Antônio Prado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Município de Antônio Prado
Igreja Matriz da cidade (final do séc. XIX)

Igreja Matriz da cidade (final do séc. XIX)
Bandeira desconhecida
Brasão de Antônio Prado
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 11 de fevereiro de 1899 (115 anos)
Gentílico pradense
Lema A cidade mais italiana do Brasil[1]
CEP 95250-000
Prefeito(a) Tita Mambrini (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Antônio Prado
Localização de Antônio Prado no/em Rio Grande do Sul
Antônio Prado está localizado em: Brasil
Antônio Prado
Localização de Antônio Prado no Brasil
28° 51' 28" S 51° 16' 58" O28° 51' 28" S 51° 16' 58" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Nordeste Rio-grandense IBGE/2008 [2]
Microrregião Caxias do Sul IBGE/2008 [2]
Região metropolitana Serra Gaúcha
Municípios limítrofes Ipê, Flores da Cunha, Vila Flores, Nova Roma do Sul, São Marcos, Nova Pádua, Protásio Alves
Distância até a capital 184 km
Características geográficas
Área 347,616 km² [3]
População 12 833 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 36,92 hab./km²
Altitude 658 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,841 muito alto PNUD/2000 [5]
PIB R$ 220 544,503 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 15 576,28 IBGE/2008[6]
Página oficial
Commons
O Commons possui multimídias sobre Antônio Prado

Antônio Prado é um município do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

A Serra Gaúcha já era habitada por índios caigangues desde tempos imemoriais, mas estes foram desalojados violentamente pelos chamados "bugreiros", dentro de uma política oficial do governo brasileiro de "embranquecimento" da população brasileira[7] . Isto abriu espaço, no final do século XIX, para que o governo do Império do Brasil colonizasse a região com uma população europeia. Desta forma, milhares de imigrantes, em sua maioria italianos da região do Vêneto, cruzaram o mar e subiram a Serra Gaúcha, desbravando uma área ainda quase inteiramente virgem.

Antônio Prado foi a última colônia italiana criada pela governo imperial. Em 1886, os primeiros italianos se instalam na região, dedicando-se à pequena agricultura. Atualmente, é considerada a cidade com maior influência italiana no Brasil[8] . Seu nome é uma homenagem ao conselheiro Antônio da Silva Prado, idealizador da imigração italiana no Brasil[9] .

Geografia[editar | editar código-fonte]

Antônio Prado localiza-se a uma latitude 28º51'30" sul e a uma longitude 51º16'58" oeste, estando a uma altitude de 658 metros.

http://www.antonioprado.com.br/images/mapa_regiao_aprado2007.jpg

Possui uma área de 343,28 km² e sua população estimada em 2004 era de 13 908 habitantes. Densidade demográfica real é 37 hab/km²

Etnias[editar | editar código-fonte]

Antônio Prado é um cidade formada em sua imensa maioria por brasileiros de ascendência europeia, possuindo uma das maiores porcentagens de ítalo-brasileiros do país. As outras etnias europeias compõem uma pequena minoria, enquanto que pessoas de origem africana, mestiça e indígena compõe o restante.

Cor ou raça Porcentagem (IBGE 2000)
Brancos 91,8%
Pretos 2,3%
Pardos 5,2%
Indígenas 0,6%

Cultura[editar | editar código-fonte]

A cidade possui o maior e o mais completo conjunto arquitetônico da colonização italiana no Brasil, com 48 imóveis do centro urbano tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desde a década de 1980. Outros imóveis na zona rural de Antônio Prado igualmente sobreviveram ao tempo e se revestem de grande valor histórico e arquitetônico, como marcos da colonização italiana no sul do Brasil.

Em 1995, a cidade recebeu a equipe de filmagens de O Quatrilho[10] , o segundo filme brasileiro a ser indicado ao Oscar. Algumas ruas da área central tiveram os paralelepípedos cobertos de terra e os postes de iluminação foram retirados para que fossem recriadas as ruas da cidade de Caxias do Sul no início do século XX.

Referências

  1. Antônio Prado - a cidade mais italiana do Brasil. Disponível em http://www.anaamelialemos.com.br/municipios/exibir/antonio-prado-a-cidade-mais-italiana-do-brasil. Acesso em 16 de janeiro de 2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. BUENO, E. Brasil: uma história. Segunda edição revista. São Paulo. Ática. 2003. p. 267.
  8. Antônio Prado - a cidade mais italiana do Brasil. Disponível em http://www.anaamelialemos.com.br/municipios/exibir/antonio-prado-a-cidade-mais-italiana-do-brasil. Acesso em 16 de janeiro de 2013.
  9. A cidade. Disponível em http://www.antonioprado.com.br/historico.php. Acesso em 16 de janeiro de 2013.
  10. História - Antônio Prado. Disponível em http://www.rsvirtual.net/cgi-bin/dados/webdata_pro.pl?_cgifunction=search&_layout=Municipios_Historia1&municipios.municipios=Ant%F4nio+Prado. Acesso em 16 de janeiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.