À Espera de um Milagre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Green Mile
À Espera de um Milagre (PT/BR)
Pôster promocional desenhado por Drew Struzan
 Estados Unidos
1999 •  cor •  189 min 
Direção Frank Darabont
Produção Frank Darabont
David Valdes
Roteiro Frank Darabont
Baseado em The Green Mile de Stephen King
Elenco Tom Hanks
David Morse
Bonnie Hunt
Michael Clarke Duncan
James Cromwell
Michael Jeter
Graham Greene
Doug Hutchison
Sam Rockwell
Barry Pepper
Jeffrey DeMunn
Patricia Clarkson
Harry Dean Stanton
Gênero drama
policial
fantasia
Música Thomas Newman
Cinematografia David Tattersall
Edição Richard Francis-Bruce
Companhia(s) produtora(s) Castle Rock Entertainment
Distribuição Warner Bros.
Lançamento 10 de dezembro de 1999
Idioma inglês
Orçamento US$ 60 milhões
Receita US$ 290.701.374
Página no IMDb (em inglês)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja À Espera de um Milagre (desambiguação).

The Green Mile (pt e br À Espera de um Milagre[1][2]) é um filme norte-americano de 1999, do gênero drama, dirigido e roteirizado por Frank Darabont com base no livro homônimo de Stephen King, lançado em 1996. O filme é narrado em flash-back e estrela Tom Hanks como Paul Edgecomb e Michael Clarke Duncan como John Coffey, narrando a história de Paul e de sua vida como agente penitenciário do corredor da morte durante a Grande Depressão e os eventos sobrenaturais por ele presenciados. O filme Recebeu quatro indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Melhor ator coadjuvante para Michael Clarke Duncan, Melhor som e Melhor roteiro adaptado.[3][4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ambientado em 1935, no corredor da morte de uma prisão da Louisiana, conta a história da relação entre Paul Edgecomb, o chefe de guarda da prisão, e um de seus prisioneiros, John Coffey.

Coffey é um homem negro de grandes proporções, condenado à morte pelo assassinato de duas garotas brancas. Aos poucos, desenvolve-se entre Edgecomb e Coffey uma relação incomum, baseada na descoberta de que o prisioneiro possui um dom mágico que é, ao mesmo tempo, misterioso e milagroso. O guarda se debate em um conflito moral entre o cumprimento do dever e a consciência de que o prisioneiro que deverá morrer pelas suas mãos pode não ser o culpado de um crime tão brutal.

A história é contada em flash-back por Edgecombe, durante sua velhice em um asilo. Além da relação com Coffey, Edgecomb relata as histórias de outros guardas e condenados.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

As principais indicações e premiações do filme:[3]

  • Oscar 2000 (EUA)
    • Indicado nas categorias de melhor filme, melhor ator coadjuvante (Michael Clarke Duncan), melhor som e melhor roteiro adaptado.
  • Globo de Ouro 2000 (EUA)
    • Indicado na categoria de melhor ator coadjuvante (Michael Clarke Duncan).
  • Prêmio Saturno 2000 (EUA)
    • Venceu nas categorias de melhor filme de ação / aventura / suspense, melhor ator coadjuvante (Michael Clarke Duncan) e melhor atriz coadjuvante (Patricia Clarkson).
    • Indicado nas categorias de melhor diretor e melhor música.
  • Academia Japonesa de Cinema 2001 (Japão)
    • Indicado na categoria de melhor filme estrangeiro.
  • Prêmio PFS 2000 (Political Film Society, EUA)

Referências

  1. À Espera de um Milagre no CinePlayers (Brasil)
  2. À Espera de um Milagre no SapoMag (Portugal)
  3. a b «The 72nd Academy Awards (2000) Nominees and Winners» (em inglês). oscars.org. Consultado em 28 de outubro de 2012. 
  4. «Oscar Victory Finally Lifts the Cloud for DreamWorks». The New York Times. 28 de março de 2000. Consultado em 28 de outubro de 2012.