The Fault in Our Stars (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Fault in Our Stars
Pôster promocional
No Brasil A Culpa É das Estrelas
 Estados Unidos
2014 •  cor •  126[1] min 
Direção Josh Boone
Produção Wyck Godfrey
Marty Bowen
Roteiro Scott Neustadter
Michael H. Weber
Baseado em The Fault in Our Stars
de John Green
Elenco Shailene Woodley
Ansel Elgort
Nat Wolff
Laura Dern
Sam Trammell
Willem Dafoe
Gênero romance
drama
Música Mike Mogis
Nate Walcott
Cinematografia Ben Richardson
Edição Robb Sullivan
Companhia(s) produtora(s) Temple Hill Entertainment
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 16 de maio de 2014 (Festival de Seattle)
Brasil 5 de junho de 2014
Portugal 19 de junho de 2014
Idioma inglês
Orçamento US$ 12 milhões[2]
Receita US$ 304 186 490[3]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Fault in Our Stars (bra A Culpa É das Estrelas[4]) é um filme de romance estadunidense de 2014 dirigido por Josh Boone, baseado no livro de mesmo nome de John Green. O filme é estrelado por Shailene Woodley, Ansel Elgort, e Nat Wolff, com Laura Dern, Sam Trammell, e Willem Dafoe interpretando papéis coadjuvantes. Woodley interpreta Hazel Grace Lancaster, uma paciente com câncer de dezesseis anos de idade, que é forçada por seus pais para participar de um grupo de apoio, onde posteriormente se encontra e se apaixona por Augustus Waters de dezoito anos que tem uma perna amputada, interpretado por Elgort.

Desenvolvimento de The Fault in Our Stars começou em janeiro de 2012 quando Fox 2000, a divisão da 20th Century Fox, comprou os direitos para adaptar o livro para o cinema. Filmagem principal começou em 26 de agosto de 2013 em Pittsburgh nos Estados Unidos com alguns dias adicionais em Amsterdam nos Países Baixos antes de ser concluído em 16 de outubro de 2013.

The Fault in Our Stars foi lançado em 5 de junho de 2014 no Brasil, 6 de junho nos Estados Unidos e 19 de junho em Portugal. O filme teve uma recepção positiva da crítica, com louvor indo para o desempenho bom de Woodley durante todo o filme. O filme também provou ser bem sucedido comercialmente, com isso mantendo o ponto n.º 1 na bilheteria durante sua semana de estreia e tendo arrecadou mais de 280 milhões de dólares em todo o mundo contra o seu orçamento de 12 milhões de dólares.[3][5]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Hazel Grace Lancaster é uma adolescente que vive em Indianápolis, que tem um câncer terminal de tireóide que se espalhou para os pulmões. Acreditando que ela está deprimida, sua mãe, Frannie, pede que ela freqüente um grupo semanal de apoio a pacientes com câncer para ajudá-la a fazer amizade com pessoas que estão passando pela mesma coisa. Há Hazel atende Augustus Waters, um adolescente encantador que perdeu uma perna para o câncer de osso, mas desde então, aparentemente, foi livre do câncer. Ele convida Hazel para sua casa, onde eles ligam seus hobbies e concordam em ler os livros favoritos um do outro. Hazel recomenda "Uma aflição imperial", um romance sobre uma garota com câncer chamada Anna, que se assemelha à sua experiência, e Augustus dá Hazel Counter Insurgence. Eles mantêm contato por meio de texto nas semanas seguintes e se aproximam. Depois que Augustus termina o livro, ele expressa frustração com seu final abrupto (termina no meio de uma frase). Hazel explica que o misterioso autor do romance, Peter Van Houten (Willem Dafoe), foi para Amsterdã depois da publicação do romance e não é mais visto desde então.

Semanas depois, Augustus diz a Hazel que ele rastreou o assistente de Van Houten, Lidewij, e se correspondeu com Van Houten por e-mail. Ela escreve para ele para descobrir mais sobre o final ambíguo do romance. Van Houten responde que ele está apenas disposto a responder suas perguntas pessoalmente. Hazel pergunta a sua mãe se ela pode viajar para Amsterdã para visitá-lo, mas Frannie gentilmente se recusa por causa de restrições financeiras e médicas. Augustus sugere que ela use o "desejo de câncer" que recebeu da Make-A-Wish Foundation, mas Hazel explica que ela já usou o dela para visitar a Disney. Augustus e Hazel vão em um piquenique e começam a se apaixonar. Augustus surpreende Hazel com passagens para Amsterdã. Depois de um revés médico, os médicos de Hazel finalmente concordam em permitir a viagem, já que esperam que ela logo se torne incapaz de fazer qualquer coisa.

Hazel e Augustus chegam a Amsterdã e recebem reservas em um restaurante caro, pré-pago por Van Houten. Durante a refeição, Augustus confessa seu amor por Hazel. Na tarde seguinte, eles vão à casa de Van Houten, mas ficam chocados ao descobrir que ele é um alcoólatra mesquinho. Lidewij organizou a reunião e o jantar sem que Van Houten soubesse de nada. Irritado com as ações de seu assistente, ele provoca Hazel por buscar respostas sérias para uma ficção e deprecia sua condição médica. Ela sai completamente perturbada. Lidewij convida-os a ir passear para compensar a sua experiência arruinada. Os três visitam a Casa de Anne Frank, onde Hazel se esforça para subir as muitas escadas da casa. Eles passam a noite juntos em seu hotel e fazem sexo pela primeira vez. No dia seguinte, Augustus diz a Hazel que seu câncer voltou e se espalhou por todo o corpo e é terminal. Hazel está de coração partido, expressando como a vida pode ser injusta.

Após seu retorno a Indianápolis, a saúde de Augustus piora. Ele é levado para a UTI e percebe que está perto da morte. Augustus convida seu melhor amigo cego, Isaac e Hazel, para seu pré-funeral, onde entregam elogios que ambos prepararam. Hazel diz a ele que não trocaria seu curto tempo juntos por nada, já que ele "me dava uma eternidade nos dias contados". Augustus morre oito dias depois e Hazel fica surpresa ao encontrar Van Houten no funeral. Ele diz a ela que Augustus exigiu que ele comparecesse ao funeral para compensar a viagem estragada. Van Houten diz a ela que o romance é baseado nas experiências de sua filha Anna, que morreu de leucemia em uma idade jovem. Ele dá a Hazel um pedaço de papel que ela se enrola pedindo-lhe para sair. Mais tarde, conversando com Isaac, Hazel descobre que Augustus pediu a Van Houten para ajudá-lo a escrever um elogio a ela. Ela recupera o papel amassado e lê suas palavras aceitando sua morte e sobre seu amor por ela. Ela está deitada de costas no gramado olhando para as estrelas, sorrindo enquanto se lembra de Augustus e diz: "Ok".  

Elenco[editar | editar código-fonte]

Shailene Woodley
Ansel Elgort
Nat Wolff
De cima para baixo: estrelas Shailene Woodley como Hazel Grace Lancaster, Ansel Elgort como Augustus Waters e Nat Wolff como Isaac no filme.
  • Shailene Woodley como Hazel Grace Lancaster, uma paciente com câncro de dezesseis anos de idade, que é forçada por seus pais a participar de um grupo de apoio para pacientes com câncro, como a si, onde, posteriormente, conhece e se apaixona por Augustus Waters. Boone descreveu o elenco: "Mais de 250 meninas leram o roteiro, mas não foi até Shailene entrar na frente da câmera que eu realmente vi Hazel pela primeira vez".[6] Dublada no Brasil por Luisa Palomanes.
    • Lily Kenna como jovem Hazel Grace Lancaster[7]
  • Ansel Elgort como Augustus Waters, um adolescente que sofria de osteossarcoma que o levou a perder a perna, ele encontra uma paciente com câncro Hazel Grace Lancaster durante uma reunião de apoio para pacientes com câncer.[8] Dublado no Brasil por Raphael Rossatto.
  • Nat Wolff como Isaac, o melhor amigo cego de Augustus.[9] Wolff respondeu ao HuffPost Live, "É emocionante, eu me sinto realmente sortudo. O fato de eu começar a trabalhar com essas pessoas super talentosas - Quer dizer, isso é parte do razão pela qual, estou bem no filme, que é a razão".[10] Dublado no Brasil por Andreas Avancini.
  • Laura Dern como Frannie Lancaster, mãe de Hazel.[9] Na versão brasileira, é dublada por Mônica Rossi.
  • Sam Trammell como Michael Lancaster, pai de Hazel.[11] Na versão brasileira é dublado por Hércules Franco.
  • Willem Dafoe como Peter Van Houten.[12] Na versão brasileira, é dublado por Márcio Simões.
  • Lotte Verbeek como Lidewij Vliegenthart. Dublada no Brasil por Flávia Saddy.
  • Mike Birbiglia como Patrick.[13] Dublado no Brasil por Manolo Rey.

John Green filmou uma participação especial, mas sua cena foi cortada do filme. No entanto, ele irá aparecer nas cenas deletadas. Ele interpreta o pai de uma menina que pergunta sobre cânula de Hazel em um aeroporto.[14] Autor comentou sobre a sua participação, "Cortaram-lo porque ele era totalmente desnecessário para o filme, foi terrível".[15]

Produção[editar | editar código-fonte]

Pré-produção[editar | editar código-fonte]

Em 31 de janeiro de 2012, foi anunciado que a Fox 2000, a divisão da 20th Century Fox, comprou os direitos de adaptação do livro de John Green A culpa é das Estrelas para um filme.[16] Wyck Godfrey foi criado para produzir o filme para sua bandeira Temple Hill Entertainment com Marty Bowen.[17] Em 19 de fevereiro de 2013, Josh Boone foi contratado para o cargo de direção para o filme,[18] com Scott Neustadter e Michael H. Weber contratados para adaptar o romance em roteiro, marcado como uma segunda adaptação dos escritores feito para Fox, depois de Rosaline.[18][19]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2012, de acordo com o site Hypable o autor John Green mostrou interesse no Twitter em Mae Whitman para o papel de Hazel Grace Lancaster.[20] Em fevereiro de 2013, foi anunciado que Hailee Steinfeld e Shailene Woodley não foram oferecidas, mas estavam de olho no papel principal feminino.[18] Em 19 de março de 2013, Entertainment Weekly anunciou que Shailene Woodley tinha conseguido o papel de Hazel.[6] Boone disse: "Lemos perto de 150 atrizes para o papel, e eu vi cerca de 50 desses. Dentro de dez ou quinze segundos de audição de Shailene, eu sabia que ela seria Hazel. Ela levantou as páginas do roteiro e apenas seus olhos estavam espreitando por cima deles".[21] Em 10 de maio, Ansel Elgort foi escalado como o interesse amoroso de Hazel Augustus Waters.[8] Em 23 de julho, Laura Dern se juntou ao elenco como Frannie Lancaster, a mãe de Hazel e Nat Wolff como Issac, o melhor amigo cego de Augustus.[9] Em 14 de agosto, Sam Trammell se juntou ao elenco como Michael Lancaster, pai de Hazel.[11] Em 28 de agosto, o autor John Green anunciou no Twitter que Mike Birbiglia estaria fazendo o papel de Patrick,[13] e em 6 de setembro, Green novamente twittou que Willem Dafoe iria retratar Peter Van Houten.[12]

Filmagem[editar | editar código-fonte]

A filmagem principal começou em 26 de agosto de 2013 em Pittsburgh, Pensilvânia,[22] locais definidos incluem cidade Oakmont, Pensilvânia.[23] O histórico hotel "Mansions on Fifth" foi destaque nofilme.[24] As cenas foram filmadas na igreja St. Paul's Episcopal Church, no subúrbio de Pittsburgh de Mount Lebanon.[25] A produção teve lugar até 10 de outubro na Pensilvânia,[26] em seguida, a produção mudou-se para Amsterdam e começou a filmar em 14 de outubro.[27] As filmagens terminaram oficialmente em 16 de outubro de 2013.[28]

Em Amsterdam, onde três dias de filmagem foram realizadas, os amantes adolescentes foram filmadas em um banco público ao lado do canal. Em 2 de julho de 2014, foi revelado que o banco tinha desaparecido, e autoridades da cidade admitiram que não sabiam onde ele estava. O porta-voz Stephan van der Hoek disse: "É um pouco embaraçoso, porque fazemos acompanhar bem deles, mas ele se foi tudo bem." E prometeu voltar a instalar um novo banco dentro de semanas.[29]

Música[editar | editar código-fonte]

Mike Mogis e Nate Walcott da Bright Eyes (banda) fizeram a trilha sonora do filme.[30] A lista de álbuns faixa completa foi lançada em 13 de abril de 2014, com canções de artistas como M83, Kodaline, Jake Bugg, Charli XCX, Tom Odell, e Ed Sheeran.[31] Enquanto a trilha sonora foi lançado nos EUA em 19 de maio pela Atlantic Records e em 23 de junho no Reino Unido.[32]

A trilha sonora oficial do filme, embora seja oficial, não tem todas as músicas reproduzida nas cenas. Algumas músicas foram colocadas no CD apenas porque foram homenagens.

A música "What You Wanted" do grupo OneRepublic foi utilizada apenas no trailer do filme e não entrou no CD da trilha oficial. A música "Winter" de Vivaldi, que faz parte do concerto "The Four Seasons" também foi utilizada em uma cena em que Gus e Hazel estão em Amsterdam.

  1. Ed Sheeran - "All Of The Stars"
  2. Jake Bugg - "Simple As This"
  3. Birdy & Jaymes Young - "Best Shot"
  4. Kodaline - "All I Want"
  5. Tom Odell - "Long Way Down"
  6. Charli XCX - "Boom Clap"
  7. STRFKR - "While I’m Alive"
  8. Grouplove - "Let me in"
  9. Indians - "Oblivion"
  10. The Radio Dept. - "Strange Things Will Happen"
  11. Afasi & Filthy - "Bomfalleralla"
  12. Ray LaMontagne - "Without Words"
  13. Birdy - "Not About Angels"
  14. Lykki - "No One Ever Loved"
  15. M83 - "Wait"
  16. Birdy - "Best Shot" (bônus track)

Marketing e promoção[editar | editar código-fonte]

O primeiro trailer para o filme foi lançado em 29 de janeiro de 2014. O trailer teve mais de 3 milhões de visualizações em menos de 24 horas após seu lançamento.[33] Menos de uma semana depois, o trailer tinha atingido 15 milhões de visualizações. Um vídeo foi revelado em um pré-show no MTV Movie Awards 2014 em 13 de abril de 2014.[34] Um trailer foi lançado em 28 de abril de 2014 a 20th Century Fox lançou mais clipes no YouTube como um promo para o lançamento do filme.[35]

Em 2 de abril de 2014, o estúdio anunciou o lançamento de um programa de turnê promocional chamado "Demand Our Stars" para o filme, em que autor e elenco principal iria visitar os estados que receberam a maioria dos votos.[36] Quatro estados ganharam o programa turístico, começou em Miami, Flórida em 6 de maio, Cleveland, Ohio em 7 de maio, Nashville, Tennessee em 8 de maio, e terminou em Dallas, Texas em 9 de maio.[37][38]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em 6 de junho de 2014.[39]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

A partir de 28 de agosto de 2014, The Fault in Our Stars tinha ganhado $124,491,432 na América do Norte e $155,787,000 em outros países, para um total mundial de $280,278,432.[3]

Durante sua semana de estreia, The Fault In Our Stars acumulou $48.2 milhões a partir de 3,173 cinemas a uma média de $15,128 por cinema, classificando-o em primeiro lugar na América do Norte e na bilheteria mundial.[40] na América do Norte, The Fault in Our Stars ganhou $8.2 milhões em apresentações noturnas de quinta-feira, superando em março o filme Divergent ($4.9 milhões) e de estar em pé de igualdade com as adaptações recentes filmes de histórias em quadrinhos, como The Amazing Spider-Man 2 ($8.7 milhões) e X-Men: Days of Future Past ($8.1 milhões). O filme recebeu principalmente o seu impulso a partir de "The Night Before Our Stars", um evento com preço premium com ingressos que podem chegar a US$25, que inclui a exibição do filme e perguntas e respostas com o elenco e equipe, incluindo Shailene Woodley, Ansel Elgort, Nat Wolff, e autor John Green.[41] No dia de seu lançamento de ampla abertura, o filme arrecadou $26.1 milhões, superando o filme de Tom Cruise Edge of Tomorrow que abriu com $10.7 milhões. Ele estava à frente de Maleficent ($24.3 milhões) e seu o filme com Woodley e Elgort, Divergent ($22.8 milhões).[42]

Crítica[editar | editar código-fonte]

The Fault in Our Stars recebeu críticas positivas por parte da crítica especializada. Em base de 45 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 69% da crítica e 7,4 do público no Metacritic.[43] Com um índice de 81% o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "Sábio, engraçado e comovente, sem recorrer a exploração, A Culpa é das Estrelas faz direito por seu material de origem best-seller",O público também deu uma nota positiva de 85/100[44].O Adoro Cinema deu um review positivo de 4/5 estrelas que significa "muito bom"[4]

Remake indiano[editar | editar código-fonte]

Em 6 de agosto de 2014, a produtora da Índia Fox Star Studios anunciou a intentação de produzir a versão local Hindi e remake de The Fault in Our Stars.[45] O CEO dos estúdios Vijay Singh disse que a versão em Inglês do filme foi lançado no final de julho na Índia e ganhou mais de $1 milhão.[46]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «THE FAULT IN OUR STARS (12A)». 20th Century Fox. British Board of Film Classification. 8 de maio de 2014. Consultado em 8 de maio de 2014 
  2. Sperling, Nicole (15 de fevereiro de 2014). «As 'The Fault in Our Stars' is filmed, John Green turns astrologer». The Los Angeles Times 
  3. a b c «The Fault In Our Stars (2014)». Box Office Mojo. IMDB. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. a b AdoroCinema, A Culpa é das Estrelas: Críticas AdoroCinema, consultado em 11 de setembro de 2019 
  5. «The Fault In Our Stars». Rotten Tomatoes. Consultado em 6 de junho de 2014 
  6. a b Sara Vilkomerson (19 de março de 2013). «Shailene Woodley offered lead role for 'The Fault in Our Stars'». Entertainment Weekly. Consultado em 19 de março de 2013 
  7. Sperling, Nicole (15 de fevereiro de 2014). «As 'The Fault in Our Stars' is filmed, John Green turns astrologer». latimes.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  8. a b Sneider, Jeff (10 de maio de 2013). «'Divergent' Star Ansel Elgort to Join Shailene Woodley in 'The Fault In Our Stars'». thewrap.com. Consultado em 11 de agosto de 2014 
  9. a b c Vilkomerson, Sara (23 de julho de 2013). «Nat Wolff cast as Isaac in 'The Fault in Our Stars'». Entertainment Weekly. Consultado em 23 de julho de 2013 
  10. Tess Katz, Emily (29 de maio de 2014). «Nat Wolff Explains Why He Was Cast In 'The Fault In Our Stars'». huffingtonpost.com. Consultado em 11 de agosto de 2014 
  11. a b Sneider, Jeff (14 de agosto de 2013). «'True Blood's' Sam Trammell Joins Shailene Woodley in 'The Fault in Our Stars'». thewrap.com. Consultado em 11 de agosto de 2013 
  12. a b Bahr, Lindsey (6 de setembro de 2013). «Willem Dafoe cast as Peter Van Houten in 'The Fault in Our Stars'». ew.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  13. a b Green, John (28 de agosto de 2013). «Mike Birbiglia will play Patrick». twitter.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  14. Jaimie Etkin (27 de maio de 2014). «Here's Your First Look At John Green's "The Fault In Our Stars" Cameo». Buzzfeed.com. Consultado em 6 de junho de 2014 
  15. Vineyard, Jennifer (29 de abril de 2014). «Summer Movie Preview 2014: John Green on The Fault in Our Stars and the Magic of Shailene Woodley». vulture.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  16. Deahl, Rachel (31 de janeiro de 2012). «Fox Options John Green's 'Fault in Our Stars'». Publishers Weekly. Consultado em 23 de julho de 2013 
  17. Abrams, Rachel (1 de fevereiro de 2012). «Fox 2000 options 'Fault in Our Stars'». variety.com. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  18. a b c Kit, Borys; Lewis, Andy (19 de fevereiro de 2013). «'The Fault in Our Stars' Movie Lands Director». hollywoodreporter.com. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  19. Fleming Jr, Mike (28 de março de 2012). «Fox 2000 Sets Neustadter & Weber To Adapt 'The Fault In Our Stars'». deadline.com. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  20. Lamoureux, Jen (19 de novembro de 2012). «'The Fault in Our Stars' casting: Who should play Hazel?». hypable.com. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  21. «The Fault in Our Stars - Movie Production Notes». CinemaReview.com. Consultado em 13 de agosto de 2014 
  22. Christine (26 de agosto de 2013). «'The Fault in Our Stars' filming in Pittsburgh (Filming Locations Open Thread)». On Location Vacations. Consultado em 17 de abril de 2014 
  23. Dezayas, Heidi (28 de agosto de 2014). «'Fault in Our Stars' begins filming at Oakmont home». triblive.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  24. Payne, Sara (6 de maio de 2014). «When movies film in Pittsburgh, experiences vary — Pittsburgh Post-Gazette». Post-gazette.com. Consultado em 23 de maio de 2014 
  25. Yiin, Wesley (6 de junho de 2014). «Mt. Lebanon church channels Hollywood with 'Fault in Our Stars' screening». post-gazette.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  26. «Production Exclusive – Filming Wraps on "The Fault in Our Stars" Movie Adaptation». trulyluminary.com. 18 de outubro de 2013. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  27. Christine (15 de outubro de 2013). «The Fault In Our Stars moves from Pittsburgh to Amsterdam». onlocationvacations.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  28. Green, John. «Last day with my Gus». twitter.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  29. Beaumont-Thomas, Ben (2 de julho de 2014). «Bench from The Fault in Our Stars goes missing in Amsterdam». theguardian.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  30. Sims, Andrew (9 de julho de 2013). «'The Fault in Our Stars' movie to be scored by Bright Eyes». Hypable. Consultado em 17 de abril de 2014. Arquivado do original em 17 de abril de 2014 
  31. «'The Fault in Our Stars' Soundtrack Details». filmmusicreporter.com. 13 de abril de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  32. «'The Fault in Our Stars' Score Album Details». filmmusicreporter.com. 23 de junho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  33. Kellogg, Carolyn (30 de janeiro de 2014). «'The Fault in Our Stars' movie trailer hits; the book is on top». The Los Angeles Times. Consultado em 30 de janeiro de 2014 
  34. Wickman, Kase (13 de abril de 2014). «This 'Fault In Our Stars' Clip Hits Us Right In The Feelings Bone». mtv.com. Consultado em 14 de abril de 2014 
  35. Strecker, Erin (28 de abril de 2014). «New 'Fault in Our Stars' trailer: More tears, more laughs, more pot?». ew.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  36. Sims, Andrew (2 de abril de 2014). «John Green and the 'Fault' movie cast to go on nationwide tour, vote for your city to receive a visit». hypable.com. Consultado em 9 de agosto de 2014 
  37. «Demand Our Stars Tour - May 6-May 9». thefaultinourstarsmovie.com. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  38. Christine (6 de maio de 2014). «Meet the cast of 'The Fault In Our Stars' in a city near you this week». onlocationvacations.com. Consultado em 10 de agosto de 2014 
  39. Deutsch, Lindsay (8 de outubro de 2013). «'The Fault In Our Stars' movie gets a release date». USA Today. Consultado em 10 de outubro de 2013 
  40. Coyle, Jake (8 de junho de 2014). «'The Fault in Our Stars' tops box office with $48.2 million». Newsday. Consultado em 9 de julho de 2014 
  41. Subers, Ray (5 de junho de 2014). «Forecast: 'Fault' to Push Cruise to the 'Edge' of the Box Office». Box Office Mojo 
  42. Subers, Ray (7 de junho de 2014). «Friday Report: 'Fault' Shines, 'Edge' Flatlines on Friday». Box Office Mojo 
  43. «The Fault in Our Stars» (em inglês). Metacritic. Consultado em 4 de outubro de 2016 
  44. «The Fault in Our Stars» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 4 de outubro de 2016 
  45. Frater, Patrick (6 de agosto de 2014). «'The Fault in Our Stars' to Get Bollywood Remake Treatment From Fox India». variety.com. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  46. Bhushan, Nyay (6 de agosto de 2014). «'The Fault In Our Stars' to Get Bollywood Remake». hollywoodreporter.com. Consultado em 11 de agosto de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.