.

Shopping Bella Citta em Passo Fundo

Saúde[editar | editar código-fonte]

Passo Fundo é considerado pólo em saúde, possuindo nove hospitais que atuam em diversas áreas da medicina. Além disso é considerado como terceiro maior centro médico do sul do Brasil. A cidade conta com um dos maiores e mais modernos centros de radiologia e radioterapia do sul Brasileiro no Hospital São Vicente de Paulo, sendo esse hospital também, o maior do interior do Rio Grande do Sul. Possui ainda o único banco de tecido ósseo do Rio Grande do Sul.

Escola Protásio Alves.

Educação[editar | editar código-fonte]

A taxa de analfabetismo, em torno de 2,18%, é inferior à taxa média do Brasil, de aproximadamente 11,40% (PNAD/2004).

Colégio Notre Dame

O município conta com 73 escolas públicas (34 estaduais e 39 municipais) e 9 particulares. Possui ainda oito instituições de ensino superior: a Faculdade Meridional (IMED), Universidade de Passo Fundo (UPF), localizada na BR-285, a Faculdade Anhanguera de Passo Fundo, Portal Faculdades, Faculdade Anglo-Americana, a Universidade Norte do Paraná - Pólo Passo Fundo (Unopar), Faculdade Senac e ainda o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, campus Passo Fundo. A Universidade de Passo Fundo é conhecida nacionalmente, e é nela que se realizam, a cada dois anos, as Jornadinhas e as Jornadas de Literatura, e trazem de diversas partes do mundo autores de livros importantíssimos. Entre as escolas mais importantes destacam-se as particulares Colégio Salvatoriano Bom Conselho, Colégio Notre Dame, o Instituto Educacional de Passo Fundo, Colégio Marista Conceição e entre as estaduais o Cólegio Joaquim Fagundes dos Reis, o Instituto Cecy Leite Costa, o Colégio Protásio Alves e a Escola Nicolau de Araújo Vergueiro (EENAV), sendo esta última a segunda maior escola pública do estado. Além do Colégio Tiradentes da Brigada Militar, Referência na educação de Passo Fundo.

A Biblioteca Pública Municipal Arno Viuniski, fundada em 2 de abril de 1940, possui um acervo de mais de 40 mil livros disponíveis.

A Faculdade Meridional-IMED foi criada no ano de 2004 pela portaria número 4.364, de 29 de dezembro. No ato de sua criação foi autorizado o curso de direito. No ano de 2007, foram autorizados os cursos de psicologia, administração, sistemas de informação e tecnólogo em gestão pública. Em 2010 iniciaram os cursos de graduação em arquitetura e urbanismo e odontologia.

A Universidade de Passo Fundo possui uma rede de bibliotecas que totaliza um acervo de 92.434 títulos de livros e 227.232 exemplares e 2.808 títulos correntes de periódicos. Já o acervo da Biblioteca Central corresponde a 53.553 títulos e 133.558 exemplares, 254 unidades de CD-ROM, 27 títulos de revistas em CD-ROM e 830 normas técnicas da ABNT.

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) iniciou no segundo semestre de 2013 as aulas do curso de Medicina, sendo 40 alunos regularmente matriculados neste período.

Transporte coletivo de Passo Fundo[editar | editar código-fonte]

Dois ônibus da Coleurb

Passo Fundo possui três empresas para o transporte coletivo urbano da cidade: Codepas, Coleurb e Transpasso.

A Coleurb é a maior empresa de todas, possui cerca de 26 linhas que atendem a maior parte de bairros da cidade,em seguida a Codepas Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo com cerca de 20 linhas, a empresa em parte pertencente à Prefeitura Municipal e por ultimo a Transpasso com 3 linhas na cidade.

A passagem em 2013 era de R$ 2,70 (dois reais e setenta centavos),após movimentos sociais em Junho, foi revisado as tabelas de custo, que com a nova análise o analisou prefeito o novo preço de R$ 2,60 (dois reais e sessenta centavos). Somando todas as empresas cerca de 50 ônibus são APD (apropriado para deficientes), sendo em média 40 da Coleurb , 3 da Transpasso e 6 da Codepas. A Codepas é a única que não tem ônibus APD em todas as linhas, dos novos ônibus adquiridos pela companhia em 2011 dois deles possuem ar condicionado. Com mais estes 6 ônibus novos, a Codepas passa a contar com uma frota de 33 veículos, que atende em torno de 20 linhas em diversos bairros da cidade. A Coleurb em 2012 comprou 20 novos ônibus com a mesma configuração APD de 2008 com 3(três)portas.

Estava previsto em 2014 a licitação do transporte coletivo urbano, que passou por uma consulta popular e que agora está em análise das opiniões e vendo as necessidades do município para um novo modelo de transporte.

Até 2014 todas as linhas deveriam estar adaptadas. A única empresa que não adaptou todas as suas linhas é a empresa Codepas Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo

Transporte rodoviário[editar | editar código-fonte]

Rodoviária de Passo Fundo.

Passo Fundo é muito bem servida de linhas que ligam a cidade a vários estados do Brasil. A Estação Rodoviária de Passo Fundo Paim Bordignon LTDA possui 16 box (plataformas) e funciona 24h por dia, e recebe grandes linhas de ônibus, como por exemplo:

  • Santo Ângelo(RS) x Palmas(TO) (Real Transporte e Turismo)
  • Uruguaiana(RS) x Rio de Janeiro(RJ) (Pluma Conforto e Turismo)
  • Passo Fundo(RS) x Foz do Iguaçú(PR) (Unesul de Transportes)
  • Santo Ângelo(RS) x Barreiras(BA) (Real Transporte e Turismo)
  • Santa Maria(RS) x São Paulo(SP) (Pluma Conforto e Turismo)
  • Marau(RS) x Juína(MT) (Valtur - Constantina Turismo)

Aeroporto de Passo Fundo[editar | editar código-fonte]

Aeroporto de Passo Fundo - Lauro Kortz (IATA: PFB, ICAO: SBPF), é um aeródromo localizado no município brasileiro de Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul. No mesmo município está localizado o Aeroclube de Passo Fundo (SSAQ).

Em 2007 o aeroporto passou por uma reforma geral, que incluiu ampliações.

Situado às margens da BR-285 (saída para Mato Castelhano), próximo ao Parque da Efrica, a 8 km da zona urbana de Passo Fundo.

Dados:

Movimento em 2012 62.366 passageiros
Capacidade anual 200.000 passageiros
Pistas
Cabeceiras Comprimento Superfície
08/26 1 700 m (5 577 ft) Asfalto

Arte e cultura[editar | editar código-fonte]

Capital Nacional da Literatura[editar | editar código-fonte]

Desde o ano de 1981 Passo Fundo sedia, bienalmente, a Jornada Nacional de Literatura. O evento foi ganhando proporções até que, no dia 2 de janeiro de 2006 o presidente da República sancionou a Lei 11.264, que confere à cidade gaúcha o título de Capital Nacional da Literatura.[2]

Festival Internacional do Folclore[editar | editar código-fonte]

Realizado em todos os anos pares, o Festival apresenta espetáculos artísticos com a presença de grupos de diversos países e estados brasileiros, com o objetivo de integração cultural.

Entidades tradicionalistas[editar | editar código-fonte]

Passo Fundo possui cerca de 20 entidades tradicionalistas, dentre eles 10 CTG.

Anualmente acontece a encenação da Batalha do Pulador, lembrando a batalha corrida em 27 de junho de 1894, durante a Revolução Federalista.

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Estátua de Teixeirinha.
  • Praça do Teixeirinha - Praça onde se encontra o monumento em homenagem ao conhecido cancioneiro tradicionalista Victor Mateus Teixeira, o Teixeirinha.
  • Marcos do Pulador - São dois marcos históricos, em forma de capitel, da Batalha do Pulador ocorrida durante a Revolução Federalista de 1893. De um lado, posiciona a Força Revolucionária dos federalistas ou "Maragatos" , de outro o Marco das Forças Legalistas Republicanas ou "Chimangos".
  • Complexo Turístico de Roselândia - O local possui uma área com mais de 200 hectares, abrangendo cerca de 22 entidades, entre a sede campestre de clubes, CTG, kartródromo, escola de equitação e Parque de rodeios, sendo que somente este possui uma área de 75 mil metros de mata nativa.
Parque de Rodeios Roselândia.
  • Parque da Gare - O conjunto arquitetônico que forma o Parque da Gare relembra o antigo local onde passava o trem, tendo como ponto alto o "Monumento ao Homem Voador", evocando o ferroviário. Atualmente o parque conta com espaços alternativos de lazer, prática esportiva, exposições de natureza cultural e artística.
  • Praça Marechal Floriano - Principal praça do município e cartão postal da cidade. Bastante arborizada, nela encontra-se a 'Cuia de Passo Fundo', símbolo oficial da cidade, doada em 7 de agosto de 1957, pelo Governador de São Paulo como presente pela passagem do centenário de Passo Fundo.
  • Chafariz da Mãe Preta - Construído em terra doada pelo Capitão Manoel José das Neves. No princípio servia para abastecer a vila de Passo Fundo. De acordo com a lenda, quem beber da água da fonte retornará a Passo Fundo.
  • Monumento das Missões - Monumento em homenagem à Redução de Santa Tereza de Igaí, fundada em 1632 pelo Padre Francisco Ximenes, considerada marco da expansão da Companhia de Jesus, os Jesuítas, no Planalto Médio.
  • Sétimo Céu - Belvedere localizada no bairro Petrópolis, de onde se tem uma vista completa da cidade. Muitas pessoas sobem ao local para apreciar o pôr-do-sol. O lugar já rendeu até composições musicais e Literárias como a canção homônima do músico local Eliezer Machado e o conto Sétimo Céu escrito por Markeli Rosin.

Patrimônio histórico[editar | editar código-fonte]

  • Igreja Matriz - Fundada em 1º de janeiro de 1893, localiza-se em frente à Praça Tamandaré, em terreno doado por Ramon Rico.
  • Capela de São Miguel Arcanjo - Fundada em 1835. Segundo a lenda da região, dois escravos que voltavam de uma guerra da Província encontraram a estatueta do Arcanjo Miguel à beira de uma lagoa e, ao regressarem, ergueram uma capela em pau a pique e telhado de capim. Desde então acontece a tradicional Festa de São Miguel.
  • Catedral de Nossa Senhora Aparecida - Inicialmente Capela de Nossa Senhora Aparecida, fundada em 23 de agosto de 1834. Em 1885 uma nova igreja foi construída no local e inaugurada em 10 de setembro de 1949. Na fachada externa possui quatro estátuas que simbolizam os evangelistas Mateus, Marcos, Lucas e João. Suas duas torres são inspirados no estilo grego.
  • Teatro Municipal Múcio de Castro - Antigo prédio da Câmara de Vereadores. Com capacidade para 208 pessoas, o teatro é palco de peças teatrais e exposições, entre outras atividades culturais.
  • Cassino da Maroca - Edificação localizada na esquina das ruas XV de Novembro e General Osório, onde, na década de 40 e 50, funcionava o bordel da Maroca. O ponto ficou famoso na cidade pelas grandes atrações musicais que por ali passaram e pelo luxo que cercava o palacete de três níveis, marco principal da então chamada "Rua do Meretrício". Décadas depois o prédio foi sede do DOPS, durante a Ditadura Militar de 1964. A importância histórica do local remete diretamente há cidade de Passo Fundo, pois nos tempos áureos do Cassino, grandes nomes da sociedade passaram por lá. A artista plástica Ruth Schneider pintou em suas telas a história do Cassino. As obras podem ser apreciadas no Museu de Artes Visuais Ruth Schneider, em Passo Fundo.
  • João De Cesaro nasceu no dia 03 de outubro de 1883, na localidade de Belluno, Província de Belluno, na Itália, filho de Giácomo De Cesaro e Dominga Damian De Cesaro.

Veio para o Brasil com seus pais em 1890. Sua família radicou-se em Azambuja, distrito do município de Tubarão em Santa Catarina.

Iniciou seu trabalho com 14 anos. Influenciado pela atividade do pai, dedicou-se aos ofícios de

pedreiro e carpinteiro. Casou-se com Adelia Cecconi e logo transferiu-se para Buenos Aires, onde permaneceu 3 anos.

Voltando ao Brasil, fixou residência em Passo Fundo, onde iniciou as atividades como Construtor sem fazer qualquer curso; esforçou-se em aprender desenho como autodidata, o que lhe possibilitou fazer os projetos das obras que executava. Desta maneira, projetou e construiu muitos prédios no Município e fora dele, entre os quais, a sede do Clube Comercial, do Clube Caixeiral, Colégio Notre Dame, Hospital São Vicente de Paulo, Hospital da Cidade de Passo Fundo, o Banco da Província, hoje Banco Itaú, Palácio da Intendência de Erechim; Igreja de São Luiz, em Casca; a segunda Casa do Diário da Manhã, esquina da Independência com a Cel. Chicuta; o Quartel do Exército (hoje 16° Esq. CMec); Escola Protásio Alves; Ferroviária de Carazinho; além de inúmeros prédios residenciais.

Foi Construtor, desenhista, projetista, instrutor de pedreiro, carpinteiro, encanador, frentista, mestre de obras. Homem humanitário, compreensivo, simples e muito bondoso.

Além de seu trabalho, integrou-se na vida política do Município. Foi Conselheiro Municipal, quando era Intendente o Dr. Nicolau de Araújo Vergueiro em 1922.

O seu maior empenho foi na formação de profissionais nas atividades de pedreiro, carpinteiro, encanador, frentista, mestre de obras, etc. Com esta preocupação, recrutava entre seus servidores (serventes) os melhores para instruí-los nessas atividades.

Durante muitos anos, foi proprietário do Cine Coliseu, mais tarde, denominado Cine Real. Foi um dos fundadores do Rotary Club de Passo Fundo e presidente, em 1930, da “Societá Italiana Di Mutuo Socorro” fundada em maio de 1901. Em 14 de junho do mesmo ano, acrescentou à sua denominação o título “Iolanda Margheritta Di Savoia”, com sede à rua Morom, 1569 (junto à Praça Marechal Floriano). Em abril de 1938, a entidade passou a denominar-se Clube Caixeiral (rua Bento Gonçalves) Praça Marechal Floriano. As atas da sociedade eram feitas, até 1937, em italiano. Com o Estado Novo e o decreto de 18 de abril de 1938, todas as entidades com nomes estrangeiros foram nacionalizadas. Esta Sociedade tinha como finalidade principal prestar ajuda ao imigrante italiano.

João De Cesaro foi sócio com João Salton, imigrante italiano, vindo de Bento Gonçalves e fixando-se em Passo Fundo, em 1925, com a empresa “Madeireira Salton”.

João De Cesaro e seus irmãos Luiz De Cesaro, casado com Maria De Césaro (viúva, mais tarde, casou-se com João Menegaz), Lourenço De Césaro e seu primo João Damian, casado com Afonsina Damian e Valentim De Cesaro casado com Florinda Folchini trabalharam com afinco, construindo obras para o desenvolvimento do município. Sentindo dificuldades em encontrar profissionais da construção, mandou vir da Itália, e aqui chegaram para auxiliar e instruir operários, facilitando e apressando as construções, pois as solicitações eram inúmeras.

João De Cesaro faleceu em Passo Fundo, em 25 de março de 1945. Seus filhos Maggi de Cesaro, Verdi De Césaro, Hirma De Césaro Paim Terra, Dalila De Césaro Musa e Maria De Césaro deram continuidade a sua empresa fundada em 1911. Destacaram-se, na profissão, Maggi De Césaro e Verdi De Césaro, que, mais tarde, se tornou advogado com inteligência privilegiada. Maggi casou-se com Haydée Maia, e, desta união, tiveram os filhos Ivar Maia De Césaro (arquiteto) e Sérgio Maia De Césaro (administrador de empresa) que ampliaram e conduziram esta obra iniciada pelo desbravador João De Césaro.

João De Cesaro é patrono do Centro Integrado Municipal (CIM), localizado na rua Erechim, bairro Vera Cruz.

do livro "Vultos da História de Passo Fundo - 2ª Ed" Welci Nascimento Santina Dal Paz

Museus[editar | editar código-fonte]

  • Museu Histórico Regional - Criado em 1977 por decreto Municipal, e reestruturado em 1996. Tem por objetivo a preservação e difusão da memória, acervo e patrimônio histórico-cultural da região, divulgada através de exposições temáticas e temporárias.
  • Museu de Artes Visuais Ruth Schneider- pertencente à Universidade de Passo Fundo, foi criado em 25 de abril de 1996 e inaugurado dia 18 de maio do mesmo ano. A formação do acervo original partiu de, aproximadamente, duzentas doações feitas pela artista plástica passo-fundense Ruth Schneider, razão pela qual o museu leva seu nome.
  • Museu Zoobotânico Augusto Ruschi - Mantém coleções representativas do patrimônio natural, desenvolvendo programas de formação continuada e transmitindo à comunidade o conhecimento científico de forma integral.
  • Museu do Imigrante Leonardo Da Vinci - Pertencente ao Centro Italiano di Beneficenza e Assistenza Leonardo da Vinci. O espaço foi oficializado há três anos e reúne peças doadas por famílias de imigrantes, como também por brasileiros.
  • Museu Paixão Côrtes - Possui um acervo de indumentárias e objetos que contam a história do gaúcho através dos tempos, doadas pelo tradicionalista que dá nome ao museu.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

Passo Fundo aparece em diversas canções, como tema ou citada. As mais conhecidas são do cantor regionalista Teixeirinha:

  • Gaúcho de Passo Fundo, de Teixeirinha (Me perguntaram qual era a razão/De eu ter orgulho em ser passofundense/Eu respondi sou da terra do trigo/Tenho um povo amigo e quando luta vence/É um pedaço do Rio Grande amado/Orgulha o estado/E o povo riograndense)
  • Saudades de Passo Fundo, de Teixeirinha (O meu planalto serrano, meus senhores me acredita/Não é por eu ser de lá, minha cidade é favorita/É terra de boa gente, minha palavra está dita/Lugar de homem valente, terra de moça bonita)
  • Passo Fundo do Coração, de Teixeirinha (Eu venho vindo lá de passo fundo/Não é no fim do mundo fica logo ali/É uma linda cidade no alto da serra/Minha querida terra, onde eu nasci/O sol brilha no céu e desce no horizonte/Por detrás do monte lá no fim do mundo/Muito mais para cá onde a vista alcança/Cheio de esperança está meu Passo Fundo)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2013.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2006-2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. http://economia.terra.com.br/infograficos/renda/
  7. a b BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Passo Fundo Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 22 de agosto de 2014.
  8. a b Temperatura Máxima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  9. a b Temperatura Mínima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  10. a b Precipitação Acumulada Mensal e Anual (mm) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  11. a b Umidade Relativa do Ar Média Compensada (%) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  12. a b BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (ºC) e Temperatura Mínima (ºC) - Passo Fundo Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 22 de agosto de 2014.
  13. BDMEP - Série Histórica - Dados Mensais - Precipitação Total (mm) - Passo Fundo Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 22 de agosto de 2014.
  14. Temperatura Média Compensada (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  15. Número de Dias com Precipitação Maior ou Igual a 1 mm (dias) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  16. Insolação Total (horas) Instituto Nacional de Meteorologia. Visitado em 22 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  17. [1]
  18. Shopping Bella Citta
  19. Bourbon Shopping

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]