Wikipédia:Subversão do sistema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Recomendação
O que se segue é uma recomendação da comunidade.
As recomendações são elaboradas através da experiência da comunidade e auxiliam no crescimento e na prosperidade do projeto.
Prefira utilizar a página de discussão antes de uma modificação que altere o contexto.
Atalho:
WP:SUBV
Namespace Wikipedia.2.svg

Por subversão do sistema entende-se o uso das políticas e recomendações da Wikipédia de má-fé, com intenção deliberada de frustrar os objetivos da Wikipédia e o processo editorial comunal. A subversão do sistema é um abuso processual e uma forma de desestabilização. Um termo relacionado é a wikiadvocacia, que se refere ao seguimento de uma interpretação demasiado estrita do texto da política com vista a violar o espírito da política.

Um editor que subverte o sistema procura usar as políticas com má-fé, encontrando no seu fraseado uma aparente justificação para ações e tomadas de posição desestabilizadoras, as quais não são de todo apoiadas pela política. Ao proceder desta forma, o subversor retira às políticas e recomendações o seu papel como meio de documentar os consensos da comunidade, e tenta utilizá-las seletivamente em seu próprio benefício.

Por vezes a subversão do sistema é usada para provar um ponto de vista. Noutras, é usada em guerras de edição, ou para forçar a aceitação de uma posição parcial. Em todas estas situações, a subversão do sistema constitui um uso impróprio e proibido das políticas. Um apelo à política que não promova nem a real intenção nem o espírito da política é um uso impróprio de tal política.

Significado de 'subversão do sistema'

Políticas e Recomendações da Wikipédia
Princípios
Cinco pilares

O que a Wikipédia não é

A Wikipédia não possui regras fixas
Políticas de conteúdo
Ponto de vista neutro

Verificabilidade

Nada de pesquisa inédita

Biografias de pessoas vivas

Títulos de artigos
Trabalhando com os outros
Política de edição

Consenso

Civilidade

Não faça ataques pessoais

Assédio moral

Não proferir ameaças legais

Resolução de disputas
Diretórios
Livro de estilo

Lista completa de políticas

Lista completa de recomendações
Mahatma Gandhi não está gostando da ideia de se fazer mau uso da nossa política, se você quiser mudar algo faça como ele, mude para melhor.

A subversão do sistema é um processo de subversão. As recomendações e políticas da Wikipédia existem como meio de sumarizar o ponto de vista da comunidade sobre o modo como a Wikipédia funciona, bem como os seus princípios nucleares. Tentar usá-las para fazer descarrilar os procedimentos internos da Wikipédia, ou para reclamar apoio para um ponto de vista que contradiz claramente tais políticas, ou ainda para atacar uma tomada de posição genuinamente fundamentada nas políticas ao aplicar conscientemente de modo incorreto estas, é "subversão do sistema", uma forma de comportamento desestabilizador. Geralmente a subversão envolve:

  • Apelo às (ou reclamando o apoio das) políticas para alguma ação ou tomada de posição, a qual o usuário sabe não refletir a verdadeira intenção e espírito da política, ou
  • Representar incorretamente a política de um modo que o usuário sabe prejudicar a Wikipédia, ou na prática, o seu ambiente editorial.

Em cada caso, a vontade clara e o conhecimento das próprias ações são importantes. O mau uso das políticas, recomendações ou práticas, se baseados num erro genuíno, não constituem subversão do sistema. Mas pode muito bem acontecer, se tal for feito de forma deliberada, que o editor continuamente subverte as políticas mesmo apesar de ser claro que não há maneira possível de ele poder reclamar não ter consciência de tal.

Qualquer tipo de desestabilização desapropriada é passível de bloqueio por qualquer administrador. A violação do espírito das recomendações de conduta pode prejudicar a decisão dos administradores e da comunidade.

Exemplos

Exemplos de subversão incluem (entre outros):

  1. Wikiadvocacia de má-fé - usar as palavras da política contra o espírito da política.
  2. Reclamar proteção, justificação ou apoio de forma espúria ao abrigo de uma política, para um ponto de vista ou tomada de posição que se sabe contradizer a política.
    Por exemplo, reclamar de forma espúria o apoio de Wikipedia:Consenso ou de Wikipedia:Princípio da imparcialidade para evitar o progresso de uma discussão legítima. (A subversão do consenso por meio de sock puppets e meat puppets cria um falso consenso.)
  3. Utilizar as políticas umas contra as outras.
    Exemplo: "esta citação disputada [Wikipedia:Cite as fontes] não pode ser removida ainda que seja problemática, pois foi objeto de acordo por consenso entre os editores[Wikipedia:Consenso]." (neste caso o apelo ao consenso é também incorreto, pois Wikipedia:Consenso não diz realmente qual o objeto de reclamação.)
  4. Levar a política à letra como defesa quando se viola o espírito daquela.
  5. Caracterizar incorretamente as ações de outros editores de forma a que elas pareçam não razoáveis, impróprias, ou merecedoras de sanção.
    Exemplo: não fornecer um URL específico ou detalhes para uma citação (ou fornecer apenas pormenores vagos), reclamando depois que um editor está-se comportando de modo desestabilizador (violação de Wikipedia:Comportamento desestabilizador) por repetidamente solicitar detalhes mais específicos. Neste caso, não é apropriado descrever a repetição de um pedido razoável como "desestabilizadora". A não apresentação de detalhes suficientes para que qualquer editor possa encontrar facilmente a fonte exata, é insuficiente para ir de encontro às expectativas da comunidade que se encontram em Wikipedia:Cite as fontes de que as citações devem ser bem especificadas, precisamente para que outros editores as possam verificar.
  6. Escolher 'a dedo' texto de uma política (ou escolher 'a dedo' uma política para aplicar enquanto se ignora de modo consciente outras) para suportar um ponto de vista que na verdade não vai ao encontro do disposto na política.
    Exemplo: exigir apoio para uma determinada edição porque a mesma é verificável [Wikipedia:Verificabilidade] e citada [Wikipedia:Cite as fontes], enquanto se marginalizam ou evitam as preocupações de terceiros de que tal edição não está baseada em fontes confiáveis [Wikipedia:Fontes fiáveis] ou que não representa de forma neutra o seu ponto de vista. [Wikipedia:Princípio da imparcialidade].
  7. Tentar forçar uma interpretação da política que é de difícil aplicação, ou impor uma visão nova e pessoal das "regras a aplicar" em vez daquela da comunidade.
    Exemplo relacionado com Wikipedia:Verificabilidade: "A fonte X não é suficientemente credível para este artigo sobre música - o autor não tem qualquer trabalho publicado numa publicação sobre música que tenha sido submetido a revisão por pares!" De modo mais geral, este exemplo mostra a retirada ou marginalização de pontos de vista notáveis (violação de Wikipedia:Princípio da imparcialidade) com a justificação de as fontes citadas não atingirem o padrão do editor [apesar de atingirem o padrão comunitário]. Wikipedia:Fontes fiáveis antecipa que possam coexistir fontes confiáveis com diferentes proveniências e graus de confiabilidade, além de que fontes confiáveis e verificáveis de referências podem muitas vezes estar disponíveis em diferentes tipos de fontes, e não apenas naqueles um ou dois preferidos por um editor em particular. Nem todo ponto de vista notável sobre música se encontra documentado numa publicação sobre música; nem todos os pontos de vista notáveis sobre tópicos científicos se encontram em publicações sobre ciência. A confiabilidade é determinada de modo neutral, utilizando Wikipedia:Fontes fiáveis e evidências da opinião da comunidade. O propósito fundamental de Wikipedia:Fontes fiáveis é o de clarificar e guiar as posições da comunidade sobre a confiabilidade de diferentes fontes, e não apoiar exigências unilaterais de uma definição pessoal apertada e pouco razoável de "confiabilidade" como meio de excluir fontes apropriadas que documentam pontos de vista notáveis opostos.
  8. Se recusar a cooperar - Tentar ativamente e com má-fé prolongar uma discussão, ou repetidamente retornar a argumentos que um editor razoável poderia há muito ter considerado resolvido ou sem créditos, empatando o debate de forma efetiva ou evitando que uma resolução com base na política seja obtida.
  9. 'Andar no limite' - manter-se habitualmente no limiar de violação de políticas ou se engajar em violações menores das políticas, de forma a tornar difícil a comprovação da má conduta.

A subversão por vezes confunde-se com outros comportamentos:

  • Mau uso dos processos da Wikipédia para colocar outro editor numa má situação, provar um ponto de vista, ou "turvar as águas" numa disputa, pode também ser considerado uma forma de subversão. Porém, a maioria das vezes este tipo de comportamento é classificado como abuso para provar um ponto de vista ou abuso processual.
  • Utilizar as políticas e as recomendações para construir (ou impor) um caso claramente falseado sobre um editor que supostamente edita com má-fé, em que a 'prova' disto seja ela mesma obviamente uma interpretação não-razoável e de má-fé das ações de tal editor. Este comportamento é geralmente classificado como violação de Wikipedia:Assuma a boa fé, e em particular, "avisos" repetidos e injustificados podem também ser considerados violação de Wikipedia:Civilidade.
  • Se a subversão é também conscientemente utilizada como base para impugnar outro editor ou para caracterizá-lo indevidamente como editor de má-fé, este comportamento pode violar também Wikipedia:Não faça ataques pessoais.
Note que ações semelhantes a estas onde não exista evidência da intenção de agir de modo impróprio, não são geralmente consideradas subversão. A essência da subversão é o uso conscientemente incorreto das políticas.

Legalismos espúrios

Mahatma Gandhi está feliz, pois acha que você entendeu como fazer bom uso da Wikipédia. Como advogado, ele sabe como esse assunto é complicado.

Uma vez que a Wikipédia não é um tribunal, muitos procedimentos e termos legais não têm validade na Wikipédia. Tipicamente, a wikiadvocacia coloca questões processuais e evidenciais de modo análogo ao utilizado em procedimentos legais formais, utilizando muitas vezes um raciocínio legal mal fundamentado. Ocasionalmente, a wikiadvocacia pode levantar questões legítimas, incluindo uso justo, mas muitas vezes serve apenas para fugir a um assunto determinado ou para obstruir a construção de uma solução funcional.

Abuso processual

O abuso processual está relacionado com a subversão. Envolve a tentativa consciente de utilizar os procedimentos acordados e sancionados pela comunidade, descritos em algumas políticas, para propor uma utilização que claramente não era pretendida com a criação de tais procedimentos. O abuso processual é desestabilizador, e dependendo das circunstâncias pode também ser considerado uma forma de subversão do sistema, ataque pessoal, ou desestabilização para provar um ponto de vista. Pretende-se que os processos acordados pela comunidade sejam utilizados com boa fé e apenas por bons motivos.

Ver também

Info  Nota ortográfica: Esta página foi revista para obedecer às normas do Acordo Ortográfico de 1990.