Anapu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Anapu
Centro de Anapu com a Rodovia Transamazônica (BR-230) à esquerda.

Centro de Anapu com a Rodovia Transamazônica (BR-230) à esquerda.
Bandeira de Anapu
Brasão de Anapu
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 28 de dezembro de 1995 (22 anos)
Gentílico anapuense[1]
Prefeito(a) Aelton Fonseca da Silva (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Anapu
Localização de Anapu no Pará
Anapu está localizado em: Brasil
Anapu
Localização de Anapu no Brasil
03° 28' 19" S 51° 11' 52" O03° 28' 19" S 51° 11' 52" O
Unidade federativa Pará
Região
intermediária

Altamira IBGE/2017[2]

Região
imediata

Altamira IBGE/2017[2]

Municípios limítrofes Portel (norte); São Félix do Xingu (sul); Pacajá e Novo Repartimento (leste); Senador José Porfírio e Vitória do Xingu (oeste)
Distância até a capital 374 km
Características geográficas
Área 11 895,296 km² [1]
População 27 161 hab. estatísticas IBGE/2018[3]
Densidade 2,28 hab./km²
Altitude 96 m
Clima equatorial Am
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,548 (PA: 103º) – baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 303 229,69 mil IBGE/2015[5]
PIB per capita R$ 11 931,60 IBGE/2015[5]
Página oficial
Prefeitura www.anapu.pa.gov.br

Anapu é um município brasileiro localizado no estado do Pará, na Região Norte do país. Sua população estimada em 2018 era de 27 161 habitantes.[3] Situa-se a uma latitude 03º28'20" sul e a uma longitude 51º11'52" oeste, estando a uma altitude de 96 metros.

História[editar | editar código-fonte]

O topônimo Anapu provém do Rio Anapu, cujo nome provém do tupi 'anã', que significa Forte, Grosso e 'pu', ruído: ruído forte. Acredita-se o nome se deve ao barulho produzido pelo volume d'água do rio.[6]

O município de Anapu tem suas origens na ocupação da Amazônia induzida pelo Plano de Integração Nacional e a construção do trecho Marabá-Altamira da Transamazônica.

O município foi criado pela lei estadual 5929 de 28 de dezembro de 1995, desmembrado de Pacajá e senador José Porfirio e instalado em 1 de janeiro de 1997.

O município é reconhecido em todo o mundo por ter sido o local de assassinato da estadunidense Dorothy Stang em 2005.

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística vigente desde 2017,[7] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Anapu.[2] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, o município fazia parte da microrregião de Altamira, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Sudoeste Paraense.[8]

Atividades econômicas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Anapu». Consultado em 30 de setembro de 2018.. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2018 
  2. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 30 de setembro de 2018. 
  3. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de agosto de 2018). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2018» (PDF). Consultado em 30 de setembro de 2018. 
  4. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 22 de setembro de 2013.. Cópia arquivada (PDF) em 8 de julho de 2014 
  5. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2015). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2015». Consultado em 30 de setembro de 2018.. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2018 
  6. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Anapu - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 30 de setembro de 2018.. Cópia arquivada (PDF) em 30 de setembro de 2018 
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 30 de setembro de 2018.. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2018 
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 27–28. Consultado em 30 de setembro de 2018.. Cópia arquivada (PDF) em 30 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.