Rubén Paz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rubén Paz
Rubén Paz
Rubén Paz no Peñarol, em 2011.
Informações pessoais
Nome completo Rubén Walter Paz Márquez
Data de nasc. 8 de agosto de 1959 (55 anos)
Local de nasc. Artigas, Uruguai
Altura 1,74 m
Apelido Churrasco, Cabeza
Informações profissionais
Clube atual Uruguai Peñarol
Posição Auxiliar-técnico
(ex-Meia / Volante)
Clubes de juventude
1975–1976 Uruguai Peñarol de Artigas
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos)
1977–1981
1982–1986
1986–1987
1987–1989
1989–1990
1990–1992
1993–1994
1994–1995
1996
1996
1997–2000
2002
2003–2005
2006
Uruguai Peñarol
Brasil Internacional
França Racing de Paris
Argentina Racing
Itália Genoa
Argentina Racing
Uruguai Rampla Juniors
Uruguai Frontera Rivera Chico
Argentina Godoy Cruz
Uruguai Wanderers de Artigas
Uruguai Frontera Rivera Chico
Uruguai Nacional de San José
Uruguai Tito Borjas
Uruguai Pirata Juniors

44 (10)
6 (0)
53 (17)
25 (1)
75 (12)


7 (0)





Seleção nacional3
1977–1979
1977–1990
Flag of Uruguay.svg Uruguai Sub-20
Flag of Uruguay.svg Uruguai

45 (12)
Times que treinou3
Uruguai Peñarol (auxiliar-técnico)

Rubén Walter Paz Márquez, mais conhecido como Rubén Paz (Artigas, 8 de agosto de 1959), é um ex-futebolista uruguaio que atuava como meia e volante. Atualmente, é auxiliar-técnico no Peñarol.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi considerado um dos melhores meias do mundo na década de 1980. Deu seus primeiros passo no Peñarol de Artigas, em 1975, indo para o Peñarol de Montevidéo em 1977, onde se profissionalizou. Neste clube conquistou três campeonatos uruguaios em 1978, 1979 e 1981, sendo artilheiro deste último com 17 gols marcados. Em 1982, transferiu-se para o Internacional, e conquistou três títulos consecutivos do Campeonato Gaúcho de Futebol (1982, 1983 e 1984). Em 1987, após uma passagem não muito boa pelo Racing de Paris, transferiu-se para o Racing, da Argentina, onde conquistou a primeira Supercopa Libertadores em 1988 e a Supercopa Interamericana nesse mesmo ano, sendo ainda eleito o melhor jogador das Américas. Após passar por vários clubes, encerrou a carreira de jogador em 2006, aos 47 anos.

Seleção Uruguaia[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção do Uruguai foi bicampeão do Campeonato Sul-Americano Sub-20 em 1977 e 1979. Conquistou o Mundialito em 1981 sendo ainda eleito o melhor jogador da competição. Disputou duas Copas do Mundo: a de 1986 e 1990. Obteve também o vice-campeonato da Copa América de 1989. Pela Celeste Olímpica, jogou 45 partidas e marcou 12 gols.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção uruguaia
Peñarol
Internacional
Racing de Avellaneda

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Seleção uruguaia

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Peñarol

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Seleção uruguaia
  • Melhor Jogador do Mundialito de Futebol (Copa de Oro): 1980
Internacional
Racing de Avellaneda

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Carlos Valderrama
Futebolista Sul-Americano do Ano
1988
Sucedido por
Bebeto
Precedido por
Néstor Fabbri
Futebolista Argentino do Ano
1988
Sucedido por
Carlos Alfaro Moreno
Bandeira de UruguaiSoccer icon Este artigo sobre futebolistas uruguaios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.