The Karate Kid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Karate Kid
Momento da Verdade (PT)
Karate Kid - A Hora da Verdade (BR)
Pôster de divulgação.
 Estados Unidos
1984 • cor • 126 min 
Direção John G. Avildsen
Produção Jerry Weintraub
Roteiro Robert Mark Kamen
Elenco Ralph Macchio
Noriyuki "Pat" Morita
Elisabeth Shue
Gênero drama romântico Ação
Idioma inglês
Música Bill Conti
Cinematografia James Crabe
Edição John G. Avildsen
Walt Mulconery
Bud S. Smith
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 22 de junho de 1984
Brasil 28 de setembro de 1984
Portugal 25 de outubro de 1984
Orçamento US$8 milhões[1]
Receita US$90,815,558[2]
Cronologia
Último
Último
The Karate Kid, Part II
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

The Karate Kid (Momento da Verdade (título em Portugal) ou Karate Kid - A Hora da Verdade (título no Brasil)) é um filme de artes marciais e drama romântico norte-americano de 1984 do diretor John G. Avildsen e escrito por Robert Mark Kamen, estrelado por Ralph Macchio e Noriyuki "Pat" Morita e Elisabeth Shue.[3] [4] É uma história underdog no molde de um sucesso anterior de Avildsen de 1976, o filme Rocky. O filme conta a história de um jovem lutador que deseja aprender caratê, e para isso convence um experiente mestre a lhe dar aulas, que acabam por transformar-se em lições de vida.

Foi um grande sucesso de público e continua popular até a atualidade. Também obteve comentários favoráveis da crítica, tendo Pat Morita recebido uma indicação de melhor ator coadjuvante no Óscar daquele ano e também uma indicação na mesma categoria ao Globo de Ouro.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O jovem Daniel Larusso ou Daniel San (Ralph Macchio) e sua mãe (Randee Heller) recentemente se mudaram de Newark, Nova Jérsey para a região do Vale de São Fernando no sul da Califórnia. Porém, Daniel não consegue se ambientar em sua nova morada, até que conhece Ali Mills (Elisabeth Shue), uma garota atraente que gosta dele.

Porém, a situação de Daniel se complica quando o ex-namorado de Ali, Johnny Lawrence (William Zabka), e sua gangue começam a atormentá-lo. Um dia, quando é cercado pela gangue de Johnny, ele é salvo por um Senhor Miyagi (Pat Morita), um velho mestre de caratê. Disposto a ajudar Daniel, Miyagi resolve passar-lhe os ensinamentos de sua arte marcial, para que ele possa se defender da gangue de Johnny, que também luta caratê. Então ele enfrenta a gangue em uma competição de luta.

O filme é famoso por mostrar o ensaio de artes marciais por Daniel San por meio de atividades cotidianas do dia-a-dia, como limpar o carro ou pintar uma parede.[5]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

De acordo com o comentário de edição especial em DVD, o estúdio originalmente queria o papel do Sr. Miyagi para ser interpretado por Toshiro Mifune, mas o escritor Robert Mark Kamen se opunha para a escolha de elenco. Mako Iwamatsu também foi considerado para o papel de Mr. Miyagi, mas não estava disponível devido a compromissos anteriores para filmar Conan the Destroyer, mas ele acabaria por desempenhar um papel semelhante no filme Sidekicks.

Música[editar | editar código-fonte]

The Karate Kid Soundtrack
Trilha sonora
Lançamento 1984
Gravação 1983 - 1984
Gênero(s) Pop
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Casablanca Records

A trilha sonora (com músicas do filme) foi lançado pela Casablanca Records. O destaque fica para Joe Esposito com "You're the Best" que foi apresentada durante a montagem do torneio perto do final do filme. A música "Cruel Summer" sucesso de 1984 da banda Bananarama também está presente no filme, mas foi excluída do álbum da trilha sonora. "Moment of Truth" do Survivor é outra grande faixa que só é exibida nos créditos. Outras canções que aparecem na produção foram deixadas fora do álbum, incluindo "Please Answer Me", interpretada por Edge Broken e "The Ride ", interpretada por The Matches. "The Ride" nunca foi lançada em nenhum álbum, mas foi disponibilizado no iTunes, Amazon.com e Rhapsody, em Abril de 2009 para o 25º aniversário do filme.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "The Moment of Truth" (Survivor)
  2. "(Bop Bop) On the Beach" (The Flirts, Jan & Dean)
  3. "No Shelter" (Broken Edge)
  4. "Young Hearts" (Commuter)
  5. "(It Takes) Two to Tango" (Paul Davis)
  6. "Tough Love" (Shandi)
  7. "Rhythm Man" (St. Regis)
  8. "Feel the Night" (Baxter Robertson)
  9. "Desire" (Gang of Four)
  10. "You're the Best" (Joe Esposito)

Recepção[editar | editar código-fonte]

Este filme está classificado como número 31 na lista da Entertainment Weekly que elege os 50 melhores filmes de temática High School.[6] O filme mantém 90% de aprovação no site especializado Rotten Tomatoes, com base em 41 comentários.[7]

Roger Ebert chamou o filme de melhor do ano, lhe dando quatro estrelas, de quatro possíveis, e o descreveu como um "excitante, dócil história comovente, com uma das amizades mais interessantes em muito tempo".[8] Janet Maslin do The New York Times também fez uma análise positiva.[9]

The Karate Kid gerou uma franquia de produtos relacionados e objetos, como figuras de ação, bandanas de cabeça, posters, camisas e um videogame, The Karate Kid (jogo eletrônico). Uma curta série animada exibido na rede NBC em 1989. O filme teve três seqüências, e lançou a carreira do ator Ralph Macchio, que iria se transformar em um ídolo teen na capa de revistas como a Tiger Beat. Ele revitalizou a carreira de Morita, anteriormente conhecido principalmente por seu papel cômico de Arnold em Happy Days, que foi indicado para o oscar de melhor ator coadjuvante por sua performance como o Sr. Miyagi. Morita reprisou seu papel nas três seqüências que se seguiriam:

Sequências e remakes[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Indicado ao prêmio de Melhor ator coadjuvante (Pat Morita)
Indicado ao prêmio de Melhor ator coadjuvante em cinema (Pat Morita)
  • Young Artist Awards (1985)
Vencedor na categoria: Best Family Motion Picture - Drama
Vencedor na categoria Best Young Supporting Actress in a Motion Picture Musical, Comedy, Adventure or Drama (Elisabeth Shue)
Indicado ao prêmio: Best Young Supporting Actor in a Motion Picture Musical, Comedy, Adventure or Drama (William Zabka)
  • AFI 100 Years
AFI's 100 Years - 100 Cheers (100 Filmes mais inspiradores) - #98

Referências

  1. Straight to DVD: Original "Karate Kid" on Blu-ray. Salon.com. Acessado em 28 de novembro de 2013.
  2. The Karate Kid. Box Office Mojo. CBS. Página visitada em 28 de novembro de 2013.
  3. The Karate Kid. Allmovie. Rovi Corporation. Página visitada em 28 de novembro de 2013.
  4. Maslin, Janet. The Karate Kid (1984). The New York Times. Página visitada em 28 de novembro de 2013.
  5. Karate Kid, acessado em 2 de setembro de 2011
  6. 50 Best High School Movies. Entertainment Weekly (31 de julho de 2008).
  7. The Karate Kid. Rotten Tomatoes. Flixster.
  8. Ebert, Roger (1 de janeiro de 1984). The Karate Kid. Chicago Sun-Times. Chicago Sun Times. Página visitada em 28 de novembro de 2013.4 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svg
  9. Maslin, Janet (22 de junho de 1984). SCREEN 'KARATE KID,' BANE OF BULLIES.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]