Don't Smile at Me

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Don't Smile at Me
EP de Billie Eilish
Lançamento 11 de agosto de 2017 (2017-08-11)
Gravação 2015—17
Gênero(s) Electropop[1]
Duração 26:00
Formato(s) Download digital · streaming
Gravadora(s) Interscope
Produção Finneas O'Connell · Emmit Fenn
Cronologia de Billie Eilish
When We All Fall Asleep, Where Do We Go?
(2019)
Singles de Don't Smile at Me
  1. "Ocean Eyes"
    Lançamento: 18 de novembro de 2015 (2015-11-18)
  2. "Bellyache"
    Lançamento: 24 de novembro de 2017 (2017-11-24)
  3. "Watch"
    Lançamento: 30 de junho de 2017 (2017-06-30)
  4. "Copycat"
    Lançamento: 14 de julho de 2017 (2017-07-14)
  5. "Idontwannabeyouanymore"
    Lançamento: 21 de julho de 2017 (2017-07-21)
  6. "My Boy"
    Lançamento: 28 de julho de 2017 (2017-07-28)
  7. "&Burn"
    Lançamento: 15 de dezembro de 2017 (2017-12-15)
  8. "Bitches Broken Hearts"
    Lançamento: 30 de março de 2018 (2018-03-30)
  9. "Lovely"
    Lançamento: 19 de abril de 2018 (2018-04-19)
  10. "Party Favor"
    Lançamento: 21 de abril de 2018 (2018-04-21)

Don't Smile at Me (estilizado em letra minúscula) é o extended play (EP) de estreia da da cantora estadunidense Billie Eilish.[2] Foi lançado nos formatos download digital e transmissão digital em 11 de agosto de 2017 atraves da Interscope Records,[3] e contém vários de seus singles lançados entre os anos de 2015 e 2017, incluindo "Ocean Eyes", "Bellyache", "Watch", "Copycat" e "Idontwannabeyouanymore". A faixa "My Boy" foi usada no quarto episódio da terceira temporada da série de televisão americana Shadowhunters. Eilish havia gravado outra música para o programa; intitulada "a lil' bit of that", mas devido ao vazamento da demo que continha a faixa, Billie abandonou o projeto.[4]

Singles[editar | editar código-fonte]

"Ocean Eyes" foi lançado em 18 de novembro de 2016 na SoundCloud; em 2017, dois anos depois, ele foi incluído no EP Don't Smile at Me como o single principal. "Bellyache" foi lançado como o segundo single do EP em 24 de fevereiro de 2017. "Watch" foi lançado como o terceiro single do EP em 30 de junho de 2017. "Copycat" foi lançado como o quarto single do EP em 14 de junho de 2017.

"Idontwannabeyouanymore" foi lançado como o quinto single do EP em 21 de julho de 2017. "My Boy" foi lançado em 28 de julho de 2017, como o sexto single do EP.[5] "& Burn", com Vince Staples, foi lançado como o sétimo single do EP em 17 de dezembro de 2017.[6]

"Party Favor" foi lançado como um single de vinil de 7 polegadas em 21 de abril de 2018. É o oitavo single do EP, e o lado B é uma capa de "Hotline Bling" de Drake.[7]

Um videoclipe foi lançado para "Hostage" em 11 de julho de 2018 e recebeu uma indicação para Melhor Cinematografia no MTV Video Music Awards de 2019 .

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Don't Smile at Me recebeu críticas positivas de críticos de música. Kristin Smith, da PluggedIn, disse sobre o álbum: "Uma fusão de vários gêneros, sons e estilos, essas nove faixas capturam a perspectiva e a personalidade inegavelmente envolventes da jovem cantora. Ouvimos as confissões honestas de um adolescente que conheceu desgosto, ódio e amor não sorria para mim é sonhadora e deprimente, encantador e assombrando e ela merece elogios e cautela.[8] Nicole Almeida da revista Atwood "O título de estréia do EP de Billie Eilish, de dezesseis anos: Don't Smile at Me. É uma ordem direta, uma declaração poderosa, uma declaração que sai da boca de alguém que sabe quem ela é, o que ela gosta e o que não gosta e que não joga segundo as regras de ninguém. O título incorpora perfeitamente a força e a ambição do EP de estreia de Eilish e da própria Eilish como artista".[9]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas por Billie Eilish e Finneas O'Connell, exceto onde citado. Todas as faixas produzidas por Finneas O'Connell, exceto onde indicado. 

Don't Smile at Me[10]
Título Duração
1. "Copycat"   3:13
2. "Idontwannabeyouanymore"   3:23
3. "My Boy"   2:50
4. "Watch" (Escrito por: F. O'Connell) 2:58
5. "Party Favor"   3:25
6. "Bellyache"   3:00
7. "Ocean Eyes" (Escrito por: F. O'Connell) 3:20
8. "Hostage"   3:48
Duração total:
26:00

Notas

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Don't Smile at Me se tornou um sucesso nos Estados Unidos, estreando no número 185 na Billboard 200 dos EUA durante um mês e meio após seu lançamento.[15] Ele entrou no top 100 na semana que terminou em 31 de maio de 2018, sua 21ª semana na lista, no número 97 com 7.000 unidades.[16] Atingiu o top 40 na semana que terminou em 28 de julho no número 38, com 12.000 unidades comercializadas, incluindo 10.000 transmissões digitais,[17] antes de atingir o número 14 em sua 56ª semana de gráficos, na semana que terminou em 26 de janeiro de 2019.[18] Em abril de 2019, o álbum ganhou 947.000 unidades equivalentes a álbuns nos Estados Unidos. Também gerou mais de 1,2 bilhão de transmissões digitais sob demanda para suas faixas.[19]

Referências

  1. Haithcoat, Rebecca. «Don't Ask Billie Eilish to Smile». SSENSE. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  2. «15-Year-Old Pop Prodigy Billie Eilish Announces Debut EP & First-Ever Tour». Billboard. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  3. Smither, Tanis. «Billie Eilish releases lush debut EP "dont smile at me" – EARMILK». Earmilk. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  4. «S3 · E4 · Thy Soul Instructed». TuneFind. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  5. «Billie Eilish - my boy (audio)» (em inglês). YouTube. Consultado em 19 de abril de 2020 
  6. «&Burn» (em inglês). iTunes. Consultado em 19 de abril de 2020 
  7. «Billie Eilish - Party Favor/Hot Line Bling [Pink Vinyl Single]» (em inglês). Record Store Day. Consultado em 19 de abril de 2020 
  8. Smith, Kristin. «dont smile at me Album Review (2017)» (em inglês). PluggedIn Online. Consultado em 19 de abril de 2020 
  9. Almeida, Nicole. «Review: Confidence & Boldness on Billie Eilish's Debut 'dont smile at me' EP» (em inglês). Atwood Magazine. Consultado em 19 de abril de 2020 
  10. «dont smile at me». Spotify. Consultado em 4 de agosto de 2019 
  11. «dont smile at me». Spotify. Consultado em 14 de setembro de 2013 
  12. «Dont Smile At Me [Limited Release]». CDJapan (em Japonesa). Consultado em 14 de setembro de 2013 
  13. Cusumano, Sebastian Sabal-Bruce, Katherine. «Billie Eilish, Pop's 15-Year-Old Prodigy, Relishes Being a Terrifying Teen». W Magazine. Consultado em 14 de setembro de 2013 
  14. Renshaw, David. «Billie Eilish shares "&Burn," a gloomy collaboration with Vince Staples». Consultado em 14 de setembro de 2013 
  15. «Billboard 200: The week of November 4, 2017». Billboard. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  16. Caulfield, Keith. «Billboard 200 Chart Moves: Billie Eilish's 'Don't Smile at Me' Hits New High». Billboard. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  17. Caulfield, Keith. «Billboard 200 Chart Moves: Billie Eilish's 'Don't Smile at Me' Hits New High». Billboard. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  18. «Billboard 200: The week of January 26, 2019». Billboard. Consultado em 6 de outubro de 2019 
  19. Keith Caulfield. «Billie Eilish's 'When We All Fall Asleep, Where Do We Go?' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Chart». Consultado em 6 de outubro de 2019 
  20. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (GfK Entertainment Charts)» (em alemão). GfK Entertainment Charts. Consultado em 19 de abril de 2020 
  21. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (ARIA Charts)» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 19 de abril de 2020 
  22. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Ö3 Austria Top 40)» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Consultado em 19 de abril de 2020 
  23. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Ultratop 50)» (em neerlandês). Ultratop 50. Consultado em 19 de abril de 2020 
  24. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Ultratop 40)» (em francês). Ultratop 40. Consultado em 19 de abril de 2020 
  25. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Canadian Albums Chart)» (em inglês). Canadian Albums Chart. Consultado em 19 de abril de 2020 
  26. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Hrvatska diskografska udruga)» (em croata). Hrvatska diskografska udruga. Consultado em 19 de abril de 2020 
  27. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Tracklisten)» (em inglês). Tracklisten. Consultado em 19 de abril de 2020 
  28. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (The Official Charts Company)» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 19 de abril de 2020 
  29. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (IFPI Slovenská Republika)» (em eslovaco). IFPI Slovenská Republika. Consultado em 19 de abril de 2020 
  30. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Productores de Música de España)» (em espanhol). Productores de Música de España. Consultado em 19 de abril de 2020 
  31. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Billboard 100)». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2020 
  32. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Top Alternative Albums)». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2020 
  33. «EESTI TIPP-40 MUUSIKAS: Elina Nasou asus nublu ülemvõimu lammutama». Eesti Ekspress (em estoniano). Ekspress Group. Consultado em 19 de abril de 2020 
  34. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (IFPI Finlândia)» (em finlandês). IFPI Finlândia. Consultado em 19 de abril de 2020 
  35. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Syndicat National de l'Édition Phonographique)» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 19 de abril de 2020 
  36. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (IFPI Grécia)» (em inglês). IFPI Grécia. Consultado em 8 de julho de 2010 
  37. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Irish Recorded Music Association)» (em inglês). Irish Recorded Music Association. Consultado em 19 de abril de 2020 
  38. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Íslenski Listinn Topp 40)» (em islandês). Íslenski Listinn Topp 40. Consultado em 19 de abril de 2020 
  39. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Federazione Industria Musicale Italiana)» (em inglês). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 19 de abril de 2020 
  40. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Latvijas Radio)» (em letão). Latvijas Radio. Consultado em 19 de abril de 2020 
  41. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (AGATA)» (em lituano). AGATA. Consultado em 19 de abril de 2020 
  42. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas)» (em espanhol). Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 19 de abril de 2020 
  43. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (VG-lista)» (em inglês). VG-lista. Consultado em 19 de abril de 2020 
  44. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Recording Industry Association of New Zealand)» (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 19 de abril de 2020 
  45. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (MegaCharts)» (em neerlandês). MegaCharts. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  46. «Billie Eilish – Bad Guy (Związek Producentów Audio Video)». Związek Producentów Audio Video (em polaco). OLiS. Consultado em 19 de abril de 2020 
  47. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Associação Fonográfica Portuguesa)» (em inglês). Associação Fonográfica Portuguesa. Consultado em 19 de abril de 2020 
  48. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (UK Singles Chart)» (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 19 de abril de 2020 
  49. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (IFPI Česká Republika)» (em checo). IFPI Česká Republika. Consultado em 19 de abril de 2020 
  50. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Sverigetopplistan)» (em inglês). Sverigetopplistan. Consultado em 19 de abril de 2020 
  51. «Billie Eilish – Don't Smile at Me (Schweizer Hitparade)» (em inglês). Schweizer Hitparade. Consultado em 19 de abril de 2020 
  52. «Decade-End Charts: Billboard 200». Billboard. Consultado em 4 de maio de 2016 
  53. «ARIA End of Year Albums 2018». Australian Recording Industry Association. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  54. «Jaaroverzichten 2018». Ultratop. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  55. «Billboard 200 Albums – Year-End 2018». Billboard. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  56. «Top Alternative Albums – Year-End 2018». Billboard. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  57. «EESTI TIPP-100 MUUSIKAS Neid artiste ja lugusid kuulati möödunud aastal Eestis kõige rohkem». Eesti Ekspress. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  58. «Top Selling Albums of 2018». Recorded Music NZ. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  59. «End of Year Album Chart Top 100 – 2018». Official Charts Company. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  60. «Årslista Album – År 2018». Sverigetopplistan. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  61. «ARIA End of Year Albums Chart 2019» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 19 de abril de 2020 
  62. «Jahreshitparade Alben 2019» (em alemão). austriancharts.at. Consultado em 19 de abril de 2020 
  63. «Jaaroverzichten 2019» (em neerlandês). Ultratop. Consultado em 19 de abril de 2020 
  64. «Rapports Annuels 2019» (em neerlandês). Ultratop. Consultado em 19 de abril de 2020 
  65. «Top Canadian Albums – Year-End 2019» (em inglês). Billboard. Consultado em 19 de abril de 2020 
  66. «Album Top-100 2019» (em dinamarquês). Hitlisten. Consultado em 19 de abril de 2020 
  67. «Top Billboard 200 Albums – Year-End 2019» (em inglês). Billboard. Consultado em 19 de abril de 2020 
  68. «Top Alternative Albums – Year-End 2019» (em inglês). Billboard. Consultado em 19 de abril de 2020 
  69. «Top de l'année Top Albums 2019» (em francês). SNEP. Consultado em 19 de abril de 2020 
  70. White, Jack. «Ireland's Official Top 50 biggest albums of 2019» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 19 de abril de 2020 
  71. a b «Certificações (México) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em espanhol). Digite Madonna na caixa sob o cabeçalho da coluna ARTISTA e Confessions on a Dance Floor na caixa sob TÍTULO. Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 19 de dezembro de 2019 
  72. «Top Selling Albums of 2019» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 19 de abril de 2020 
  73. «Jaaroverzichten – Album 2019» (em neerlandês). dutchcharts.nl. Consultado em 19 de abril de 2020 
  74. Copsey, Rob. «The Official Top 40 biggest albums of 2019» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 19 de abril de 2020 
  75. «Årslista Album, 2019» (em sueco). Sverigetopplistan. Consultado em 19 de abril de 2020 
  76. «ARIA Charts – Accreditations – 2019 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 19 de abril de 2020. Cópia arquivada em 24 de julho de 2020 
  77. «Certificações (Áustria) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em alemão). IFPI Áustria. Consultado em 19 de abril de 2020 
  78. «Certificações (Canadá) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em inglês). Music Canada. Consultado em 19 de abril de 2020 
  79. «Certificações (Dinamarca) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em dinamarquês). IFPI Dinamarca. Consultado em 19 de abril de 2020 
  80. «Certificações (Estados Unidos) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em inglês). Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, depois selecione Album, depois clique em SEARCH. Recording Industry Association of America. Consultado em 19 de abril de 2020 
  81. «Certificações (França) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em francês). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  82. «Certificações (Itália) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  83. «Certificações (Nova Zelândia) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 19 de abril de 2020 
  84. «Certificações (Portugal) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (PDF). Audiogest. p. 2. Consultado em 19 de dezembro de 2020 
  85. «Certificações (Reino Unido) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 19 de abril de 2020 
  86. «Certificações (Singapura) (álbum) – Billie Eilish – Don't Smile at Me» (em inglês). Recording Industry Association Singapore. Consultado em 24 de dezembro de 2020