Rodeio Bonito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Rodeio Bonito
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 15 de abril
Fundação 20 de dezembro de 1963 (50 anos)
Gentílico rodeiense
Lema "Rodeio, por sua história. Bonito, por sua gente."
Prefeito(a) Nilson Dal Cortivo (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Rodeio Bonito
Localização de Rodeio Bonito no Rio Grande do Sul
Rodeio Bonito está localizado em: Brasil
Rodeio Bonito
Localização de Rodeio Bonito no Brasil
27° 28' 15" S 53° 10' 08" O27° 28' 15" S 53° 10' 08" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Frederico Westphalen IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Pinhal, Cristal do Sul, Ametista do Sul, Liberato Salzano
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 83,198 km² [2]
População 5 743 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 69,03 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,809 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 61 617,531 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 493,45 IBGE/2008[5]
Página oficial

Rodeio Bonito é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se à 27º 28' 14" de latitude Sul e 53º 10' 08" de longitude Oeste. Sua altitude é de 371 metros. A estimativa populacional para 2004 era de 5 602 habitantes. Possui área de 81,675 km². O município faz parte da Microrregião de Frederico Westphalen.

História[editar | editar código-fonte]

A história do município de Rodeio Bonito é resultado de uma mescla de povos de origens bastante diversas em sua intensa relação com a geografia. Quanto ao espaço geográfico, Rodeio localiza-se em região elevada, o que torna possível a visualização de vários municípios vizinhos. Acabou recebendo o nome de Rodeio Bonito em função da Revolução Federalista de 1893, que opôs chimangos e maragatos em nosso estado. Os fazendeiros da região utilizaram o local para cuidar, tratar e marcar seus animais, protegendo-os dos revolucionários, uma vez que, de onde estavam, podiam avistar qualquer movimentação a quilômetros de distância [6] .

No entanto, começa algumas décadas antes a povoação da região, inicialmente empreendida por índios Kay-Gang atraídos, entre outros pontos, pelo Rio da Várzea. Após a Revolução Federalista, em 1895, a povoação expandiu-se. Na década de 1920 chegaram à região novos povos, dessa vez descendentes de italianos, alemães e poloneses, completando o rico tecido social da localidade. O que não mudou, desde o princípio da colonização, foi a vocação agropastoril da localidade, onde predomina a agricultura familiar. Houve, ainda, uma importante fase extrativista nas primeiras décadas do século XX, quando a comercialização da madeira da região propiciou um certo acúmulo de riqueza capaz de financiar novos patamares de desenvolvimento sócio-econômico. Até hoje a madeira ocupa um importante espaço na vida do município, em função da indústria moveleira ali sediada.

O município de Rodeio Bonito, foi desmembrado do município de Palmeira das Missões em dezembro de 1963 e instalado em 15 de Abril de 1964. Pelo fato de estar localizado em local elevado do centro da cidade é possível visualizar terras de inúmeros municípios da região. O próprio nome "Rodeio Bonito" originou-se do fato de que, na Revolução Federalista de 1893, os fazendeiros da Região esconderam o gado das tropas revolucionárias, no local onde hoje é a sede do município. Rodeio Bonito faz divisa com os municípios de Liberato Salzano, Planalto, Ametista do Sul, Cristal do Sul, Pinhal e Novo Tiradentes.

Quando foi oficialmente tornado município, Rodeio Bonito já possuía, como vimos, mais de um século de ocupação humana.

Como vários outros municípios da região Norte-Nordeste do Estado, Rodeio Bonito é hoje um exemplo de desenvolvimento, alcançando, ano a ano, melhores níveis em seu Índice de Desenvolvimento Humano – parâmetro criado pela Organização das Nações Unidas para medir a qualidade de vida no Planeta.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Prefeitura Municipal de Rodeio Bonito.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.