Tucunduva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Tucunduva
"Tókionduva"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 10 de setembro de 1959 (54 anos)
Gentílico tucunduvense
Prefeito(a) Paulo Schwertz (PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro))
(2013–2016)
Localização
Localização de Tucunduva
Localização de Tucunduva no Rio Grande do Sul
Tucunduva está localizado em: Brasil
Tucunduva
Localização de Tucunduva no Brasil
27° 39' 25" S 54° 26' 24" O27° 39' 25" S 54° 26' 24" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Santa Rosa IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Novo Machado, Doutor Maurício Cardoso, Horizontina, Três de Maio, Santa Rosa e Tuparendi
Distância até a capital 506 km
Características geográficas
Área 180,804 km² [2]
População 5 901 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 32,64 hab./km²
Altitude 223 m
Clima subtropical úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,828 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 104 990,730 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 17 434,53 IBGE/2008[5]
Página oficial

Tucunduva é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Conhecida como Capital da Lavoura Mecanizada [6] , Tucunduva tem a maior produtividade de grãos por hectare no Brasil e também é conhecida como a Terra dos Músicos.

História[editar | editar código-fonte]

O Município de Tucunduva foi efetivamente colonizado a partir de 1920 por colonos de origem italiana, procedentes do município de Bento Gonçalves o qual fazia parte das Colônias Velhas (primeiras colônias de imigrantes do RS), e também colonos de origem germânica procedentes da Alemanha, Erechim e Colônia Guarani.

As principais causas da imigração de colonos à Tucunduva foram:

  • Nos municípios de onde procediam os colonizadores, as terras estavam retalhadas e esgotadas devido á prole elevada de famílias.
  • A ferrovia que foi construída em Bento Gonçalves causou muitos estragos e retalhou mais as terras
  • A instalação da comissão de Terras e Colonização em Santa Rosa (exemplo, Colônia 14 de Julho), que era encarregada da Colonização na região.
  • As terras aqui eram férteis e planas e tinham preços baixos e boas condições de pagamentos.
  • A propriedade das colônias próximas com a de Serro Azul, atual município de Cerro Largo, colônia Guarani e Colônia Boa Vista.

Quando os colonizadores chegaram aqui encontraram algumas famílias ocupantes de terras, que estavam dispersas e sem muita organização. João Tucunduva foi o primeiro morador do local. Seu pai chamava-se Capitão Carvalho Rodrigues Tucunduva e seu tio era o Coronel José Rodrigues Tucunduva. Vindos da província de São Paulo, atual estado do Paraná, onde havia matas de pequenas palmeiras denominadas na língua guarani de Tucun e seu coletivo de Uva. Isso fez com que passassem a ser conhecidos como irmãos Rodrigues das terras de Tucun da Uva e foi em sua homenagem que o município passou a se chamar Tucunduva.

Em 1926 foi fundado o povoado Tucunduva. Em 1931 Santa Rosa emancipou-se e o povoado de Tucunduva passou a categoria de vila e, em 1934, foi elevado a 7º Distrito do município de Santa Rosa.

O município de Tucunduva foi criado em 10 de setembro 1959 através da lei estadual número 3.821/1959 e esta lei foi publicada do Diário Oficial do dia 11 de setembro de 1959. A primeira legislatura de Tucunduva compunha-se de sete vereadores eleitos pelo povo. O primeiro prefeito, empossado em 31 de dezembro de 1959 foi o senhor Florentino Rossato, tendo como vice-prefeito o senhor Erminio Carlos Schwerz.

A partir de 1967, Tucunduva, por ser município limítrofe à República Argentina, passou a integrar os municípios de área de segurança Nacional e os prefeitos passaram a ser nomeados pelo Presidente da República. Sua área era de 396 km². Em 1992, com a emancipação de Novo Machado, a área passou a ser 173,33 km². Também, Tucunduva deixou de fazer limite com a República Argentina.

O município de Tucunduva localiza-se na Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, distante 525 km da capital gaúcha, Porto Alegre. Tem uma população aproximada de 5.988 habitantes. Tucunduva faz divisa com os municípios de Horizontina, Novo Machado, Tuparendi, Três de Maio, Santa Rosa, e Dr. Mauricio Cardoso.

De acordo com os dados de 2004, o município possui 4.598 eleitores, sendo 2.217 masculinos e 2.381 femininos.

A agricultura é a sua principal fonte de recursos e faz com que exista uma preocupação na criação de novas fontes de renda no setor primário, fazendo com que haja um grande trabalho de assistência técnica e veterinária por parte da Prefeitura Municipal e cooperativas, visando uma produtividade maior e de melhor qualidade. A atividade de bovinocultura leiteira ocupa lugar de destaque nas propriedades rurais, bem como a suinocultura.

No meio ambiente, uma parceria entre a Prefeitura Municipal, o Ministério Público e produtores rurais ribeirinhos, está se fazendo à recuperação da mata ciliar dos rios Santa Rosa e Pratos, visando à conservação das nascentes do Município, garantindo a qualidade e quantidade de água para o consumo humano e animal. Nas propriedades rurais há orientação, acompanhamento e incentivo na execução e implantação de fossas sépticas e destino adequado dos dejetos animais e humanos com o objetivo de diminuir a contaminação dos solos e águas e também o potencial poluidor.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 27º39'25" sul e a uma longitude 54º26'25" oeste, estando a uma altitude de 223 metros. Possui uma área de 175,96 km². Sua população estimada em 2009 era de de 5.988 habitantes

Turismo[editar | editar código-fonte]

ROTA YUCUMÃ

A Rota é repleta de atrativos naturais, fauna e flora exuberantes, tendo Derrubadas como município pólo, que abriga o Salto do Yucumã. O atrativo tem 1.800m de extensão e é a maior queda d’água em sentido longitudinal do mundo. Municípios participantes da Rota: Ajuricaba, Alecrim, Alegria, Augusto Pestana, Barra do Guaritá, Boa Vista do Buricá, Bom Progresso, Bozano, Braga, Campina das Missões, Campo Novo, Cândido Godói, Catuípe, Chiapeta, Condor, Coronel Barros, Coronel Bicaco, Crissiumal, Derrubadas, Dr. Maurício Cardoso, Esperança do Sul, Horizontina, Humaitá, Ijuí, Independência, Inhacorá, Jóia, Miraguaí, Nova Candelária, Nova Ramada, Novo Machado, Panambí, Pejuçara, Porto Lucena, Porto Mauá, Porto Vera Cruz, Redentora, Santa Rosa, Santo Augusto, Santo Cristo, São José do Inhacorá, São Martinho da Serra, São Valério, Sede Nova, Tenente Portela, Tiradentes do Sul, Três de Maio, Três Passos, Tucunduva, Tuparendi, Vista Gaúcha.

ROTA DO RIO URUGUAI

Conhecer a região é descortinar um pedaço da Europa incrustado no interior gaúcho, suas cidades crescentes, campos, serras e balneários oferecem possibilidades de passeios por uma das mais belas e variadas paisagens do Rio Grande do Sul. A Fronteira Noroeste, conhecida por ser o berço nacional da soja e das colheitadeiras automotrizes, organiza-se para receber turistas do país e de todas partes do mundo, através de um Projeto Turístico desenvolvido pela Rota do Rio Uruguai, que reúne 21 Municípios localizados entre as ruínas de São Miguel e o Salto de Yucumã no rio Uruguai. Fazem parte da Rota os seguintes municípios: Alecrim, Alegria, Boa Vista do Buricá, Campina das Missões, Cândido Godói, Doutor Maurício Cardoso, Giruá, Horizontina, Independência, Nova Candelária, Novo Machado, Porto Lucena, Porto Mauá, Porto Vera Cruz, Santa Rosa, São José do Inhacorá, Senador Salgado Filho, Santo Cristo, Três de Maio, Tucunduva e Tuparendi.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://nutep.adm.ufrgs.br/munisRS/aspec/TUCUNDUVA1.htm
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.