Crença religiosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A crença religiosa refere-se a atitudes em relação aos aspectos mitológicos, sobrenaturais ou espirituais de uma religião.[1] A crença religiosa é distinta de ritual religioso e de comportamento religioso - com alguns crentes que não praticam religião e alguns praticantes que não acreditam em religião. Crenças religiosas, geralmente se relacionam à existência, características e adoração de uma ou mais deidades, à idéia de intervenção divina no universo e na vida humana ou nas explicações deontológicas para os valores e práticas centrados nos ensinamentos de um líder espiritual ou de um grupo espiritual. Em contraste com outros sistemas de crenças, as crenças religiosas são geralmente codificadas.[2]

Formas[editar | editar código-fonte]

Uma visão popular sustenta que diferentes religiões têm conjuntos de crenças ou credos identificáveis ​​e exclusivos, mas pesquisas sobre crenças religiosas freqüentemente descobriram que a doutrina oficial e as descrições das crenças oferecidas pelas autoridades religiosas nem sempre concordam com as crenças daqueles que se identificam como membros de uma religião específica.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Unknown. «What does religious belief mean?». www.definitions.net (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2019 
  2. Wittgenstein, Ludwig (2007). Lectures and Conversations on Aesthetics, Psychology and Religious Belief. [S.l.]: University of California Press. 53 páginas. ISBN 978-0-520-25181-6 
  3. Braithwaite, R.B. (1975). An empiricist's view of the nature of religious belief. [S.l.]: Norwood Editions (Norwood, Pa.). ISBN 978-0-88305-955-5 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]