Saco (acidente geográfico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, é cheia de pequenos enseadas ou sacos.

Saco é o termo da geografia física usado para descrever uma pequena enseada, especialmente as protegidas por baías.[1] É uma palavra muito usada nos litorais dos estados brasileiros do Rio de Janeiro até o Rio Grande do Sul para descrever tais acidentes geográficos.[2][3][4][5]

Alguns sacos do litoral brasileiro[editar | editar código-fonte]

  • Saco de São Diogo, Rio de Janeiro
  • Saco da Raposa, Rio de Janeiro
  • Saco de Mamanguá, Rio de Janeiro
  • Saco do Alferes, Rio de Janeiro
  • Saco de São Francisco, Rio de Janeiro
  • Saco do Cedro, São Paulo
  • Saco das Andorinhas, São Paulo
  • Saco do Eustáquio, São Paulo
  • Saco da Ribeira, Ubatuba (São Paulo)
  • Saco do Limoeiro, Ilha do Mel (Paraná)
  • Saco da Tambarataca, Paranaguá (Paraná)
  • Saco Grande, Santa Catarina
  • Saco dos Limões, Santa Catarina
  • Saco da Fazenda, Itajaí (Santa Catarina)
  • Saco da Fazenda, Santa Catarina
  • Saco do Silveira, Rio Grande do Sul
  • Saco do Martins, Rio Grande do Sul
  • Saco da Quitéria, Rio Grande do Sul
  • Saco da Mangueira, Rio Grande do Sul
  • Saco do Justino, Rio Grande do Sul

Referências

  1. Editores do Aulete (2007). «Verbete saco». Dicionário Caldas Aulete. Consultado em 15 de setembro de 2015 
  2. Eurípedes Falcão Vieira, e Susana Regina Salum Rangel (1988). Planície costeira do Rio Grande do Sul: geografia física, vegetação e dinâmica sócio-demográfica. [S.l.]: Sagra. 256 páginas. ISBN 8524101970 
  3. Adm. da UFPR (1965). Boletim paranaense de geografia, Edições 16-20. [S.l.]: Centro de Documentação e Informações do Instituto de Geologia da Universidade Federal do Parana 
  4. Victor Coelho (2007). Baía de Guanabara: uma história de agressão ambiental. [S.l.]: Casa da Palavra. 278 páginas. ISBN 8577340767 
  5. Carmen Lúcia Del Bianco Rossi-Wongtschowski; e Lauro Saint Pastous Madureira (2006). O Ambiente oceanográfico da plataforma continental e do talude na região sudeste-sul do Brasil. [S.l.]: EdUSP. 466 páginas. ISBN 8531409489 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.