Agrometeorologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A agrometeorologia (ou meteorologia agrícola) é o ramo da meteorologia que estuda as relações de causa e efeito das condições meteorológicas com o meio rural e a produção agrícola. [1]

A agrometeorologia é uma das atribuições no âmbito da Engenharia Florestal.

Usos[editar | editar código-fonte]

A horticultura é fortemente influenciada pelas variaçãos climáticas, mesmo que pequenas.

A quantidade e a qualidade de muitos produtos da agricultura, horticultura, silvicultura e pecuária são intimamente dependentes das condições climáticas. Além disso, a proliferação de pragas, doenças de plantas e fungos depende do tempo.

Dispondo-se de estações de medições em vários locais em uma área agrícola, é possível realizar medições de gradientes de temperatura e ponto de orvalho em cada uma e entre elas. Outro instrumento importante é o medidor de fluxo, utilizado para calcular em tempo real os termos do equilíbrio de energia pela evapotranspiração das plantas.

O conhecimento de precipitação e avaliação da umidade do solo, também conhecido como cálculo do balanço hídrico, leva à descrição, num dado tempo, do estado de uma cultura, o que permite maximizar a produção agrícola.

Diferenças nas condições entre as diferentes parcelas de terreno mostram o chamado microclima (todas as condições climáticas específicas sobre uma pequena área). Cada um destes climas cria diferenças na produção agrícola. O agro-meteorologista, portanto, analisa cada um dos fatores do microclima e se preocupa com a melhoria quantitativa e qualitativa da produção agrícola para o aconselhamento aos agricultores sobre as medidas para melhorar as condições de cada um.

Referências

  1. Institut für Agrarmeteorologische Forschung des. «Was ist Agrarmeteorologie?» (em alemão). 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Furacão Catrina Portal da
meteorologia
Ícone de esboço Este artigo sobre Meteorologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.