Paverama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Paverama
"Capital do trabalho"
Bandeira desconhecida
Brasão de Paverama
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 13 de abril de 1988 (26 anos)
Gentílico paveramense
Prefeito(a) Vanderlei Markus (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Paverama
Localização de Paverama no Rio Grande do Sul
Paverama está localizado em: Brasil
Paverama
Localização de Paverama no Brasil
29° 33' 07" S 51° 43' 58" O29° 33' 07" S 51° 43' 58" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Centro Oriental Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Lajeado-Estrela IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Teutônia, Taquari, Tabaí, Fazenda Vilanova
Distância até a capital 98 km
Características geográficas
Área 171,607 km² [2]
População 8 047 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 46,89 hab./km²
Altitude 105 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,789 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 73 605,506 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 390,85 IBGE/2008[5]
Página oficial

Paverama é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

Localizada na região do Vale do Taquari, foi desmembrado no município de Taquari. Sua economia atual é constituida na agricultura, pela Acacicultura (plantação de acácia), eucaliptos, gado de leite. A indústria é expressiva na fabricação de calçados femininos, fabrica de equipamentos industriais e fundição de metais.

A origem da denominação Paverama provém dos vocábulos indígenas Pave-de todos e Retame-rama, terra pátria, "a terra de todos". Talvez o significado PAVERAMA seja "Terra de Todos". Foi aproximadamente em 1855 que duas etnias diferentes, a açoriana, partindo de Taquari, e a alemã, vinda de São Leopoldo, encontraram-se em pleno coração florestal do atual Municipio de Paverama.

Os pioneiros açorianos estabeleceram-se ao lado sul da estrada principal de Paverama, antigo Travessão Moraes, ao passo que os primeiros colonizadores germânicos localizaram-se ao lado norte dessa mesma estrada que dividia a dita localidade a partir de Posses e Fazenda São José, até Morro Azul.

Até os nossos dias estes dois grupos étnicos moram, a bem dizer, um do lado sul e outro do lado norte dessa linha divisória, vivendo em perfeita harmonia e construíndo unidos e coesos a grandeza social, econômica e religiosa de Paverama.

Em 1912 o município passou a contar com uma ferraria, dois curtumes, uma selaria, duas sapatarias, uma cervejaria, um médico, três serrarias a vapor,três serrarias a água, várias atafonas, duas olarias, um açougue, duas carpintarias, duas marcenarias, uma pedreira, uma farmácia e doze casas comerciais. Paverama teve seu desenvolvimento com o fruto do trabalho comum de seu povo.

Com o passar dos anos, foram-se somando a estrutura existente, sucessivos acontecimentos, que serviam como fator de estímulo para a edificação deste, que se tornaria futuro município deste Rio Grande do Sul.

É a cidade natal de Gabriela Markus, Miss Brasil 2012, ela representou o Brasil no Miss Universo e ficou com a quinta colocação.

Fatos marcantes[editar | editar código-fonte]

  • Em 1921 chegou à Paverama o 1º automóvel;
  • Em 1929 foi fundada a Caixa Rural de Paverama;
  • Em 19 de dezembro de 1937, foi inaugurado o Hospital São João;
  • Em 1945 chegavam a Paverama as irmãs da congregação "Franciscanas de Nossa Senhora";
  • Em 21 de outubro de 1947 foi inaugurada a primeira linha regular de ônibus para a localidade;
  • Em 1958 Paverama passa a ser 2º Distrito de Taquari em virtude da emancipação de Bom Retiro do Sul (apesar de oficialmente ser considerada a data de 9 de junho de 1960);
  • Em 16 de novembro de 1961 foi iniciado o fornecimento de energia elétrica através da CEEE;
  • Em 25 de fevereiro de 1962 foi fundado o sindicato dos trabalhadores rurais;
  • Em setembro de 1986 foi fundado o Conselho de Desenvolvimento Comunitário de Paverama - CONCOPA.
  • Em 1959 Paverama realiza plebiscito, quando da emancipação de Bom Retiro do Sul. No plebiscito saiu vitorioso o "SIM" porém, por motivos de ordem política, Paverama voltou a pertencer a Taquari.
  • Em 1987 concretizou-se a ideia de emancipação, com a realizacão da consulta plebiscitária em 20 de dezembro de 1987.
  • Através da Lei Estadual n. 8560 de 13 de abril de 1988, é criado o Município de Paverama.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 29º33'06" sul e a uma longitude 51º43'49" oeste, estando a uma altitude de 105 metros.

Possui uma área de 169,28 km² e sua população estimada em 2004 era de 8 022 habitantes.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.