Sky High

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sky High
Sky High - Escola de Heróis (PT)
Super Escola de Heróis (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2005 • cor • 100 min 
Direção Mike Mitchell
Produção Andrew Gunn
Roteiro Paul Hernandez
Bob Schooley
Mark McCorkle
Elenco Kelly Preston
Michael Angarano
Danielle Panabaker
Mary Elizabeth Winstead
Kurt Russell
Gênero Comédia de ação
Fantasia
Idioma Inglês
Música Michael Giacchino
Cinematografia Shelly Johnson
Edição Peter Amundson
Estúdio Walt Disney Pictures
Gunn Films
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 29 de julho de 2005
Portugal 6 de outubro de 2005
Brasil 7 de outubro de 2005
Orçamento US$35 milhões
Receita US$86,369,815
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Sky High (Brasil: Sky High: Super Escola de Heróis; Portugal: Sky High: Escola de Heróis) é um filme da Walt Disney que foi produzido pela Gunn Films, dirigido por Mike Mitchell e escrito por Paul Hernandez, Robert Schooley, e Mark McCorkle . O filme foi lançado no Brasil com o título Sky High: Super Escola de Heróis.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

“O filme conta a História de William Theodore Stronghold, um garoto de 14 anos, filho dos 2 maiores super-heróis: o incrivelmente forte e quase invencível Comandante (Kurt Russell) e a super rápida voadora Super Jato (Kelly Preston). Ele e sua melhor amiga Layla (Danielle Panabaker) estão em seu primeiro dia de aula, e Will ainda não desenvolveu nenhum poder. Na Sky High, existem os super-heróis e os ajudantes e Will e seus amigos tornam-se ajudantes, quando o treinador Barreira (Bruce Campbell) os divide assim. Will acaba se machucando, indo para a enfermaria e descobre que pode não desenvolver super poderes, mesmo sendo filho de 2 super-heróis. Por mais que seja raro, o motorista de ônibus Ron Wilson é um desses casos.

Ao chegarem na escola, são recebidos por Speed (Will Harris) e Lash (Jake Sandvig), que tentam chantegeá-los, mas são salvos pela presidente do Comitê da Escola, Gwen Grayson (Mary Elizabeth Winstead) e sua amiga Penny (Malika and Khadijah Haqq). Will imediatamente se apaixona por Gwen. Enquanto isso, os pais do Will salvam o mundo de um robô gigante e seu pai leva o olho robótico como troféu.

Na sala de aula, conhecem seu professor, Sr.Garoto, (Dave Foley), que foi parceiro de seu pai, e começam a aprender como os ajudantes devem fazer nas missões de salvamento.

Chegando em casa,Will não tem coragem de contar a seus pais o que houve, principalmente depois que seu pai adiciona os dados de Will para a entrada da Sala Secreta e mostra todos os seus troféus, incluindo seu favorito, o Pacifier, a arma que o vilão Dor Mortal quebrou durante a luta, desintegrando o vilão, porém o Comandante nunca descobriu o real poder da arma. Apesar de não saberem, 2 vilões (Dor Mortal e Risada) estão os espiando através do olho do robô gigante.

Depois de conhecer os amigos de Will, Steve (comandante) fica furioso ao receber a notícia de que o filho não possui super poderes e que pode nunca desenvolvê-los.

Na escola, Lash e Speed se divertem com Will e seus amigos e durante uma rasteira de Lash, a bandeja de Will cai sobre Guerren Paz, filho do maior inimigo de Steve, que começa a perseguir Will no refeitório. Quando Guerren ameaça os amigos de Will, ele finalmente desenvolve o poder da super força. Os dois são levados à sala de detenção, a qual neutraliza seus poderes.

No dia seguinte, Will torna-se herói e muda de classe e o professor Medula o coloca com uma parceira de laboratório, que acaba sendo Gwen, que provoca Will, enciumando Layla. Will volta para casa e encontra Gwen conversando com sua mãe, acaba ficando para o jantar e convida os pais de Will para o baile como convidados de honra para receberem um troféu. Will acaba estudando com Gwen e esquece de seu encontro com Layla, que acaba conhecendo Guerren, que trabalha no restaurante e dá conselhos para ela. No dia seguinte ela tenta seguir os conselhos de Guerren, mas quando Will conta que vai ao baile com Gwen, ela diz que vai com Guerren, o que não agrada Will.

Durante outra noite, enquanto os pais de Will estão em outra missão, Gwen convence Will a convidar o comitê do baile para sua casa, porém acaba tornando-se uma festa com todos os heróis da escola. Ela o convence a levar em um lugar mais calmo e Will acaba levando-a a Sala Secreta. Enquanto os dois se beijam, Speed rouba o Pacifier e Will nem percebe. Layla está passando na frente da casa dos Stronghold, quando percebe a movimentação e entra, mas é recebida por Gwen, que fala que Will não quer mais saber dela e de nenhum outro assistente e que ele já sabe que ela esta apaixonada por ele então Layla vai embora. Ao descobrir, Will, decide não sair mais com Gwen, tenta terminar a festa, porém seus pais chegam em casa e ele decide não ir ao baile. Ele tenta conversar com Layla no mesmo restaurante da outra vez, porém ela não aparece dessa vez e ele acaba conversando com Guerren, que conta os sentimentos de Layla e o motivo de eles irem juntos. Predefinição:Spoiller

Na noite do baile, Josie entrega a seu filho o antigo livro do ano de seu pai e percebe que Gwen se parece com uma colega de seus pais. Então percebe que o Pacifier foi roubado e resolve ligar para o motorista, Ron. Enquanto isso, Gwen revela que é o vilão Dor Mortal que sobreviveu se transformando em bebê por causa do caso do Pacifier ser destruído, mas não foi destruída. Ela começa a transformar todos em bebês e quando todos tentam sair, Lash, Penny e Speed trancam as saídas.

Layla,Guerren, Ethan, Zack e Magenta escapam pelo duto de ventilação e encontram Will. Eles explicam tudo para Will e falam que Gwen transformou seus pais em bebês . Layla e Will se beijam.Enquanto ele vai procurar Dor Mortal, Guerren, Ethan e Layla enfrentam os 3 amigos de Gwen. Após serem derrotados, Penny conta que Gwen pretende desativar o aparelho anti-gravidade, criado por ela que faz a escola flutuar em apenas alguns minutos. Magenta é enviada para destruir o aparelho criado por Gwen, enquanto Will encontra Gwen fazendo discurso com o pai dele, eles lutam e ele é nocauteado para fora da escola, no mesmo instante que Guerren e Layla chegam. Finalmente Will descobre que também pode voar e consegue salvar a escola de cair, juntamente com Magenta, que rói os fios que Gwen ativou.

Mais tarde, Medula, mesmo bebê, consegue reverter o Pacifier, retornando todos ao que eram e destruindo a máquina. Will desculpa-se com seus pais e o Comandante dá o troféu para os ajudantes, que acabaram sendo os heróis da batalha. O baile continua e Will e Layla se beijam no céu.

No final, os vilões aparecem na sala de detenção e o filme fecha com uma frase de Will: “Então no final minha namorada se tornou minha arqu-inimiga, meu arque-inimigo se tornou meu melhor amigo e minha melhor amiga se tornou minha namorada. É, faz parte da escola”.

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Personagens Dubladores
Willian "Will" Theodore Stonghold - Felipe Drummond
Layla Williams - Flávia Saddy
Gwen Grayson - Mabel Cezar
Guerren Paz - Marcos Souza
Steve Stronghold/Comandante - Júlio Chaves
Josie Stronghold/SuperJato - Miriam Ficher
Penny - Guilene Conte
Treinador Boomer - Márcio Simões
Sr. Medula - Sérgio Stern
Ron Wilson - Mário Jorge
Enfermeira Spex - Selma Lopes
Maguenta - Ana Lúcia Menezes

Atores e personagens[editar | editar código-fonte]

Alunos[editar | editar código-fonte]

  • Michael Angarano como Willian Theodore Stonghold (Will Stronghold): Will é um calouro na Sky High. Seus pais são os dois mais famosos super-heróis do momento, o Comandante e Super Jato. Ele está angustiado porque não apresentou nenhum super-poder ainda, porém mais tarde ele desenvolve a super-força e depois consegue voar. Sempre está usando azul, vermelho e branco.
  • Danielle Panabaker como Layla Williams: Will e Layla se conhecem desde a primeira série, quando ela contou para ele de seus poderes de controlar e conversar com plantas e eles se tornaram melhores amigos. Ela é naturalista e acredita que seus poderes só podem ser usados para o bem, e só os usa quando a situação está crítica, além de ter uma paixão secreta por Will. Ela sempre usa tons de verde. Na batalha final, ela procura não usar seus poderes, porém quando Penny a agride, a ira faz com que ela invoque seus poderes e ela facilmente prende Penny em videiras.
  • Mary Elizabeth Winstead como Gwen Grayson\Sue Tenny (Dor Mortal): Uma veterana pela qual Will acaba se interessando. Seu verdadeiro nome é Sue Tenny e ela é uma aluna brilhante e tecnopata, porém é malvada com os amigos de Will. Na verdade ela está em busca de vingança da família Stronghold, os quais a ridicularizaram como uma nerd nos tempos de escola, apesar de suas habilidades como "tecnopata". Durante a luta contra o Commander e Jetstream, sua arma, o Pacifier, funcionou de forma errada e explodiu, transformando-a em bebê. Seu assistente a recriou e assumiu uma nova identidade como Gwen Grayson, para finalmente realizar seu esquema de criar uma academia maligna como revanche contra os Stronghold. Ela teria conseguido se seus amigos e o motorista Ron Wilson não tivessem a impedido, bem como seu asistente de levar as crianças embora. Ela luta contra Will, porém não ganha quando ele finalmente desenvolve o poder de voar. No início suas roupas são rosa e cinza e, quando aparece como Dor Mortal usa uma armadura tecnológica preta e dourada andrógina e sua voz (executada por Patrick Warburton) fica diferente, assemelhando-se à de Darth Vader (Star Wars).
  • Steven Strait como Warren Peace: Warren é o filho de uma super-heroína e um super-vilão, conhecido como Barão Batalha (foi colocado pelo Commander na prisão e considera Will como seu inimigo). Warren é um dos mais rebeldes de Sky High e possui a habilidade de controlar o fogo com sua mente. Mais tarde acaba se tornando melhor amigo de Will. Trabalha no restaurante Paper Lantern, que serve comida chinesa, a favorite de Layla e fala cantonês fluentemente. Seu nome evidentemente é um jogo das palavras Guerra e Paz. Guerren luta contra Speed e no final do filme consegue vencê-lo. Sua roupas primeiramente são pretas com detalhes em vermelho. Ele também é praticamente indestrutível, já que recebeu dois super-socos de Will e foi jogado através de pilastras e paredes e voltou como se nada estivesse ocorrido.
  • Nicholas Braun como Zach: Amigo distante de Will, que possui habilidade de brilhar. Gosta da amiga Magenta e se veste de branco e amarelho neon.
  • Dee Jay Daniels como Ethan: Um ajudante de heróis, amigo de Will, que se transforma em uma poça d’água (por isso o chamam picolé). Sempre é o alvo de piadas, como colocar a cabeça na privada por Lash e Speed, apesar de vencer Lash no final e ajudar Guerren a vencer Speed. Suas roupas são de cor laranja.
  • Kelly Vitz como Magenta: Amiga de Will, cuja habilidade é a de se transformer-se em um porquinho-da-índia, com as mechas de seu cabelo. Suas cores são roxo e preto. Salva a escola por ter roído o fio que tirava sua anti-gravidade.
  • Malika and Khadijah Haqq como Penny: É a melhor amiga de Gwen, cujo poder é de crier cópias de si até formar uma equipe inteira de líderes de torcida. Juntamente com Lash e Speed, ajuda Gwen em seu plano maléfico. Acreditando que layla não possui poder, ativa sua ira e acaba perdendo a batalha. Termina na sala de detenção, juntamente com o resto da gangue. Suas cores são laranja e azul, apesar de ela aparecer sempre com roupa de líder de torcida.
  • Jake Sandvig como Lash: É um dos malvados de Sky High. Juntamente com seu melhor amigo, Speed, eles adoram atormentar os ajudantes de super-heróis e qualquer pessoa que não possua super-poderes. Ele é super-elástico e juntamente com Speed, sempre foram campeões do jogo “Salve o cidadão”, até que Will e Guerren os derrotam. Sua roupas são de cores preto e branco em listras. Acaba sendo derrotado por Ethan no final, quando fica com sua cabeça presa na privada, graças ao seu super-poder.
  • Will Harris como Speed: É o melhor amigo de Lash e juntos são campeões no jogo “Salve o cidadão”, até serem derrotados por Will e Guerren. Apesar de seu tamanho, possui super-velocidade. Veste-se com as mesmas cores que Lash. Para ser vencido, foi necessário Guerren e Ethan, pois sua velocidade possui vantagens sobre os poderes de Guerren. Perde quando Ethan derrete enquanto Speed corre, o que faz com que ele escorregue e perca velocidade, fazendo com que Warren conseguisse o acertar e o prender na parede.

Adultos[editar | editar código-fonte]

  • Kurt Russell como Steve Stronghold/The Commander: Pai de Will, Steve Stronghold e sua mulher Josie são os maiores vendedores de uma agência imobiliária de Maxville, enquanto escondem suas verdadeiras identidades de super-heróis. Como Commander, é um dos mais fortes super-heróis do mundo, principalmente por causa de sua super-força e estabilidade. Às vezes fica cego pelo seu próprio ego, mas quando se trata de família, está sempre perto para apoiar seu filho. Como Steve, usa óculos para esconder sua identidade (estilo Superman), porém como Commander, usa roupas em vermelho, azul e branco. O logotipo do castelo no seu tórax aparentemente representa uma fortaleza, o significado de seu sobrenome.
  • Kelly Preston como Josie Stronghold/Jetstream: Mãe de Will, Josie Stronghold e seu marido Steve são os maiores vendedores de uma agência imobiliária de Maxville. Como Jetstream ela pode voar e possui experiência em combates corpo-a-corpo, além de representar a imagem de uma mãe clássica, a qual sempre deixa Will envergonhado. Como seu marido, usa óculos como Josie e usa as cores vermelho, azul e branco para esconder sua identidade.
  • Lynda Carter como Diretora Powers: É a Diretora de Sky High, e seu super-poder é o de transformer-se em cometa (no final do filme ela fala “Eu não sou Mulher Maravilha, sabiam?”, que devidamente compreendido dá para entender que é uma citação ao seu papel como Mulher Maravilha na série da década de 70).
  • Bruce Campbell como Treinador Boomer/Sonic Boom: É o professor de educação física de Sky High, por possuir maior variedade de ondas sonoras. É o encarregado de dividir os calouros em heróis e ajudantes e o supervisor do jogo “Salve o cidadão”. e os herois ganharam esse jogo.
  • Kevin Heffernan como Ron Wilson - motorista: É o motorista de ônibus de Sky High, Ron Wilson é o filho de 2 super-heróis que não adquiriu nenhum super-poder. Sente orgulho de levar os “super-heróis do futuro” para a escola. Ajuda a salvar o dia e a escola quando leva Will para Sky High e quando golpeia Stitches, o ajudante de Royal Pain e o impede de levar os bebês embora. No final do filme, ele cai em um barril de lixo tóxico e ganha poderes (supostamente o poder de crescer), e começa a trabalhar para o prefeito.
  • Cloris Leachman como Enfermeira Spex: Uma senhora gentil e original com a habilidade de visão raio-x. É ela que fala para Will que ele pode não desenvolver poderes.
  • Jim Rash como Mr. Grayson/Stitches: Ajudante de Royal Pain e pai de Gwen Grayson/Sue Tenney, que a criou desde que foi transformada em bebê. No final ele tenta levar os bebês com um ônibus, porém Ron Wilson o golpeia e diz ser o único que pode transportar super-crianças.
  • Dave Foley como All American Boy / Mr. Boy: Foi o antigo ajudanre do Comander que agora é professor de todos os ajudantes. Apesar de sentir orgulho em educar futuros ajudantes, sempre aparenta estar deprimido, pois sua maior realização foi ser ajudante do Comander. Ainda lembra que por muito tempo gostou de Jetstream.
  • Kevin McDonald como Senhor Medula: O maluco cientista de gigantesca cabeça cujo poder é o de possuir um super-cérebro, que é mais inteligente que um homem comum mesmo quando transformado em bebê. Ele ajuda na restauração de todos em suas próprias idades.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Sky High teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. Em base de 29 avaliações profissionais, alcançou metascore de 62% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, alcança uma nota de 6.7, usada para avaliar a recepção do público.[1]

Referências

  1. Sky High (em inglês) Metacritic. Página visitada em 26 de maio de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]