Terry Butcher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Terry Butcher
Terry Butcher
Informações pessoais
Nome completo Terence Ian Butcher
Data de nasc. 28 de dezembro de 1958 (55 anos)
Local de nasc. Cidade de Cingapura, Flag of Singapore (1946-1959).svg Cingapura
Informações profissionais
Posição Treinador (Ex-zagueiro)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1976–1986
1986–1990
1990–1992
1992–1993
1993
Inglaterra Ipswich Town
Escócia Glasgow Rangers
Inglaterra Coventry City
Inglaterra Sunderland
Escócia Clydebank
0271 000(16)
0127 0000(9)
0006 0000(0)
0038 0000(0)
Seleção nacional
1980-1990 Flag of England.svg Inglaterra 0077 0000(3)
Times que treinou
1990–1992
1993
2002–2006
2006–2007
2007
2009–
Inglaterra Coventry City
Inglaterra Sunderland
Escócia Motherwell
Austrália Sydney
Inglaterra Brentford
Escócia Inverness

Terence Ian "Terry" Butcher (Cidade de Cingapura, 28 de dezembro de 1958) é um ex-jogador e técnico de futebol inglês.

Ipswich Town[editar | editar código-fonte]

Defensor, iniciou a carreira no Ipswich Town. Em 1981, integrou a equipe (comandada por Bobby Robson e liderada pelo escocês John Wark) que deu ao clube seu maior título, a Copa da UEFA. Butcher já defendia a Seleção Inglesa desde o ano anterior, ficando com a conquista (e também pelo Ipswich ter ficado entre os primeiros colocados no campeonato inglês) credenciado a ser chamado para a Copa do Mundo de 1982.

Seleção Inglesa[editar | editar código-fonte]

Firmaria-se como zagueiro central para o resto da década. Apesar do rebaixamento do Ipswich em 1986, foi à Copa do Mundo de 1986. No genial gol de Maradona, em que a estrela argentina driblou meio English Team antes de acertar as redes, Butcher ainda tentou pará-lo com um carrinho. Ironicamente, seu sobrenome em inglês quer justamente dizer "açougueiro" - na linguagem brasileira do futebol, "jogador violento".

Rangers[editar | editar código-fonte]

Após a Copa e de dez anos no Ipswich, fez parte da "invasão inglesa" chamada por Graeme Souness para o elenco do Glasgow Rangers, que, decadente, estava a perder totalmente sua hegemonia para o rival Celtic.

Ficaria nos Gers, onde conquistaria dois campeonatos escoceses seguidos (que evoluiria mais tarde para um raríssimo eneacampeonato, igualando um feito do qual o maior rival se orgulhava de ter alcançado - o Celtic fora 9 vezes campeão seguidamente nos anos 70), até a Copa de 1990. Butcher, que não fora à Eurocopa 1988 devido a uma perna quebrada, deixaria de jogar pela seleção após o mundial. Foram ao todo 77 partidas pela Inglaterra, tendo marcado 3 gols.

Técnico[editar | editar código-fonte]

A partir da segunda metade de 1990, tornou-se jogador e técnico do Coventry City (maior rival do Ipswich e clube em que ele quase iniciara a carreira, nos juvenis, apesar de ser torcedor de seu primeiro clube) nos próximos dois anos. Em 1993, foi para o Sunderland, novamente como jogador e técnico, encerrando ao final da temporada ambas as carreiras. A de jogador profissional, definivamente; a de técnico, ele retomaria em 2002, no escocês Motherwell. Atualmente, Butcher é assistente técnico da Seleção Escocesa.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Foi o único jogador nascido na cidade-estado de Singapura a ter ido para Copas do Mundo.[carece de fontes?]