Robert Patrick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Patrick
Robert Patrick.jpg
Patrick em Dezembro de 2007
Nome completo Robert Hammond Patrick Jr.
Nascimento 5 de novembro de 1958 (55 anos)
Marietta, Georgia
Nacionalidade Estados Unidos Americano
Cônjuge Barbara Patrick (1990-presente)
Atividade 1986–presente
Outros prêmios
Saturn Award Melhor Ator de Televisão por The X-Files
Página oficial
IMDb: (inglês) (português)

Robert Patrick (Marietta, Georgia5 de novembro de 1958) é um ator de filmes e televisão norte-americano, vencedor do Saturn Award.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Infância e juventude[editar | editar código-fonte]

Patrick nasceu em Marietta, Georgia, mas passou sua infância em Ohio. Morou também em Dayton, Cleveland, Detroit e Boston. Foi atleta e jogador de futebol americano na Bowling Green State University, embora tenha abandonado a carreira antes de se graduar, por ter decidido seguir a carreira de ator após assistir algumas aulas de interpretação. Em 1984, Patrick mudou-se para Hollywood, onde foi escolhido para seu debut no palco como um beatnik na peça Go. Enquanto interpretava no palco, Patrick foi descoberto por um diretor de elenco da companhia de produção de Roger Corman e logo conseguiu o papel do assassino psicótico no filme de estréia, Warlords From Hell. Mais tarde, voltou ao palco em Los Angeles, na premiére da peça de David Mamet chamada The Shawl, no Waterfront Stage.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Patrick é casado com a atriz Barbara Patrick, com a qual atuou em filmes como Zero Tolerance e em duas temporadas de Arquivo X. Tem dois filhos, Austin e Samuel. Participa ativamente de quase todas as edições do Love Ride, uma corrida de motocicleta de caridade que acontece anualmente na parte sul da Califórnia. Robert é irmão de Richard Patrick, ex- guitarrista do Nine Inch Nails e vocalista das bandas de rock Filter e Army of Anyone.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atuou no videoclipe Objects In The Rear View Mirror May Appear Closer Than They Are, do Meat Loaf. Talvez mais conhecido por sua participação como o vilão "cyborg" T-1000 em Terminator 2: Judgement Day, ao lado de Arnold Schwarzenegger, teve ainda atuações notórias em filmes como no filme O Massacre de Rosewood (O Massacre, em Portugal), de John Singleton, e em Striptease, ao lado de Demi Moore, como seu ex-marido ladrão e marginal. Os créditos de Patrick em filmes incluem The Faculty de Robert Rodriguez, From Dusk Till Dawn 2: Texas Blood Money, Copland, ao lado de Sylvester Stallone e Robert De Niro, o filme independente The Only Thrill, ao lado de Diane Keaton, Diane Lane e Sam Shepard, e e ainda Fire In The Sky, no qual sua atuação foi elogiada pela crítica. Seus outros créditos em filmes incluem Double Dragon: The Movie, Duro de Matar 2', The Last Gasp, Hong Kong 97 e Wayne's World, no qual fez o papel de um tira mau, parodiando seu personagem T-1000. Também teve uma aparição no filme Last Action Hero, interpretando o próprio T-1000, num fantasioso mundo onde vivem personagens de filmes.Robert também atuou com Michael Rooker no filme Esquadrão de Elite,sobre integrantes da SWAT. Além disso, Patrick estrelou como convidado em três episódios no seriado de televisão The Sopranos. Também apareceu como convidado em diversos seriados, incluindo dois episódios do The Outer Limits, um episódio em Lost, um episódio em Tales From The Cript, e no filme para a televisão Decoy. Foi o dublador de Race Bannon na série animada The Real Adventures of Johnny Quest. Teve participação na série Arquivo X (The X-Files), onde representou o personagem Jonh Dogett durante a 8ª e 9ª temporada.

Robert também dublou o personagem principal do game "The Dig" (PC), desenvolvido pela Lucas Arts.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.