Battlefield V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Battlefield V
Logotipo oficial.
Desenvolvedora(s) EA DICE
Publicadora(s) Electronic Arts
Diretor(es) Armando Troisi
Oskar Gabrielson
Produtor(es) Aleksander Grøndal
Andreas Morell
David Sirland
Lars Gustavsson
Ryan McArthur
Motor Frostbite 3
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Série Battlefield
Data(s) de lançamento 20 de novembro de 2018
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa, battle royale
Modos de jogo Um jogador, multijogador
Battlefield 1

Battlefield V é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa, desenvolvido pela EA DICE e publicado pela Electronic Arts. É o décimo sexto jogo da série Battlefield. Foi lançado mundialmente para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 20 de novembro de 2018. O jogo continua a partir de seu precursor Battlefield 1, concentrando-se na Segunda Guerra Mundial.[1]

Sistema de jogo[editar | editar código-fonte]

Battlefield V se enfocará de forma abrangente nas características e mecanismos das partidas, na escassez de recursos e no realismo. Há um grande enfoque ampliado na personalização de jogadores através do novo sistema de campanha, onde os jogadores podem criar múltiplos personagens com diversas opções de acessórios e armas. Os acessórios e a máquina de compra usados ​​para adquirir itens são os melhores e mais objetivos da série.[2]

O jogo contará com vários novos modos multiplayer, incluindo o "contínuo" modo de campanha "Tides of War", "Royale" e "Grand Operations". O modo Grand Operations é uma expansão do modo "Operações" introduzido no Battlefield 1, que se concentra em partidas que ocorrem em vários estágios para simular uma campanha da guerra. Em Grandes Operações, cada rodada terá objetivos específicos, e o desempenho em cada estágio influenciará o próximo. Os jogos culminarão com um "Final Stand", com os jogadores usando apenas uma arma primária com munição limitada e sem respawns. Similarmente ao Battlefield 1, o jogo contará com uma coleção de "histórias de guerra" para um jogador, baseadas em aspectos da Segunda Guerra Mundial.[3] O modo battle royale será construído em torno dos "pilares centrais da destruição, do jogo em equipe e dos veículos" da franquia.[4][5][6]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A DICE divulgou os primeiros detalhes sobre o Battlefield V em 23 de maio de 2018, com mais informações a serem reveladas durante a conferência de imprensa da EA Play, perto da E3 2018, em junho. A DICE afirmou que, ao contrário do Battlefield 1, não planeja usar conteúdo pago ou "loot boxes" que afetam a jogabilidade dentro do Battlefield V; novo conteúdo será adicionado ao jogo para todos os jogadores ao longo do tempo (que, por sua vez, irá progredir através dos diferentes estágios da Segunda Guerra Mundial), sem custo adicional.[7][8] A decisão de excluir esses recursos foi tomada após a indignação com relação ao sistema de saque em Star Wars Battlefront II, outro título da EA DICE.[9]

De acordo com os desenvolvedores, a letra V do nome do jogo faz uma referência ao V de Vitória popularizado por Winston Churchill.[10]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Pré-lançamento[editar | editar código-fonte]

O trailer do anúncio foi recebido com uma reação de alguns fãs da série que criticaram o jogo por falta de precisão histórica e autenticidade. Particularmente destacado foi o foco do trailer em soldados da linha de frente feminina, que eles consideravam uma forma de Politicamente correto. Outras queixas foram dadas ao uso de certas armas, Prótese e arte corporal como sendo muito incomum nesse período de tempo. No entanto, outros mencionaram as mulheres na Segunda Guerra Mundial, destacando exemplos da vida real, e que os jogos anteriores da série Battlefield não são vistos como tendo um retrato completamente realista da guerra. Alguns sugeriram que parte da reação era devida à misoginia, em vez de verdadeiras preocupações com a exatidão histórica.[11][12][13][14] Em resposta ao clamor, o produtor executivo do jogo, Aleksander Grøndal, escreveu no Twitter que a equipe "sempre colocaria diversão acima da autenticidade".[15] O diretor geral da DICE, Oskar Gabrielson, também respondeu no Twitter, dizendo: "Primeiro, vamos esclarecer uma coisa. A opção de escolha e as personagens femininas estão aqui para ficar... Nosso compromisso como estúdio é fazer tudo o que pudermos para criar jogos que sejam inclusivos e diversificados. Nós sempre nos propusemos a empurrar limites e entregar experiências inesperadas ".[16][17]

No dia 28 de Junho a EA DICE divulgou o lançamento do beta fechado junto com os requisitos do jogo para computador[18][19]

Analistas da indústria de jogos, relataram que as vendas de pré-venda de Battlefield V estavam "fracas", sendo 85% atrás das de Call of Duty: Black Ops 4.[20][21]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Battlefield V returns to World War II this October». The Verge. Consultado em 23 de maio de 2018 
  2. Battlefield 5: Release Date, New Features, And Everything We Know, Gamespot
  3. «Battlefield 5 returns to World War II this October - The Verge». 30 de maio de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  4. «Battlefield V is getting a battle royale mode called Royale». Eurogamer.net (em inglês) 
  5. «Battlefield 5: EA reveals new single- and multiplayer details at E3 2018». Trusted Reviews (em inglês). 10 de junho de 2018 
  6. Pereira, Chris (10 de junho de 2018). «E3 2018: Battlefield 5 Battle Royale Mode Unveiled By EA». GameSpot (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2018 
  7. «Battlefield 5 ditches the premium pass». Polygon. Consultado em 23 de maio de 2018. Cópia arquivada em 24 de maio de 2018 
  8. Crecente, Brian (23 de maio de 2018). «'Battlefield V' Hits Oct. 19, Explores WWII Free of Premium Pass, Loot Boxes». Variety (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2018. Cópia arquivada em 24 de maio de 2018 
  9. Jason Scheirer (23 de maio de 2018). «Here's Our First Look At Battlefield V, Which Goes Back To WWII». Kotaku.com. Consultado em 24 de maio de 2018. Cópia arquivada em 24 de maio de 2018 
  10. Produtores explicam uso do "V" no título de novo Battlefield
  11. «Oh No, There Are Women In Battlefield V». 30 de maio de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  12. «Battlefield V Fans Are Not Happy With the Inclusion of Female Combatants, Calling it Feminist SJW Propaganda | SegmentNext». 30 de maio de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  13. «Battlefield 5 Doubles Down on the Representation of Women in World War II | USgamer». 30 de maio de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  14. «Battlefield V fans who failed history are mad that the game has women in it - The Verge». 30 de maio de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  15. «Battlefield V Producer Says DICE Will 'Always Put Fun Over Authentic' - IGN». 30 de maio de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  16. «EA DICE Exec Fires Back About 'Battlefield V' Women – Variety». 7 de junho de 2018. Consultado em 23 de junho de 2018 
  17. «DICE diz que as mulheres de Battlefield 5 estão para ficar». Eurogamer.pt 
  18. «Details on the Battlefield V Closed Alpha». Battlefield 
  19. «Battlefield V terá beta fechado nesta quinta-feira (27)». IGN Brasil. 27 de junho de 2018 
  20. «Former DICE CEO Patrick Söderlund Leaves Studio; Reveals Pre-Orders for Battlefield V are 'Weak'». Gameranx (em inglês). 17 de agosto de 2018 
  21. Kim, Tae (20 de agosto de 2018). «Analyst predicts EA's 'Battlefield V' will be a 'serious disappointment,' citing weak preorders». CNBC 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Battlefield
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre entretenimento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.