Chapada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Chapada (desambiguação).
Chapada Diamantina, estado da Bahia, Brasil

Chapada é um termo das áreas de Geografia e Geologia que corresponde a uma área de terra elevada, de dimensões consideráveis, com topo relativamente ou essencialmente plano. Também referido como altiplano, ou Planalto.

No Brasil, são formações típicas naturais, geralmente localizadas em áreas de intersecção de biomas. São áreas fundamentais para a preservação dos biomas brasileiros: Amazônia, o Pantanal, o Cerrado, a Caatinga, a Mata Atlântica e o Pampa, que geralmente abrigam Parques Nacionais como o da Chapada Diamantina, da Chapada dos Guimarães, da Chapada dos Veadeiros, da Chapada das Mesas, do Monte Roraima, dentre outros, Parques Estaduais, como o Parque Estadual do Vassununga Reservas e APAS. Em linhas gerais são locais que possuem altitudes de 300 a 2.810 metros acima do nível do mar, ricas em sua fauna, flora e recursos naturais, características que também lhes conferem amplos potenciais ecológicos e turísticos.

As chapadas do Centro-Oeste, como a dos Veadeiros em Goiás e dos Guimarães no Mato Grosso, são divisores de águas entre as Bacias Amazônicas, Platina, do rio São Francisco e do Tocantins, formando também a Chapada da Natividade, no sul do estado do Tocantins. No Nordeste Oriental a Depressão Sertaneja e do rio São Francisco sofreram transgressão marinha, o que contribuiu para a presença de fósseis de répteis gigantescos na Chapada do Araripe e em jazidas de sal-gema (cloreto de sódio encontrado no subsolo). No Sudeste, a Chapada Guarani nasce em grandes áreas de afloramento do Aquífero Guarani, aonde a relação do solo com o enorme volume de água presente no subsolo forma o relevo conhecido como cuesta e cria a faixa de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado Brasileiro, sendo essa a chapada de maior índice demográfico, passando por diversas importantes cidades do interior do Estado. No interior do Estado da Bahia encontra-se a maior Chapada Diamantina, que está um do maiores Parques Nacionais do Brasil. Na triplice fronteira entre o Brasil, a Guiana e a Venezuela talvez uma mais icônicas das formações típicas de chapada, o Monte Roraima.

No Norte do Brasil e Região Nordeste em especial nos estados do Maranhão, Tocantins, Ceará e Bahia encontram-se as chapadas que dividem os biomas da Caatinga, do Cerrado e da Amazônia. Respectivamente são a Chapada das Mesas, Chapada da Natividade, Chapada do Araripe, Chapada das Mesas e Chapada Diamantina. Numa grande variedade de chapadas e Região Nordeste onde no Maranhão pode se encontrar a Chapada das Mesas.

No Brasil, as chapadas são encontradas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e normalmente possuem um Parque Nacional criados para preservação da natureza. As mais turísticas chapadas do Brasil são:

Chapada Diamantina - É a maior chapada brasileira e está localizada no estado da Bahia. Atrai turistas de várias regiões do Brasil e do mundo. Nesta chapada estão localizados os dois pontos mais altos da Bahia: o Pico do Barbado (2 033m) e o Pico das Almas (1 958m).

Chapada dos Guimarães - Localizada no estado do Mato Grosso. Chapada dos Guimarães é também o nome do município. O local oferece diversas atrações aos turistas.

Chapada dos Veadeiros - Localizada em Goiás. A chapada tem a particularidade de atrair pessoas que desejam contemplar o fenômeno de observação de OVNI (objetos voadores não identificados).

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.