Camille Paglia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Camille Anna Paglia (Endicott, Nova Iorque, 2 de abril de 1947) é uma ensaísta e escritora americana.

Paglia é uma intelectual de contradições apenas aparentes: uma ateísta que respeita a religião [1] e uma classicista que defende tanto a arte elitista quanto a popular com uma visão de que o ser humano tem uma natureza irresistivelmente dionisíaca, especialmente no aspecto mais selvagem e obscuro da sexualidade humana.[2]

A intelectual apresenta uma gama variada de assuntos sobre o qual escreve: religião comparada, história da arte e o cânon literário, além de uma grande ênfase no ensino da história. Paglia tornou-se célebre para o público mundial em 1990 ao publicar o primeiro livro Sexual Personae: Art and Decadence from Nefertiti to Emily Dickinson. O sucesso com este livro possibilitou a autoria de outros títulos sobre cultura popular e feminismo. Exibindo enorme erudição, gerou muita polêmica ao desafiar o que ela própria denominou de "elite liberal", incluindo acadêmicos, grupos feministas tais como as National Organization for Women (NOW), and AIDS activists ACT UP.

É Ph.D em língua inglesa pela Universidade de Yale. É considerada uma das principais críticas do feminismo, especialmente o "puritano e stalinista". É professora no Philadelphia College of the Performing Arts.

Obras[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Camille Paglia
  • Break, Blow, Burn: Camille Paglia Reads Forty-three of the World's Best Poems
  • Sexual Personae: Art & Decadence from Nefertiti to Emily Dickinson
  • Sex, Art, and American Culture: Essays

Referências

  1. "The Morning News." agosto 3, 2005, Camille Paglia interview "That’s my New Age-y side. I really respect mysticism and the spiritual dimension, even though I don’t believe in God." Jan. 26, 2008
  2. Paglia, "Sexual Personae: Art and Decadence from Nefertiti to Emily Dickinson, " p. 5-6, 1990: "The Dionysian is no picnic. It is the chthonian realities which Apollo evades, the blind grinding of subterranean force, the long slow suck, the murk and ooze."
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.