Clueless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a série de televisão de 1996 baseada neste filme, veja Clueless (série).
Clueless
As Meninas de Beverly Hills (PT)
As Patricinhas de Beverly Hills (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1995 •  cor •  97 min 
Direção Amy Heckerling
Produção Scott Rudin
Robert Lawrence
Twink Caplan
Adam Schroeder
Barry M. Berg
Roteiro Amy Heckerling
Baseado em Emma de Jane Austen
Elenco Alicia Silverstone
Stacey Dash
Brittany Murphy
Paul Rudd
Donald Faison
Breckin Meyer
Dan Hedaya
Gênero Comédia romântica
Música David Kitay
Cinematografia Bill Pope
Edição Debra Chiate
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 19 de julho de 1995
Brasil 15 de dezembro de 1995
Portugal 15 de março de 1995
Idioma Inglês
Orçamento US$ 20 milhões
Receita US$ 56 631 572[1]
Página no IMDb (em inglês)

Clueless (As Patricinhas de Beverly Hills (título no Brasil) ou As Meninas de Beverly Hills (título em Portugal)) é um filme de comédia romântica que foi lançado nos Estados Unidos em 19 de julho de 1995 vagamente baseado no livro Emma de Jane Austen lançado em 1815.[2][3] É estrelado por Alicia Silverstone no papel principal, Stacey Dash, Paul Rudd e Brittany Murphy. O filme é ambientado em Beverly Hills e foi escrito e dirigido por Amy Heckerling e produzido por Scott Rudin. O filme seria desmembrado em uma série de televisão e uma série de livros.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Nesta adaptação de Emma de Jane Austen. Alicia Silverstone atua nesta versão do século 20 tardia de Emma Woodhouse, a quem foi dado o novo nome Cherilyn "Cher" Horowitz. Cher é uma menina de boa índole, mas superficial, que é atraente, popular, e extremamente rica. Poucos meses antes do seu décimo sexto aniversário, ela subiu para o topo da cena social do ensino médio. Ela vive em uma mansão em Beverly Hills com seu pai Mel, que trabalha com processos judiciais e ganha 500 dólares estadunidenses por hora; sua mãe morreu em um acidente durante um procedimento de lipoaspiração de rotina quando Cher era um bebê. O melhor amigo de Cher é Dionne Davenport, que também é rica, bonita e com muito quadril, e entende como algo para ser invejado. Embora Dionne tem um relacionamento de longo prazo com o estudante popular Murray, Cher afirma que é um esforço inútil.

Entre as poucas pessoas que Cher encontra muitas falhas, está Josh, ele é socialmente consciente que é o ex-meio-irmão, que visita durante uma pausa da faculdade. Josh e Cher treinam continuamente, mas sem malícia; ela zomba de seu idealismo desalinhado, enquanto ele brinca com ela por ser egoísta, fútil e superficial, e diz que seu único sentido na vida é ir "em direção ao shopping." Cher arma um encontro para os dois professores nerds, o Sr. Hall e a Srtª Geist. Ela atinge seu propósito ostensivo para fazê-los relaxar seus padrões de classificação para que ela possa renegociar um boletim ruim, mas quando ela vê sua felicidade recém-descoberta, ela percebe que ela gosta de fazer boas ações. Cher decide dar a volta à comunidade "adotando" a "nova garota" na escola, Tai Frasier. Cher e Dionne dão Tai uma "reforma" no visual e iniciá-la nos mistérios da popularidade. Cher também tenta extinguir a atração entre Tai e Travis Birkenstock, um skatista amável, e para dirigi-la para Elton, um rico esnobe popular.

Seu segundo esquema de caridade sai pela culatra quando Elton rejeita Tai e tenta seduzir Cher. Quando um novo estudante considerável chamado Christian chega em sua escola, Cher leva um brilho a ele e tenta recuperá-lo como seu namorado. Eventualmente, Murray soletrá-la para ela e Dionne que Christian não está interessado nela, porque ele é gay. Apesar do fracasso deste esforço, Cher continua em bons termos com Christian, principalmente devido a sua admiração de seu gosto na arte e moda. Tudo piora quando o "projeto" de Cher funciona muito bem, e a popularidade de Tai supera o seu próprio. Os eventos depois chegam a fase de crise após Cher não passar no teste de motorista e não pode "renegociar" o resultado. Quando ela volta para casa, triste, Tai confidencia que ela tomou uma fantasia para Josh e quer Cher para ajudá-la "pegá-lo". Cher diz que não acha que Josh é certo para Tai, e elas brigam. Sentindo-se "totalmente sem noção", Cher reflete sobre suas prioridades e seus repetidos fracassos de compreender ou apreciar as pessoas em sua vida. Depois de pensar muito, Cher percebe que ela está romanticamente interessada em Josh. Ela começa a fazer esforços desajeitados, mas sinceros para viver uma vida mais intencional, incluindo capitanear na escola de Pismo Beaches. Cher e Josh finalmente admitem seus sentimentos um pelo outro, culminando com um beijo carinhoso. No final, o Sr. Hall e Srtª Geist casam-se; as amizades de Cher com Tai e Dionne estão solidificadas; Tai e Travis estão em amor; e Cher ganha uma aposta de 200 dólares para pegar o buquê no casamento. Ela abraça Josh, e eles se beijam quando o filme termina.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagens centrais do filme são:

  • Alicia Silverstone como Charlotte "Cher" Horowitz (dublada no Brasil por Adriana Torres): Uma doce, mas mimada e típica Patricinha―Embora ela realmente vive em Beverly Hills. Vivendo em uma mansão, esperado por servos, e exibindo sua riqueza com a moda, ela é a rainha indiscutível do Bronson Alcott High School. Ela tem longos cabelos loiros e olhos azuis. Cher também é resistente e inteligente, como seu pai Mel. Cher convence dois de seus professores que cada um é um admirador secreto do outro, negociando seu caminho a partir de um C + média para uma média A-. Cher não tem namorado regular e ela descreve encontrar um namorado na escola como "ser tão inútil como a procura de um sentido em um filme de Pauly Shore". Ela é baseada no personagem Emma Woodhouse.
  • Stacey Dash como Dionne Davenport (dublada no Brasil por Guilene Conte): a melhor amiga de Cher. Tanto ela como Cher são ricas e bonitas, mas carinhosas. Cher usa Dionne como sua número um em crítico de moda. Dionne e seu namorado Murray (interpretado por Donald Faison) tem uma relação extremamente tumultuada e muitas vezes brigando (uma inversão da relação idealizada entre Isabella John Knightley do livro de Austen). Eles passam por brigas sobre Murray raspar a cabeça e Dionne encontrar "cabelo de poliéster barato" no banco de trás de seu carro, mas também de obrigações sobre a primeira experiência de condução de Dionne na auto-estrada, inspirando uma admiração melancólica em Cher.
Clueless marcou o primeiro papel de destaque de Murphy como Tai Frasier.
  • Brittany Murphy como Tai Frasier (dublada no Brasil por Fernanda Crispim): A patinho feio transformada na bela cisne. Cher e Dionne decidem dar-lhe uma reforma. Com uma mudança de cabelo, maquiagem e roupas, Tai ganha confiança e um senso de estilo. Originalmente Tai caiu se relacionamentou com o skatista Travis (Breckin Meyer), mas Cher tentou criar Tai com Elton para aumentar a sua popularidade. Depois de uma "experiência de quase-morte" no shopping, Tai obtém uma atitude excessivamente confiante de que, em última análise representa uma ameaça ao status social de Cher. Ela também desenvolve uma paixão por Josh, e pede Cher para ajudá-la a chegar até ele. No final do filme, Tai recupera respeito e amizade de Cher, e começa a namorar Travis. Este foi o primeiro papel grande filme de Murphy. Ela é baseada no personagem do livro Emma Harriet Smith.
  • Paul Rudd como Josh Lucas (dublada no Brasil por José Leonardo): ex-meio-irmão de Cher, como Mel tinha sido casado com a mãe de Josh cinco anos antes. Josh tem a ambição de ser um advogado (seu foco é a legislação ambiental), e durante uma pausa da faculdade vem para uma visita prolongada com Cher e seu pai em sua casa; ele afirma que ser em torno de Mel é uma "grande experiência de aprendizagem". Ao longo do filme, Josh brinca com Cher, mas ao mesmo tempo mostra o seu carinho e preocupação com ela. Ele é baseado no personagem do livro Emma George Knightley.
  • Dan Hedaya como Melvin "Mel" Horowitz (dublado no Brasil por José Santa Cruz): O litigante viciado em trabalho rude e bem-sucedido, ele está constantemente envolvido em grandes casos em Beverly Hills, onde vive com sua filha adolescente Cher. Apesar de ser divorciado da mãe de Josh, ele diz a sua filha "Você se divorciar de esposas, e não filhos" e é muito protetor de Cher, dizendo Christian: "Se alguma coisa acontecer com a minha filha, eu tenho uma .45 e uma pá. Duvido que alguém iria sentir sua falta". Ele é baseado no personagem do livro Emma Woodhouse Sr. Henry.
  • Elisa Donovan como Amber Mariens (dublada no Brasil por Fernanda Fernandes): Uma pirralha mimada popular, que é desprezada por Cher e Dionne, ela está em constante competição com Cher quando se trata de estilo, popularidade e meninos. Cher apelida-a de "Monet"(assim como a pintura "de longe que está tudo bem, mas de perto é uma grande confusão de idade".) Ela é baseada no personagem do livro Emma Augusta Elton.
  • Justin Walker como Christian Stovitz (dublado no Brasil por Eduardo Ribeiro): o interesse amoroso de Cher. Para chamar a atenção de Christian, Cher se envia flores, doces e notas de amor. Christian finalmente vai a uma festa com Cher. Cher planeja uma grande noite para, finalmente, "fazê-lo" com Christian, mas ele ignora seus avanços. Mais tarde é revelado que isso é porque ele não está interessado em meninas. Ele é baseado no personagem de Emma Frank Churchill.
Outros personagens

Créditos da dublagem brasileira:
Estúdio: VTI, RJ
Direção de dublagem: Célia Guimarães

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme teve um cronograma de filmagem de 40 dias. Produtores assistiram a aulas em Beverly Hills High School para começar uma sensação para a cultura do aluno. Herb Hall, o professor de drama real em Beverly Hills High School, desempenhou o diretor no filme. Cenas que descrevem o campus do ensino médio, incluindo os campos de tênis, a cafeteria ao ar livre, o dormitório, e várias salas de aula foram filmadas no Occidental College em Los Angeles. As cenas foram filmadas no shopping em Westfield Fashion Square em Sherman Oaks, Califórnia.

Home media[editar | editar código-fonte]

Clueless foi lançado em VHS e laserdisc no início de 1996 pela Paramount Home Video.

O filme foi lançado pela primeira vez para DVD em 19 de outubro de 1999; as características especiais só incluiu dois trailers.

O especial DVD de 10th aniversário chamado "Whatever! Edition" foi lançado em 30 de agosto de 2005, incluído bônus e lançou entrevistas, incluindo:

  • The Class of '95 – Um olhar sobre o elenco
  • Creative Writing – Amy Heckerling fala sobre o roteiro
  • Fashion 101 – Como cineastas inventaram o estilo de novas tendências de Clueless
  • Language Arts – O diretor e membros do elenco dão fatos da gíria inovadora, e como Clueless reviveu o dialeto das patricinhas
  • Suck and Blow – Como jogar o jogo representado na cena da festa do Sun Valley
  • Driver's Ed
  • We're History – Histórias de elenco e equipe de Clueless
  • Dois trailers

O filme foi lançado em Blu-ray Disc pela primeira vez em 1 de maio de 2012. Bônus especiais foram transitadas do "Whatever!" edição de 2005, e incluiu uma nova faixa de trivia.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme se tornou uma surpresa inesperado sucesso de 1995, arrecadando mais de US$11 milhões em seu primeiro fim de semana #2 atrás Apollo 13, e, eventualmente, arrecadou $55 milhões dólares durante sua exibição no cinema. Foi a 32ª maior bilheteria de 1995 e trouxe a atriz em seguida, em grande parte desconhecida Alicia Silverstone a atenção internacional. Ele também desenvolveu um forte culto de seguidores depois de seu lançamento.

Crítica[editar | editar código-fonte]

Clueless teve recepção geralmente favorável por parte da crítica especializada. Em base de 18 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 68/100 no Metacritic.[4]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Entertainment Weekly selecionou Clueless como um dos "novos clássicos", uma lista de 100 lançado entre 1983 e 2008,[5] Clueless ficou em 42.[6]

Em 2008 Entertainment Weekly nomeou-o 19 melhor comédia dos últimos 25 anos. [7]

American Film Institute reconheceu:

Legação[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Brittany Murphy, Silverstone afirmou que ela "sempre me senti ligada a [Murphy] como [elas] compartilharam uma experiência muito especial na [sua] vida juntas".[10] Após a morte de Murphy, Silverstone relatou em uma entrevista: " Eu amei trabalhar com Brittany. Ela era tão talentosa, tão quente e tão doce".[10]

Heckerling mais tarde descreveu Silverstone como tendo "essa coisa da Marilyn Monroe", como uma "doce loira bonita que, apesar de ser o ideal americano, as pessoas ainda gostam muito".[11]

The cast reunited in 2012 for an issue of Entertainment Weekly.[12]

Amy Heckerling mais tarde se reuniu com tanto Silverstone e Shawn para a comédia de vampiro Vamps.

Clueless é a principal inspiração para a rapper australiana Iggy Azalea vídeo musical para seu número um hit single nos EUA "Fancy", com Charli XCX, com muitos recursos visuais, bem como trajes inspirados no filme.[13][14] O vídeo está cheio com remakes de cenas clássicas de Clueless, e as roupas são habilmente reinventadas para canalizar as famosas stylings do filme com uma borda ligeiramente moderna.[15] "Fancy" também foi gravado na mesma escola de Los Angeles onde Clueless foi filmado.[16]

Em 2013 a grife WildFox fez uma coleção inspirada no filme chamada de "The Kids in American".[17]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Clueless: Original Motion Picture Soundtrack
Trilha sonora
Lançamento Estados Unidos 18 de julho de 1995
Gênero(s) Pop
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Capitol Records

O álbum com a trilha sonora original do filme foi lançada em Julho de 1995 pela gravadora Capitol Records. O álbum conta com a versão acústica da música Fake Plastic Trees da banda Radiohead.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Kids in America" (The Muffs) – 3:18
  2. "Shake Some Action" (Cracker) – 4:25
  3. "The Ghost in You" (Counting Crows) – 3:30
  4. "Here" (Squirmel Mix) (Luscious Jackson) – 3:33
  5. "All the Young Dudes" (World Party) – 4:00
  6. "Fake Plastic Trees" (versão acústica) (Radiohead) – 4:45
  7. "Change" (Lightning Seeds) – 4:01
  8. "Need You Around" (Smoking Popes) – 3:42
  9. "Mullet Head" (Beastie Boys) – 2:53
  10. "Where'd You Go?" (The Mighty Mighty Bosstones) – 3:16
  11. "Rollin' with My Homies" (Coolio) – 4:06
  12. "Alright" (Supergrass) – 3:01
  13. "My Forgotten Favorite" (Velocity Girl) – 3:49
  14. "Supermodel" (Jill Sobule) – 3:07

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Seriado de televisão[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Clueless (série)

Em 1996, os produtores criaram uma série de televisão spin-off, que se seguiu a continuação das aventuras de Cher e suas amigas. Vários membros do elenco do filme foram estrelas do programa de TV, com as notáveis ​​exceções de Alicia Silverstone (que passou a assinar um acordo com o filme Columbia-TriStar no valor de $10 milhões) e Paul Rudd. Silverstone foi substituída na série com a atriz Rachel Blanchard.

  • Stacey Dash reprisou o papel de Dionne.
  • Donald Faison reprisou o papel de Murray.
  • Elisa Donovan repetiu o papel de Amber.
  • Michael Lerner (1 temporada) e Doug Sheehan substituiu Dan Hedaya como Mel.
  • David Lascher substituiu Paul Rudd como Josh.
  • Heather Gottlieb substituiu Brittany Murphy como Tai.
  • Professores Sr. Hall, Sra. Geist, e Treinadora Stoeger (interpretado por seus respectivos atores) apareceu na série, mas o sobrenome da treinadora Stoeger foi mudado para "Diemer".

Livros[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Clueless (livros)

Uma coleção de livros também foi publicado após o lançamento do filme publicada pela Simon Spotlight Entertainment entre 1995-1999. Estes livros foram publicados como livros de bolso e com o objetivo de leitores adolescentes.

Vídeos musicais[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Fancy (canção)

A produção de Iggy Azalea para a canção 'Fancy', com Charli XCX, teve adaptações de Clueless. O enredo do vídeo musical girava em torno da trama Clueless, entretanto refazer o filme mais moderno.

Referências

  1. «Clueless» (em inglês). www.boxofficemojo.com. Consultado em 22 de julho de 2016. 
  2. Mazmanian, Melissa. "Reviving Emma" in a Clueless World: The Current Attraction to a Classic Structure. Persuasions Online: Occasional Papers No. 3. Fall 1999. Jane Austen Society of North America website. Accessed 12 November 2013.
  3. Stern, Lesley. "Emma in Los Angeles" Clueless as a remake of the book and the city. Australian Humanities Review website, 1997. Accessed 12 November 2013.
  4. «Clueless» (em inglês). Metacritic. Consultado em 5 de agosto de 2014. 
  5. «The New Classics: Movies». Entertainment Weekly. Time. 2008-06-27. Consultado em 2009-07-03. 
  6. «Clueless, Alicia Silverstone, ... | 100 New Movie Classics: No. 50-26». Entertainment Weekly. Time. Consultado em 2009-07-03. 
  7. «Clueless, Alicia Silverstone, ... | The Comedy 25: The Funniest Movies of the Past 25 Years». Entertainment Weekly. Time. Consultado em 2009-07-03. 
  8. «AFI's 100 Years...100 Laughs Nominees» (PDF). Consultado em 2012-08-22. 
  9. «AFI's 100 Years...100 Movie Quotes Nominees» (PDF). Consultado em 2012-08-22. 
  10. a b «Alicia Silverstone: I Hope Brittany Murphy Is at Peace». People Magazine. December 20, 2009. Consultado em 2009-12-20. 
  11. Haramis, Nick (09/13/12). «Alicia Silverstone & Amy Heckerling: A Reunion». Consultado em 09/18/12. 
  12. «'Clueless' Reunion On Entertainment Weekly Makes Us Miss Cher And Dionne» The Huffington Post [S.l.] 10/05/12. Consultado em 11/4/12. 
  13. http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-2572737/Iggy-Azalea-pays-homage-iconic-Beverly-Hills-socialite-Cher-remake-1995-cult-classic-Clueless.html
  14. http://www.mtv.com/news/articles/1723476/iggy-azalea-fancy-charlie-xcx-clueless.jhtml
  15. «The Stylist for Iggy Azalea's Clueless-Themed "Fancy" Music Video featuring Charli XCX Tells All». Pepsi.com. 2014-03-12. Consultado em 2014-03-15. 
  16. «Iggy Azalea's New Video Copies 'Clueless'». Elle.com. 2014-03-04. Consultado em 2014-03-15. 
  17. «The Kids In America, SS 13Wildfox» (em inglês). ILoveWildFox. Consultado em 30 de agosto de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]