Cabo (geografia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cabo de Sagres (cortesia IPPAR)
Cabo da Boa Esperança

Em geografia, um cabo é um acidente geográfico formado por uma massa de terra que se estende por um oceano ou mar que lhe está adjacente. Um cabo em geral tem mais importância que um promontório, e muitas vezes exerce influência sobre correntes costeiras e outras características oceanográficas de seu meio. Um cabo, portanto, é uma península estreita. É sinônimo de promontório.

Alguns cabos são especialmente famosos denotando pontos importantes dos continentes ou ilhas em que se situam. A navegação efectuada entre cabos sem que se perca contacto visual com a costa denomina-se "cabotagem".

Alguns cabos importantes[editar | editar código-fonte]

  • Grandes cabos (Cabo da Boa Esperança, Cabo Horn e Cabo Leeuwin)

África[editar | editar código-fonte]

América[editar | editar código-fonte]

Ásia[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]

Oceania[editar | editar código-fonte]

Para outros significados da palavra, veja cabo.