The King of Fighters '99: Millennium Battle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The King of Fighters '99: Millennium Battle
Produtora SNK
Editora(s) SNK
Plataforma(s) Arcade, PlayStation, Dreamcast, PC
Série The King of Fighters
Conversões/
relançamentos
PlayStation, Dreamcast, PC
Data(s) de lançamento Dreamcast:
Estados Unidos 12 de Dezembro de 2000[1]
PlayStation:
Estados Unidos 24 de Março de 1999[2]
Gênero(s) Jogo de luta
Modos de jogo Single Player, Multiplayer
Número de jogadores 1 a 2 jogadores
Média CD, GD-ROM
Controles Gamepad

The King of Fighters '99: Millenium Battle é um videogame realizado no ano de 1999 pela SNK. É o sexto jogo da série The King of Fighters, que tem como seu protagonista o personagem K' e que inicia a terceira saga da série, a Saga Nests.[3]

Elenco de personagens[editar | editar código-fonte]

Há uma reformulação no time do heróis, já que Kyo entra sozinho no torneio e em outros times com a saída de velhos personagens dando espaço para os novos. Eis a lista:

História[editar | editar código-fonte]

KOF 99 acontece exatamente após o final do torneio de 1997. Com a força combinada de Iori Yagami e seu poder incontrolável, Kyo Kusanagi e as chamas sagradas, e Chizuru Kagura, a força ancestral conhecida por Orochi fora derrotada e selada na eternidade. Terminada as batalha, o último representante dos Yagami desaparecera misteriosamente, enquanto Kyo exausto, tombara. É então que surge uma nova ameaça, conhecida por Krizalid. Acompanhando o campeonato desde seu princípio, via ali a possibilidade de alcançar seu ambicioso plano: a dominação do mundo através de soldados criados com base no DNA do mais poderoso guerreiro do notório torneio. Com o desaparecimento de Iori, Krizalid capturou Kyo que, impossibilitado de lutar, acabou sendo alvo fácil. Quando finalmente despertou, meses depois, Kyo conseguiu fugir do nefasto laboratório. Contudo, o principal objetivo de Krizalid já havia atingido e os dois primeiros clones foram criados. Entretanto, apesar de baseados no combatente das chamas vermelhas, eles possuiam pouca experiência de batalha. Para conseguir mais informações para suas cópias, o vilão ressuscitou o torneio The King of Fighters. Assim, após dois anos sem sua realização, os maiores combatentes do planeta recebem a carta de convite. Alguns recusam, enquanto outros aceitam, formando novas e inesperadas alianças. Desta forma, tem início mais um campeonato...


Dois anos tinham passado desde a batalha fatal contra o Clã Orochi. Durante este período, os ventos de paz sopraram novamente. Shingo Yabuki, com a intenção de honrar a memória de seu mestre, formaram um time junto a dois guerreiros enigmáticos. Ambos eram calados, mas tinham olhares furiosos, mostrando não ter nenhum rastro de sentimento. Suas auras escuras, somadas a suas técnicas violentas, despertaram sentimentos ruins dos demais participantes. Seus nomes, tão misteriosos quanto suas vidas, eram K' e Maxima. Ninguém soube o real propósito deles, mas muitos, obviamente, tinham suas suspeitas. O mais incrível foi a entrada de dois participantes isolados. Tratavam-se de dois Kusanagi! Era notável como os dois se assemelhavam ao mais poderoso dos lutadores, Kyo Kusanagi. Ambos eram clones e usavam as técnicas lendárias de Kusanagi que fizeram de Kyo a lenda que ele é. Como eles poderiam estar ali? Será que eles sabiam alguma coisa sobre o paradeiro de Kyo? Antes que qualquer pergunta pudesse ser feita, o torneio já estava em desenvolvimento.


Para este torneio, muitas foram as alterações á respeito das formações, em especial devido ao fato de que agora são quatro componentes por time. Novas alianças foram formadas, como Shingo que finalmente fora aceito como membro em tempo integral no Hero Team. Alguns lutadores recusaram suas participações, como Chizuru Kagura. Com o desaparecimento de Iori Yagami e Kyo Kusanagi, alguns times foram profundamente alterados e a vaga para lutadores principais fora preenchida por dois guerreiros chave para a trama: K' Dash e Maxima, dois membros do clã conhecido por NESTS.


Apesar de terem estado fora de atividade durante dois longos anos, os lutadores puderam desenvolver técnicas novas e devastadoras que iam iluminando o campo de batalha de um modo mais brilhante do que nunca! Era a batalha que indicava o começo de um novo milênio! A regra do quarto membro fez as brigas ficarem muito mais estratégicas e a formação de um novo campeão impulsionou os guerreiros a fazerem o seu melhor. Dessa vez mais do que nunca. Com a lembrança de Kyo em suas mentes e a sombra do Poder de Orochi parecendo apenas um sonho ruim, os concorrentes poderiam soltar o verdadeiro poder sem receios ou pesares. O senso de vingança e contagem regressiva foi substituído pela glória e excitação por estar em frente a um oponente merecedor de lutar com todo o seu poder, se tornando um lutador mais completo e habilidoso! Levados pelas mãos de K' e Maxima, Benimaru e Shingo alcançaram o sonho de chegar à partida final, se tornando as novas figuras do King of Fighters.


A última luta aconteceu em um lugar muito diferente: os esgotos. Enquanto o novo Time Heróis estava esperando a chegada do outro time, o fluxo de esgoto secou, ao mesmo que corria alguns cabos por debaixo deles. De repente se encontravam de pé em uma superfície de metal. Como se não bastasse, o chão começou a se mover e enviou os quatro guerreiros abaixo! Era uma plataforma de elevador enorme que estava enviando os lutadores ao subterrâneo, em um local desconhecido.


Enquanto isso, os Guerreiros de Ikari, comandados pelo chefe da esquadra mercenária, Heidern, estavam monitorando várias partes do mundo e descobriram um padrão notavelmente estranho. Várias ondas de rádio estavam sendo emitidas de muitos países. Heidern ordenou que investigassem as origens de tais sinais e ,para sua surpresa, todos os sinais vinham de réplicas exatas de Kyo Kusanagi! Haviam Kyos no mundo inteiro: em meio aos cidadãos das grandes cidades, escondidos nas florestas mais isoladas, no meio dos oceanos, no ar, enfim, em todos os lugares! Heidern poderia pressentir algo de ruim no interior do torneio, e o sinal então veio da fonte mais poderosa. Setor 70599. O elevador que estava levando Benimaru, Shingo, K' e Maxima finalmente parou em frente a uma porta metálica enorme, com a inscrição "70599". Benimaru e Shingo estavam confusos com a situação, mas K' e Máxima não pareciam muito alterados. Antes que Benimaru e Shingo pudessem perceber onde estavam, a porta enorme se abriu. Era muito inesperado. De repente, luzes vermelhas flamejaram em todos os lugares e várias telas de computador apareceram.

No meio do espetáculo, uma voz profunda e ousada convidou o time a entrar em seu domínio. As finais começariam o mais cedo possível. Benimaru e Shingo exigiram uma explicação do homem. Ele saiu e era mais que intimidante. Era bastante alto, não muito bem constituído, mas seus olhos expressavam raiva e sede de sangue. Usava uma roupa muito grossa, não revelando nada de seu corpo. O mais estranho é que os lutadores não puderam sentir nenhuma aura nele, mas a sua força mostrava o contrário. Benimaru estava tenso: "O que significa isto?". K' sorri dizendo: "Eu não sei, mas é um desafio que eu estou seguro de que nós não podemos recusar"!


A última partida começa. A luta sangrenta se enfurece e o homem misterioso executa movimentos devastadores sem mostrar nenhum esforço. O Time Heróis suspeitou que o guerreiro não estava usando todo o seu poder. Apenas estava brincando com eles. Sentindo algo estranho, eles decidiram parar de lutar para ver a sua reação. Porém, apesar de não usar seu poder máximo, ele estava lutando com superioridade, conseguindo subjugá-los com um poder sobrenatural lançado da sua mão direita. A luta não estava levando a parte alguma, ficando terrivelmente longa. De repente, em uma explosão furiosa, Benimaru ataca o homem com seu poder total. K' tenta impedir, mas por incrível que pareça, Benimaru derruba o homem com bastante facilidade. Este poderia ser o fim da partida? O homem misterioso se levanta lentamente e começa a rir. De súbito, todos o computadores escondidos ao redor do quarto escuro se iluminam, exibindo um grupo de dados. A câmara inteira é iluminada, mostrando uma imensa base e exibindo uma tecnologia de ponta. Benimaru e Shingo ficam impressionados com o tamanho da base. O homem começa a rir como um maníaco e diz em voz baixa: "Você sabia, não é K'?". Benimaru e Shingo olham para K' procurando uma resposta, mas só encontram um olhar frio de um guerreiro misterioso.


Shingo queria saber quem era ele e o que ele queria. O homem se apresenta como Krizalid e diz te-los trazido ali para realizar o último de seus propósitos. Shingo afirma que faria qualquer coisa para ser o Rei dos Lutadores. Krizalid sorri e diz a ele que usou o nome do torneio para chamar os lutadores mais fortes, assim ele poderia traze-los com mais facilidade e realizar sua meta.


De repente, todas as telas exibem a mesma imagem: cenas das réplicas de Kyo Kusanagi ao redor do mundo. Krizalid revela que havia levado o corpo inconsciente do Kyo Kusanagi original depois do esforço feito por este na última batalha contra o Clã Orochi e coletou uma amostra de seu DNA, fazendo vários clones. Dois deles entraram no King of Fighters. Contudo, o verdadeiro Kyo Kusanagi escapou no meio do processo e seu paradeiro é desconhecido. Krizalid introduziria os dados que ele tinha coletado dos lutadores na última batalha para ativar os clones e lideraria um ataque maciço que levaria todos os governos do mundo a rendição. Benimaru e Shingo ficam aterrorizados. Aos Guerreiros de Ikari do quarto comando, Heidern ordena que abandonem suas unidades para parar a invasão dos Kyos e diz que ele logo os seguiria. Porém, antes da operação começar, um dos rádios consegue captar o diálogo na base subterrânea. Nisto, Benimaru pergunta como Krizalid pôde capturar os dados dos lutadores. Krizalid informa que os dados foram enviados por seu corpo e transportados pelos computadores. De fato, Krizalid revela que se fundiu com o poder de Kusanagi e que K' não passava de seu clone. No entanto, K' não tinha controle sobre seu poder como Krizalid. Ele era forçado a usar uma luva especial para reter o imenso poder dentro de si. K' se recusa a acreditar nas palavras de Krizalid, mas quando este lhe pergunta sobre seus pais e sua infância, K' fica mudo. Como ele podia não se lembrar disto?. Krizalid revela o último dado a ser coletado: o instinto assassino! E ele faria isso matando a todos!


De repente, Krizalid queima suas roupas e fica usando restos do terno antigo. A verdadeira batalha estava a ponto de começar! Com as mudanças, a vantagem do inimigo era visível. Os poderes desumanos de Krizalid pouco a pouco acabaram com Benimaru e Shingo. Usando o poder de Kusanagi, Krizalid se tornou ainda mais violento e não havia ninguém que pudesse resistir a tamanho poder. Sua velocidade e força eram realmente fenomenais. Maxima e K' estavam sós lutando contra ele. Apesar de lutarem, o poder superior de Krizalid quase lhes obriga a se porem de joelhos. Krizalid ri, mas fica impressionado com a resistência dos guerreiros. Ele estava pronto para por um fim nos dois quando Maxima o agarra por trás, deixando Krizalid imóvel. Máxima grita para que K' use seu total poder e libere tudo numa explosão de chamas em Krizalid. A explosão consome Krizalid que desaparece em meio as chamas.


Máxima e K' caem exaustos, mas seguros da vitória. Contudo, quando ambos estavam ajudando Benimaru e Shingo a se levantarem, Krizalid reaparece atrás deles. Maxima e K' ficam confusos e já não lhes restavam mais forças. Krizalid estava furioso e, mais uma vez, prestes a eliminar a dupla. De repente uma explosão de chamas rasga Krizalid, iluminando todo o local. Krizalid cai e outra figura misteriosa vem se aproximando. K' sente uma presença familiar. Benimaru e Shingo não podiam acreditar no que viam, mas era realmente ele. Kyo Kusanagi, o real Kyo! Isso era evidente devido a incrível aura que saia de seu corpo. Kyo sorri e cumprimenta seus amigos. Krizalid se levanta lentamente a seus pés. Ele não podia acreditar no que havia acontecido. Tinha perdido mesmo com seu imenso poder. Nesse instante, um brilho de luz muito intenso cerca a todos. Todos ficam muito confusos em meio a esse brilho. Uma voz onipotente grita: "Você falhou". Agora medroso e inseguro, o uma vez furioso Krizalid implora pela própria vida. Ele ainda podia ativar os clones com os dados que ele coletou. No entanto, os clones já haviam sido desativados e os dados seriam guardados para outra ocasião. Todos os agentes deste projeto devem ser eliminados. Krizalid fica paralisado pelo medo, mas ele não tem que pensar nisto agora. Uma pedra enorme cai em cima dele, enterrando Krizalid ao chão. Kyo, enfurecido, exige saber as verdadeiras intenções daquele ser. A voz onipotente fala novamente: "Nós somos o CARTEL NESTS, a nova ordem mundial e planejamos retomar o plano durante os próximos 10 anos, mas você deve ser eliminado"! Kyo ri, e diz arrogantemente: "Não se meta comigo, camarada"! De repente, a base começa a tremer e pedaços dela começam a cair. A base está começando a esmigalhar!


K' queria lutar com o Kyo original: "Eu tenho esperado para lutar com um oponente poderoso. Alguém como você, Kyo Kusanagi"!. Porém, uma porta se fecha entre ele e Kyo. Benimaru e Shingo também ficaram fora da sala. Shingo queria ajudar Kyo a sair, mas Benimaru adverte que suas próprias vidas estão em perigo, e o persuade a escapar da base. Enquanto isso, K' e Maxima são emboscados pela unidade dos Guerreiros de Ikari e o líder da unidade se aproxima o corpo inerte de Krizalid. Era uma figura feminina. Enquanto isso, dentro da base, Kyo Kusanagi estava em meio ao caos. Ele parecia confiante, como sempre. Ele sorri, fecha os olhos, e diz: "Você ainda está ai?" Uma voz misteriosa chega a Kyo:

"Você sabia que eu voltaria para te pegar..." 

Kyo acena e afirma: "Bem, aquele sujeito que brinque como quiser. Só os da linhagem de sangue podem controlar tal poder! Ele não tinha nenhuma chance!" A figura vem para a luz e aparece sorrindo. Era Iori Yagami que também havia voltado. Ele sorri e diz:

"Você tem boa memória seu... nós realmente fizemos esse grande feito?". 

Kyo há pouco encolhe os ombros e diz: "Realmente precisava perguntar?". Os dois lutadores lendários se ocupam mais uma vez da batalha. Já não há mais ódio em seus olhos. Apenas o sentimento de lutar com um oponente merecedor e a excitação de batalha.

Referências[editar | editar código-fonte]