Farroupilha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Município de Farroupilha
"Berço da imigração italiana no Rio Grande do Sul
Capital da Malha"
Bandeira de Farroupilha
Brasão de Farroupilha
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 11 de dezembro
Fundação 11 de dezembro de 1934 (79 anos)
Gentílico farroupilhense
Lema Berço da Imigração Italiana no RS
Padroeiro(a) Nossa Senhora de Caravaggio
CEP 95180-000
Prefeito(a) Claiton Gonçalves (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Farroupilha
Localização de Farroupilha no Rio Grande do Sul
Farroupilha está localizado em: Brasil
Farroupilha
Localização de Farroupilha no Brasil
29° 13' 30" S 51° 20' 52" O29° 13' 30" S 51° 20' 52" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Nordeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Caxias do Sul IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Serra Gaúcha
Municípios limítrofes Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi, Alto Feliz, Nova Pádua, Carlos Barbosa e Nova Roma do Sul
Distância até a capital federal: 1 978 km
estadual: 110 km
km[2]
Características geográficas
Área 359,30 km² [3]
Distritos São Marcos , Jansen , Nova Sardenha e Nova Milano
População 70,345 hab. Censo IBGE/2011[4]
Densidade 0,2 hab./km²
Altitude 783 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,844 muito alto PNUD/2000 [5]
PIB R$ 1 278 072,191 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 20 392,38 IBGE/2008[6]
Página oficial
Prefeitura [1]

Farroupilha é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Está localizado na região metropolitana da Serra Gaúcha. É a terceira maior cidade da região com a população estimada 70 mil habitantes.

O local onde foi erguido o município era habitado por imigrantes provindos da Itália a partir do ano de 1875, resultado dos esforços do governo imperial a fim de desenvolver a região.

O nome do município foi dado em homenagem ao centenário da Revolução Farroupilha na ocasião da emancipação política do município em relação a Caxias do Sul, ocorrida em 1934.

História[editar | editar código-fonte]

Farroupilha é caracterizada por ser o berço da colonização italiana no Rio Grande do Sul e da imigração italiana em Santa Catarina. As primeiras famílias de imigrantes se estabeleceram na localidade que posteriormente passaria a chamar-se Nova Milano (atual distrito de Farroupilha) em maio de 1875, vindas da região de Milão, ao norte da Itália.

A estrutura do município de Farroupilha começou a tomar forma quase que imediatamente à instalação das primeiras famílias de imigrantes em Nova Milano. Segundo dados históricos, entre 1885 e 1886, na Colônia Sertorina, que ficava em parte dentro do atual território farroupilhense, entre Linha Palmeiro (Bento Gonçalves) e a 1ª e 2ª Léguas (Caxias do Sul) Feijó Junior, dono das terras, instalou uma comunidade habitada por imigrantes italianos, principalmente trentinos e trevisanos.

A localidade, onde atualmente é o bairro Nova Vicenza, tomou o nome de Linha Vicenza, e posteriormente de Nova Vicenza, paróquia de São Vicente. Os primeiros moradores teriam sido imigrantes italianos já assentados na Colônia Conde D'Eu (atual Garibaldi). Sentindo as potencialidades de desenvolvimento da nova comunidade, esses imigrantes venderam o que possuíam e instalaram-se na nova área. Como a mesma distava muito de Caxias do Sul e da Colônia Dona Isabel (atual Bento Gonçalves), tiveram de criar condições de sobrevivência, surgindo os primeiros artesãos, a casa de comércio, a igreja, o ferreiro.

O lugarejo prosperou rapidamente. Conseguiram um padre permanente e a instalação de uma escola, sob a responsabilidade das irmãs da congregação de São Carlos. Não havia ainda estradas na Colônia Sertorina. Era utilizada a estrada Caxias do Sul – Bento Gonçalves, que corria junto a linha do limite Norte da Colônia Sertorina. Enquanto isso Nova Milano, situada fora da Colônia Sertorina, localizada a cerca de 8 km ao Sul de Nova Vicenza, também progredia. Já era 3º distrito de Caxias do Sul, tinha cartório, padre, igreja, sub-intendente e a atividade econômica principal era a agricultura. Em 1º de junho de 1910 foi inaugurada a ferrovia Montenegro - Caxias do Sul. A linha férrea passou entre as duas localidades, tendo sido construída a estação de trem e o armazém da ferrovia onde hoje é área central de Farroupilha.

A estação foi denominada “Nova Vicenza” e em torno da mesma começou a surgir um novo núcleo habitacional. Em seguida surgiu a estrada Júlio de Castilhos que iniciava em São Sebastião do Caí, passava por Nova Milano, estação Nova Vicenza, pela Nova Vicenza original, seguindo até Antônio Prado, dando mais força à expansão do novo núcleo urbano, esvaziando populacional e economicamente Nova Milano e a outra comunidade, a primeira Nova Vicenza. Em 1918 o 3º distrito de Caxias do Sul teve sua sede administrativa transferida para a estação Nova Vicenza. Em 1927, pelo grande desenvolvimento, Nova Vicenza foi designada como 2º distrito de Caxias do Sul.


Com o progresso econômico da nova região foi inevitável que surgisse um movimento de emancipação. Os moradores dos novos núcleos queriam autonomia administrativa e política. Em 1934, uma comitiva de 35 farroupilhenses, liderados por Ângelo Antonello representando as comunidades de Nova Vicenza, Nova Milano, Vila Jansen e Nova Sardenha, entregou uma petição ao então interventor federal José Antônio Flores da Cunha. O município de Farroupilha foi criado através do decreto estadual 5.779 de 11 de dezembro de 1934. O nome é em homenagem ao centenário da Revolução Farroupilha, comemorado no ano seguinte.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Ficheiro:Vista Aerea de Farroupilha.gif
Vista Aerea de Farroupilha.

Localiza-se a uma latitude 29º13'30" sul e a uma longitude 51º20'52" oeste, estando a uma altitude de 783 metros.

Possui uma área de 359,30 km² e sua população estimada em 2012 é de 65 mil.

Outros dados[editar | editar código-fonte]

  • Área urbana: 40,32 km²
  • Área rural: 318,98 km²
  • Taxa de analfabetismo= 4,37% (2000)[carece de fontes?]
  • Expectativa de vida = 74,11 anos (2000)
  • IDH: 0,844 [2]

Economia[editar | editar código-fonte]

Polo coureiro-calçadista Capital Nacional da Malha Maior Produtor de Kiwi do País Maior Produtor de uva Moscato. Farroupilha tem uma economia diversificada sendo forte em diversos pontos, como o comércio, onde se destacam as redes de lojas de móveis e eletrodomésticos, destacam-se também as inúmeras indústrias metalúrgicas, de papéis e papelão, indústrias têxteis e as muitas malharias, indústrias moveleiras de sucos e as vinícolas e a indústria e comércio de ferragens.

Empresas[editar | editar código-fonte]

Existem 4.615 Alvarás concedidos no município de Farroupilha.[7] São 731 na área industrial, 1.435 em serviços, 1.625 no comércio, 539 autônomas e 285 profissionais liberais. A indústria corresponde a metade do ICMS.

Entre suas Principais Indústrias estão: Tramontina, Tumberia, Asfridelicas, Trombini, Melita do Brasil, Bigfer, ITM Indústrias Têxteis, Máquinas Sazi, Vonpar Refrescos, Malharia Anselmi, Malharia Biamar, Tecnovidro, Guerra S.A, Soprano, Grendene e Lojas Colombo que possuem suas sedes na cidade.

Finanças[editar | editar código-fonte]

Embora, em termos de população Farroupilha apareça na 31ª posição no estado do Rio Grande do Sul, em Valor Adicionado de ICMS o município aparece em 19º lugar entre os 496 municípios do Estado. [3]

Nota Farroupilha[editar | editar código-fonte]

Em 2011, o município implantou a Nota Farroupilha, programa que prevê a devolução de parte do ISS para que os municípes façam abatimento no seu IPTU.

A Nota Farroupilha aplica-se às notas fiscais de prestadores de serviços. [4]

Em 2012 o programa venceu o Prêmio Gestor Público, conferido pelo Sindifisco. [5]

Índices[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do IFDM da Firjan, Farroupilha é o 2º município do RS em desenvolvimento no estado(dados de 2009).

Segundo a Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, Farroupilha possui o 26º PIB do estado. Sendo que em 2009 ficou entre os 10 municípios de maior crescimento.

Comércio[editar | editar código-fonte]

Banrisul - Agência Farroupilha, à noite.

Nos últimos anos Farroupilha tem se consolidado como um importante polo de redes varejistas, contando com importantes redes de lojas. Farroupilha é o berço da Lojas Colombo.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Farroupilha é o maior ponto de turismo de compras da região e do estado do Rio Grande do Sul, possui 7 shoppings com vendas no atacado e varejo, uma vitrine sempre aberta dos produtos do setor malheiro. Entre outros pontos turísticos estão:

  • A cascata do Salto Ventoso: Com uma cascata com 52 metros de altura, que cai e forma uma cortina de água sobre uma gruta de 200 metros de comprimento e 35 metros de altura, a queda d' água se destaca por se localizar em plena mata nativa.
  • Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus: Localizada na Praça da Matriz no centro da cidade, possui estilo neo-gótico e foi inaugurada em 1935. A igreja possui duas naves separadas por duas torres de 49 metros de altura. A praça em torno da igreja foi toda revitalizada e é um dos pontos de descanso dos moradores nos fins de tarde.
  • Igreja de São Vicente: Localizada na Rua Vêneto, no bairro Santa Rita, possui as portas trabalhadas em relevo e o interior decorado com afrescos. O prédio possui ainda altar em madeira esculpida e o piso em cerâmica decorada.
  • Casa da Cultura Sueca: A Svenska Kulturhuset, localizada na Linha 47, Jansen – 3º Distrito, nos limites entre Bento Gonçalves e Farroupilha, foi instalada em uma antiga fábrica de cordas e barbantes de linho. O prédio ainda preserva as características da imigração sueca de 1890. O visitante tem a oportunidade de conhecer a cultura escandinava inserida na Serra Gaúcha.
  • Parque dos Pinheiros: Com 22 hectares é o pulmão do Centro da cidade, possui restaurante e boa estrutura com piscina pública para veraneio, pista para caminhadas, parque infantil, pista de skate quadra de futebol e vôlei de areia e sua principal atração seu grade lago artificial.
  • Nova Milano: Considerada berço da Imigração italiana no Estado do Rio Grande do Sul, fica situada a 5km do centro da cidade foi o núcleo que abrigou as primeiras famílias vindas da Itália.
  • Santuário de Caravaggio: Maior Santuário religioso de fé do sul do Brasil, recebe milhares de fiéis no dia 26 de maio, data de Nossa Senhora do Caravaggio. Conta com infraestrutura de bares, restaurantes, venda de artigos religiosos, recebe cerca de 1,8 milhões de visitantes ao ano.
  • Museu Casa de Pedra: Residência construída com pedras talhadas a ferro em 1896, pela família Finn, era o principal comércio da época na região e abastecia os imigrantes com todo tipo de produtos.
  • Museu Casal Moschetti: O museu é uma antiga moradia que mantém acervo de móveis, porcelanas, livros, esculturas, utensílios e vestuário do casal. O acervo foi transferido de Porto Alegre para o local, doado pela família. Os móveis são em ébano e as porcelanas são francesas.Um dos acervos do Museu Casal Moschetti que mais impressiona os visitantes é a boneca Lenci. Com o tamanho de uma menina de 8 anos e com seu olhar misterioso, a boneca passa uma sensação estranha para quem a mira fixamente. Ao menos é o depoimento de algumas pessoas, principalmente crianças. Daí surgiram lendas de que ela pisca o olho, muda de lugar, anda durante à noite no museu, etc. Por conta disso, virou até tema de um documentário, como uma das cinco lendas urbanas de maior expressividade no Estado.
  • Vale Trentino: Quem visita o Vale Trentino, em Forqueta, na divisa entre os municípios de Caxias do Sul e Farroupilha, percebe que os usos, costumes e tradições italianas continuam de geração em geração. O amor a terra e seu fruto, a uva, transformou o Vale Trentino num passeio emocionante: belas paisagens e muitos parreirais. O visitante poderá visitar cantinas e conhecer o que acontece desde o plantio da videira até o descanso do vinho. E, é claro, degustar vinhos e sucos saborosos. Ouvirá muitas histórias do tempo da nona, com sotaque do dialeto Vêneto, como a trajetória da primeira cooperativa vinícola da América Latina, fundada em 1929, ou a instalação da Estação Férrea em Forqueta, em 1908.
  • Clube Parque das Águas: O Clube Parque das Águas de Farroupilha, inaugurado em 1994, com o profissionalismo de um escultor que trabalhou em parque temático famoso do Brasil, está embelezando e proporcionando mais diversão aos associados e visitantes. Visite o clube e as novas obras de perto e veja as maravilhas do clube aquático e temático onde certamente ficará sócio e muito encantado com a beleza do local. O Clube Parque das Águas conta com diversas piscinas, sendo que duas são térmicas e duas infantis. Tem parque de diversões para as crianças, cancha de bocha, quadra de esportes, restaurante, um amplo espaço com quiosques e churrasqueiras, e diversos outros atrativos.
  • Passeando a Cavalo: O roteiro turístico Passeando a Cavalo possibilita aos visitantes momentos de interação com a cultura ítalo-gaúcha.
  • Kartódromo Municipal:Possui uma das principais pistas de Kart do Brasil. Além dos eventos estaduais e nacionais que o local recebe, o visitante pode usufruir da pista, fazendo manobras e disputando provas com amigos.
  • Chácara Pasqual: A Chácara Pasqual disponibiliza visitas guiadas a espaços com animais silvestres, recolhidos pelo IBAMA. O visitante poderá observar os seguintes animais: Avestruz, Macaco Prego, Mico Sagui, Araras, Papagaios, entre outros. Além disso, o local conta com trilha ecológica, campo de futebol, playground infantil, espaço antiguidades, bar e sala para pequenos eventos.

Embora a cidade não seja ainda uma referencia turística na serra gaúcha ela esta se tornando uma cidade turística, é uma cidade com inverno com temperaturas negativas, uma cidade industrial que se mostra competente em misturar indústrias e clima italiano em um mesmo lugar com gastronomia típica e o melhor lugar para compras de roupas na serra gaúcha.

Política[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Educação

Segundo dados Farroupilha possui o 5º melhor IDEB - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - do Rio Grande do Sul Em 2012 um aluna farroupilhense ganhou as Olimpíadas de Matemática do Brasil. Ensino técnico - Profissionalizante qualificado para várias áreas empresariais. Possui 39 escolas sendo 27 municipais , 10,estaduais e 2 particulares , sendo 6 escolas de ensino médio

Universidades presentes no município: Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Universidade de Caxias do Sul, Centro de Ensino Superior de Farroupilha,

Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Farroupilha conta com uma ampla rede de atendimentos formada por unidades básicas de saúde nos bairros, unidades do programa saúde da família, possui 11 unidades de saúde e 1 hospital.

Serviços

O abastecimento de água na cidade é realizado pela Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN). O fornecimento de energia elétrica é realizado pela Rio Grande Energia.

Segurança

Farroupilha conta com duas delegacias da Polícia Civil e um destacamento de 60 homens,tem o 36° Batalhão Brigada Militar e a unidade da Polícia Rodoviária Estadual. A Prefeitura mantém uma Guarda Municipal, que protege bens, serviços e instalações do Município e colabora com o órgão de fiscalização municipal. A Comissão Municipal de Defesa Civil se responsabiliza por ações preventivas, assistenciais, recuperativas e de socorro em situações de risco público. A Coordenadoria da Mulher elabora políticas públicas de proteção e combate à violência contra a mulher. A Brigada Militar, uma força estadual, mantém na cidade um batalhão (36º BPM) dividido em cinco Companhias, com um efetivo de 445 pessoas. Entre suas várias atribuições estão o policiamento ostensivo, o patrulhamento bancário, ambiental, prisional, escolar e de eventos especiais, além de realizar ações de integração social, como o Programa Social Educativo de Profissionalização de Adolescentes, o Programa de Equoterapia para crianças e adolescentes com problemas psicomotores, o PROERD, de combate e conscientização sobre o uso de drogas entre escolares, e a Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente, em parceria com entidades governamentais, não governamentais, conselhos setoriais e Poder Judiciário, dinamizando ações em diversas áreas de atenção à criança, ao adolescente e suas famílias.

Transporte público

Farroupilha é servida por uma rede de linhas de ônibus que são operadas por uma empresa: cidade de Farroupilha. Há também o serviço seletivo, operado por micro-ônibus, com tarifa diferenciada. A cidade possui terminal urbano, mas várias linhas municipais possuem ponto central na Praça da Matriz, ao lado da Praça da Emancipação. A Rodoviária de Farroupilha se localiza na rua Silveira Martins, e é servida por linhas para cidades da região e do resto do Estado.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Na década de 1980 e 1990, Farroupilha sediou várias verões anuais do Festival Gaúcho de Arte e Folclore (FEGART). Participavam grupos tradicionalistas (GT) e Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) de várias partes do estado.

Feiras[editar | editar código-fonte]

Todas são realizadas no Parque de Eventos

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • 26 de Maio: Romaria a Nossa Senhora de Caravaggio
  • Cada 2 anos no mês de Julho : Fenakiwi. A 1ª festa aconteceu em 1991, na administração do então prefeito Clóvis Zanfeliz (idealizador). A festa reúne no complexo do Parque Cinquentenário mais de 120 expositores de diferentes segmentos: malheiro, calçadista, moveleiro, confecções, vitivinícola, artesanato, entre outros, do município e região. A gastronomia típica, os shows musicais e as atrações culturais e esportivas, oferecem uma programação para todos os gostos.
  • Cada 2 anos : Entrai. O 1º ENTRAI ocorreu simultaneamente em Nova Milano e nas dependências do Parque Cinquentenário na 1ª Festa Nacional do Kiwi, entre os dias 19 e 28 de julho de 1991. A Festa foi realizada pela Prefeitura Municipal, pelo prefeito na época Clóvis Zanfeliz e Secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Marlene Rozina Feltrin, e organizada em parceria com a comunidade de Nova Milano e com a participação da Escola Municipal Santa Cruz (Direção, professores, funcionários, alunos e pais), Clube Vasco da Gama, Cooperativa Emboaba e Festeiros da Igreja (na época Schneider, Flach e Rech). A 1ª Rainha do Entrai foi Gisela Andréia Silvestrin e as princesas Viviane Varisco Mantovani e Estela Eugênia Cavaletti.
  • De 10 a 20 de Setembro :Semana Farroupilha
  • Cada 2anos mes de Novembro :Gincana da Spaço FM
  • De 11 a 20 de Dezembro :Semana do Município

Cidade-irmã[editar | editar código-fonte]

No ano de 2009 foi assinado gemmelaggio com a cidade de Latina, na Itália, que possui características próximas a Farroupilha. As duas se emanciparam na década de 30, as duas cidades são produtoras de kiwi e as duas cidades foram colonizadas por famílias da região do Vêneto.

Feriados[editar | editar código-fonte]

Além dos feriados nacionais previstos em lei, a cidade tem feriados próprios: Sexta-feira Santa e Corpus Christi (móveis),Há também o dia 20 de setembro, celebrando a Revolução Farroupilha, que é um feriado estadual. 26 de maio, dia de Nossa Senhora de Caravaggio,[8] e 2 de novembro, dia de Finados.[9]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade ainda conta com várias rádios AM e FM, como a Rádio Miriam 1160 AM,A Rádio VivaFM 94.5,A Sonora 87.5 FM E Rádio Spaço 100.9 FM.Possui uma emissora de televisão: a TV Farroupilha Canal 14.Há quatro jornais, o Jornal O Farroupilha,Jornal Informante,Jornal Domínio da Notícia e Jornal Folheca.s principais jornais da capital gaúcha, como a Zero Hora, o Correio do Povo como forma de aproximação entre a cidade e o estado.Possui o Portal de noticias da internet : o portal Ofar.

Esporte[editar | editar código-fonte]

A cidade foi escolhida como uma das sub cidades da copa para abrigar treinos de seleções para a copa do mundo de 2014;

A cidade possui boa infraestrutura de quadras e campos de futebol, possui inúmeros times de futebol amadores, seu principal time de futebol é o SERC Brasil de Farroupilha que possui como sede o Estádio das Castanheiras,com ótima infraestrutura e com um dos melhores gramados do Brasil. A cidade contou com time de futebol de salão, a Associação Farroupilhense de Futsal (AFF).

A cidade conta com uma das principais pistas de Kart do Brasil. Além dos eventos estaduais e nacionais que o local recebe, o visitante pode usufruir da pista, fazendo manobras e disputando provas com amigos.


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. Mapas e rotas. Guia 4 Rodas. Página visitada em 3 de novembro de 2011.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. Dados socio-econômicos de Farroupilha (html). Página visitada em 11 de outubro de 2011.
  8. Feriados. SINDILOJAS. Acesso 25 set 2010
  9. Feriados Municipais do Rio Grande do Sul. Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, p. 17

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.