Santa Tereza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santa Tereza
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 20 de março de 1992 (22 anos)
Gentílico santa-teresense
Prefeito(a) Diogo Segabinazzi Siqueira (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Santa Tereza
Localização de Santa Tereza no Rio Grande do Sul
Santa Tereza está localizado em: Brasil
Santa Tereza
Localização de Santa Tereza no Brasil
29° 10' 08" S 51° 44' 06" O29° 10' 08" S 51° 44' 06" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Nordeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Caxias do Sul IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Serra Gaúcha
Municípios limítrofes norte: Cotiporã
sul: Garibaldi e Roca Sales
leste: Monte Belo do Sul e Bento Gonçalves
oeste: São Valentim do Sul e Muçum
Distância até a capital 134 km
Características geográficas
Área 72,390 km² [2]
População 1 717 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 23,72 hab./km²
Altitude 87 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,825 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 21 327,871 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 326,54 IBGE/2008[5]
Página oficial

Santa Tereza[nota 1] é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. O nome do município foi escolhido pelo chefe da Colonização Italiana, Joaquim Rodrigues Antunes, em homenagem a sua esposa Teresa.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 29º10'08" sul e a uma longitude 51º44'07" oeste, estando a uma altitude de 87 metros.

Possui uma área de 77,742 km² e sua população estimada em 2004 era de 1 604 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Prefeitura municipal de Santa Tereza

Sua colonização iniciou em 1875, com a vinda de imigrantes italianos e poloneses que se instalaram as margens do rio Taquari, na Linha José Júlio. A ligação com outras cidades era feita principalmente através da navegação fluvial, meio pelo qual chegaram as sucessivas levas de imigrantes, principalmente italianos.

O desenvolvimento inicial foi lento e, somente em 8 de julho de 1887, foi criada a paróquia de Santa Tereza. Em 12 de março de 1888 foi nomeado o primeiro pároco de Santa Tereza, padre Giosué Bardin.

Em 1992 emancipou-se de Bento Gonçalves e transformou-se em município.

Em 5 de novembro de 2010 o IPHAN declarou a cidade como patrimônio histórico nacional.[7]

Notas

  1. Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Santa Teresa.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. História do Município de Santa Tereza no Observatur, UCS.
  7. Santa Tereza, na Serra Gaúcha, torna-se patrimônio histórico nacional

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.