Battlefield 2042

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Battlefield 2042
Desenvolvedora(s) DICE[a]
Publicadora(s) Electronic Arts
Projetista(s) Daniel Berlin
Compositor(es)
Motor Frostbite
Série Battlefield
Plataforma(s)
Lançamento 19 de novembro de 2021
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Multijogador
Battlefield V
(2018)

Battlefield 2042 é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela DICE e publicado pela Electronic Arts. É o décimo sétimo título da série Battlefield e a sequência de Battlefield V, de 2018. Foi lançado em 19 de novembro de 2021, para Microsoft Windows, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X/S. Ao contrário dos jogos mais recentes da franquia, Battlefield 2042 é exclusivamente multijogador e não possui uma campanha para um jogador. Além disso, o jogo conta com jogabilidade multiplataforma, elemento inédito na série.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Semelhante aos seus predecessores, Battlefield 2042 é um jogo de tiro em primeira pessoa com foco em multijogador. Como o jogo se passa em um futuro próximo, ele apresenta armas modernas e dispositivos como torres e drones implantáveis, bem como veículos que os jogadores podem comandar.[1] Os jogadores agora podem solicitar um lançamento aéreo do veículo para qualquer local.[2] O jogo também apresenta um novo sistema que permite aos jogadores personalizar suas armas "in-game". O sistema de classes foi significativamente revisado. Os jogadores podem assumir o controle de um especialista que se enquadra nas quatro classes de jogo de Battlefield tradicionais de Assault, Engineer, Medic e Recon. Esses personagens podem empunhar todas as armas e dispositivos que os jogadores desbloquearam. Cada operador tem suas próprias habilidades e dispositivos exclusivos. Por exemplo, uma das especialistas, Emma "Sundance" Rosier, está equipada com um wingsuit, enquanto outra, Maria Falck, está equipada com uma pistola de cura.[3] O jogo será lançado com 10 especialistas. Os momentos de "levolution" e mapas destrutivos do Battlefield 4 retornarão, e os efeitos climáticos extremos, como tornados e tempestades de areia, que podem levar os jogadores a um vórtice e reduzir drasticamente a visibilidade respectivamente, também estarão presentes no Battlefield 2042.[4] O jogo contará com sete mapas no lançamento.[5]

O jogo possui três modos de jogo principais. "All-Out Warfare" engloba "Breakthrough" e "Conquest", dois modos básicos da série. No Conquest, duas equipes lutam entre si para capturar pontos de controle; assim que os pontos de controle em um setor forem capturados, a equipe controlará esse setor. Em Breakthrough, uma equipe deve tentar capturar os pontos de controle de outra equipe, enquanto outra equipe deve defendê-los.[6] Ambos os modos podem ser jogados com e contra inteligência artificial.[7] As versões para PC, PS5 e Xbox Series X e Series S suportam 128 jogadores, enquanto as versões PS4 e Xbox One suportam apenas 64 jogadores.[8] Outros modos incluídos no jogo são um modo multijogador cooperativo chamado Hazard Zone e uma plataforma voltada para a comunidade chamada Battlefield Portal. O Portal permite que os jogadores criem modos multijogador personalizados e recursos selecionados de mapas de jogos anteriores do Battlefield. Além disso, os jogadores serão capazes de modificar os principais elementos do jogo, como saúde, carregamento de armas e movimento por meio de um aplicativo de script baseado na web.[9]

Pela primeira vez na série, Battlefield 2042 contará com suporte para jogo multiplataforma com as versões para PC, PlayStation 5 e X/S, enquanto os jogadores das versões PlayStation 4 e Xbox One estarão restritos apenas aos jogadores nas plataformas mencionadas.[10]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cenário e personagens[editar | editar código-fonte]

O Battlefield 2042 não terá uma campanha para um jogador.[11] Em vez disso, a história será contada por meio de um jogo multiplayer.[12] Décadas de devastação causada pela mudança climática (incluindo o colapso da União Europeia e subsequentes refugiados do clima conhecidos como "No-Pats") chegam a um pico em 2040 quando ocorre um evento da síndrome de Kessler, fazendo com que 70% dos satélites em órbita caiam na Terra . O apagão global resultante faz com que as tensões entre os Estados Unidos e a Rússia aumentem vertiginosamente, com a guerra estourando no ano 2042.

Fora da jogabilidade multijogador, a história também é contada no site oficial da Electronic Arts para Battlefield 2042.[13] A curta-metragem independente intitulado Exodus, que retrata os eventos que antecederam a guerra 2042 e apresenta o retorno do soldado Irish que teve sua primeira aparição na campanha de Battlefield 4, o curta-metragem estreou em 12 de agosto de 2021, através do canal oficial do Battlefield no YouTube.[14]

O jogo apresenta uma das últimas atuações de Michael K. Williams, reprisando o papel de Kimble "Irish" Graves em Battlefield 4.

Os 10 especialistas anunciados atualmente são:[15][16]

  • Webster Mackay, um ex-soldado canadense que é ágil e usa um gancho para percorrer o mapa todo podendo ser usado de várias formas.
  • Maria Falck, uma médica alemã que possui uma pistola que atira dardos curativos.
  • Wikus "Casper" Van Daele, um atirador sul-africano que possui um dispositivo para detectar movimento de inimigos próximos.
  • Pyotr "Boris" Guskovsky, um engenheiro de combate russo que pode posicionar armas de sentinela.
  • Kimble "Irish" Graves, um ex-fuzileiro naval dos Estados Unidos (e personagem recorrente do Battlefield 4) que defende seus companheiros de equipe com escudos à prova de balas desdobráveis.
  • Navin Rao, um hacker indiano habilidoso que pode derrubar redes inimigas.
  • Santiago "Dozer" Espinoza, um mexicano resistente a explosivos, ele também possui um escudo balístico que reflete projéteis.
  • Emma "Sundance" Rosier, uma francesa habilidosa com explosivos que usa seu wingsuit para voar.
  • Ji-Soo Paik, uma sul-coreana cujas habilidades permitem que ela localize inimigos com facilidade.
  • Constantin "Angel" Anghel, um romeno que pode reanimar seus companheiros de equipe à saúde plena rapidamente e convocar drops de carga.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O jogo é atualmente desenvolvido pelo desenvolvedor da série DICE na Suécia, com Ripple Effect Studios, EA Gothenburg e Criterion Games auxiliando no desenvolvimento. Ele tem a maior equipe de desenvolvimento de um jogo Battlefield, e a Criterion teve que colocar a produção do próximo jogo Need for Speed em espera para ajudar a DICE.[17] Ao contrário das parcelas anteriores da série, o jogo não terá uma campanha tradicional para um jogador. Isso permitiu à DICE alocar mais recursos para desenvolver a parte multiplayer, que foi considerada a área de especialização do estúdio. Em vez disso, a história será contada por meio de especialistas, que são personagens nomeados e totalmente expressos que têm sua própria história e perspectiva. A narrativa foi descrita como "evoluindo" à medida que novos operadores e locais seriam adicionados ao jogo após o lançamento.[18] Enquanto a narrativa do jogo retrata um mundo devastado pelo apocalipse climático.[19]

Como cada partida agora pode acomodar mais jogadores, o time expandiu significativamente o tamanho dos mapas. No entanto, em vez de simplesmente criar mapas enormes, os locais no jogo foram projetados com base na ideia de "agrupamento", a fim de direcionar os jogadores para uma direção específica onde eles possam interagir com outros jogadores. Daniel Berlin, o diretor de design do jogo, descreveu os mapas como "vários mapas menores costurados juntos". A decisão de incluir inteligência artificial no modo All-out Warfare foi tomada no início do desenvolvimento do jogo, pois a equipe acreditava que seria um bom ponto de entrada para iniciantes.[20] O Ripple Effect, anteriormente DICE Los Angeles, liderou o desenvolvimento do Battlefield Portal . O jogo roda na última versão do motor Frostbite.[21]

Uma curta demonstração de trabalho em andamento do jogo foi mostrada no evento 2020 EA Play Live, provocando batalhas em grande escala e animações faciais detalhadas. [22] O jogo foi anunciado oficialmente em 9 de junho de 2021. Um beta aberto ocorreu de 6 a 9 de outubro de 2021,[23] antes do lançamento oficial do jogo em 19 de novembro de 2021, para Windows, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X e Series S. O lançamento foi adiado em relação à data de lançamento original, em 22 de outubro, devido aos impactos da pandemia de COVID-19.[24] O jogo adotará o modelo de passe de batalha, já que a EA planeja oferecer suporte extensivo ao jogo com conteúdo para download durante a vida do game.[25] O conteúdo do jogo seria gratuito para todos os jogadores, enquanto os jogadores que comprassem o passe de batalha receberiam itens cosméticos adicionais.[26]

Notas e referências

Notas

  1. Trabalho adicional pela Ripple Effect Studios, EA Gothenburg e Criterion Games.

Referências

  1. Groff, Michael. «These are the seven Battlefield 2042 maps that we've seen so far» 
  2. Forward, Jordan. «Battlefield 2042 reveal trailer – 23 cool details we spotted» 
  3. Saed, Sherif. «Battlefield 2042 Specialists are Siege-like characters with unique abilities» 
  4. Wilde, Tyler. «Battlefield 2042 revealed: 128 players, Siege-style characters, no singleplayer» 
  5. June 2021, Alex Avard 09. «Here's all the Battlefield 2042 maps included at launch, and what to expect from each» 
  6. McWhertor, Michael. «Battlefield 2042 is all-multiplayer warfare, coming in October» 
  7. Saed, Sherif. «Battlefield 2042's All-Out Warfare can be played with and against AI bots» 
  8. Machkoech, Sam. «Battlefield 2042 will host 128-player combat on PC, next-gen consoles Oct. 22» 
  9. «EA reveals crazy Battlefield: Portal sandbox mode for Battlefield 2042» 
  10. «Battlefield 2042 will have crossplay between PC and consoles» 
  11. Robinson, Martin. «Battlefield 2042 has no campaign and no battle royale mode» 
  12. «BF2042: No campaign, story told exclusively through multiplayer» 
  13. «The World of 2042» 
  14. Sheridan, Connor. «Battlefield 2042 Exodus short film reveals a returning character from Battlefield 4». GamesRadar 
  15. «The full list of Battlefield 2042 Specialists so far». Windows Central. 7 de outubro de 2021. Consultado em 23 de outubro de 2021 
  16. «Five new 'Battlefield 2042' specialists have been revealed». NME (em inglês). 21 de outubro de 2021. Consultado em 23 de outubro de 2021 
  17. Robinson, Andy. «DICE shares Battlefield 6 update and says it has its 'biggest ever dev team'» 
  18. Robinson, Martin (9 de junho de 2021). «Battlefield 2042 has no campaign and no battle royale mode». Eurogamer. Consultado em 10 de junho de 2021. Cópia arquivada em 11 de julho de 2021 
  19. Grayson, Nathan. «Battlefield 2042 Is Not Commentary On Climate Refugees Says Dev, Internet Disagrees» 
  20. Hornshaw, Phil. «Battlefield 2042 Imagines A Huge Multiplayer Hellscape Of Climate Change» 
  21. «Battlefield 2042 hands-on – it's back, and more tactical than ever» 
  22. Loveridge, Sam. «EA teases next-gen games during EA Play, including BioWare and Battlefield titles» 
  23. Park, Morgan (6 de outubro de 2021). «How to get into the Battlefield 2042 open beta». PC Gamer (em inglês). Consultado em 8 de outubro de 2021 
  24. Tolbert, Samuel. «Battlefield 2042 delayed to November 19» 
  25. Makuch, Eddie. «Battlefield 2042 Open Beta And Live Service Elements Revealed» 
  26. Ruppert, Liana. «Battlefield 2042 Battle Pass Explained, Free Vs. Premium»