Doo-Wops & Hooligans

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Doo-Wops & Hooligans
Álbum de estúdio de Bruno Mars
Lançamento França 4 de outubro de 2010
Gravação Março - Setembro de 2010
Larrabee Studios
Levcon Studios
(Los Angeles, Califórnia, EUA)
Gênero(s) Pop, doo-wop, R&B, reggae
Duração 35:27(edição padrão)
42:26 (edição deluxe)
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, Download digital
Gravadora(s) Atlantic
Elektra
Produção The Smeezingtons (exec.), Claude Kelly, Needlz, Supa Dups
Certificação ver abaixo
Cronologia de Bruno Mars
It's Better If You Don't Understand
(2010)
Unorthodox Jukebox
(2012)
Singles de Doo-Wops & Hooligans
  1. "Just the Way You Are"
    Lançamento: 20 de julho de 2010
  2. "Grenade"
    Lançamento: 28 de setembro de 2010
  3. "The Lazy Song"
    Lançamento: 15 de fevereiro de 2011
  4. "Marry You"
    Lançamento: 22 de agosto de 2011
  5. "Count on Me"
    Lançamento: 7 de novembro de 2011

Doo-Wops & Hooligans é o álbum de estreia de estúdio do cantor, compositor e produtor musical norte-americano Bruno Mars. Foi lançado pelas editoras discográficas Atlantic e Elektra Records em 04 de outubro de 2010. O álbum debutou na 3ª posição da Billboard 200, dos EUA, com a venda de 55 mil cópias em sua primeira semana de vendas[1]. Atingiu também o Top 10 em países como Austrália, Canadá, Irlanda, França, Nova Zelândia e Brasil.

Seu primeiro single, "Just the Way You Are", chegou a ficar na 1ª posição da Billboard Hot 100 por quatro semanas consecutivas, enquanto o segundo single, "Grenade", além de também liderar as paradas norte-americanas, atingiu o 1o lugar em mais de quinze países mundialmente, tornando-se, portanto um hit internacional. O terceiro single, "The Lazy Song", apesar de não tão bem sucedido quanto os dois anteriores, alcançou a 4a posição na Billboard Hot 100, como a melhor, além do Top 20 em outros 11, incluindo Reino Unido, Canadá, Austrália, Áustria e Bélgica[1].

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

A liberação de Doo-Wops & Hooligans foi anunciada em um comunicado de imprensa em 25 de agosto de 2010, após o lançamento de estréia de Mars o extended play (EP), It's Better If You Don't Understand, no início do ano.[2] Falando à MTV News , Mars disse que o EP deu um efeito agradável para o álbum.[3] A capa do álbum foi lançado oficialmente em 30 de agosto de 2010.[4] A lista de faixas oficial foi revelado pela Atlantic Records em 09 de setembro de 2010.[5] Três canções do seu EP foram incluidas no álbum.[6]

Sobre o título do álbum, Mars disse: "Doo-wop" é uma palavra muito especial para mim. Porque eu cresci ouvindo meu pai escutando doo-wop. canções doo wop além de vir de um tempo em que não havia truques você só precisava de uma bela melodia, você precisava de uma bela voz, e você precisava conectar. Doo-wop é uma forma especial de música que eu cresci é direto ao ponto, muito simples. Tenho canções assim, eu tenho esse lado, simples romântico de mim, mas eu também sou apenas um cara jovem, regular e isso é como o lado hooligans.[7][8]

Composição e influências[editar | editar código-fonte]

Doo-Wops e Hooligans foi notada por sua grande variedade de influências, com elementos de pop[9][10][11][12], de rock, reggae, R&B, soul[11] e hip-hop[13]. Nas letras, muitas faixas foram descritos como "sentir-se bem", despreocupado e otimista, incluindo a canção de amor Just the Way You Are ("Quando você sorri, o mundo inteiro pára e olha por um tempo"), a amizade da canção "Count on Me" ("Você pode contar comigo como, Eu estarei lá"), e Marry You, uma canção cantando uma ideia de união espontânea. Além disso, The Lazy Song é descrito como um hino à preguiça.

Por outro lado, os indivíduos mais escuros são abordados em Grenade, como ("Tomaria um tiro na cabeça"), Talking to the Moon (Tem na esperança que você está do outro lado "). O experimental colaboração The Other Side foi freqüentemente observada como destaque do álbum, sendo o que tem a melhor produção.

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

Doo-Wops & Hooligans viu a sua estreia no Myspace em 24 de setembro e foi liberado para os varejistas digitais em 4 de outubro, e às lojas em 05 de outubro de 2010.[5][14] A edição deluxe que inclui duas faixas mais: um remix de Just the Way You Are com Lupe Fiasco e Somewhere in Brooklyn, originalmente do It's Better If You Don't Understand.[15][16][16]

Mars cantou várias das canções do álbum durante uma apresentação no Bowery Ballroom, em Nova York em 25 de agosto de 2010.[17] Ele apareceu como convidado musical de Saturday Night Live em 09 de outubro de 2010 e cantou Just the Way You Are, Nothin' on You e Grenade. Ele apoiou Travie McCoy em sua turnê européia em meados de outubro a novembro de 2010. A Atlantic Records permitiu a série de televisão musical Glee para cobrir duas músicas do álbum, Just the Way You Are e Marry You foram realizadas em "Furt", um episódio que foi ao ar em novembro de 2010.[5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Avaliação da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 61/100[10]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 4 de 5 estrelas.
Allmusic 3 de 5 estrelas.[18]
BBC Music desfavorável[19]
Canadian Online Explorer 3 de 5 estrelas.
Entertainment Weekly B+[11]
The Guardian 2 de 5 estrelas.[20]
The New York Times favorável[13]
The New Zealand Herald 3 de 5 estrelas.[21]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.[12]
Slant Magazine 2.5 de 5 estrelas.[22]

Após seu lançamento, Doo-Wops & Hooligans recebeu críticas variadas, foi dada uma normalizão classificando o de 61/100, com base em opiniões de Treze do agregado site Metacritic.[10] Entertainment Weekly deu ao álbum de B+, louvando a Mars por seu acesso instantâneo em melodias.[11] Sean Fennessey do The Washington deu ao álbum uma crítica favorável, chamando-o "sem esforço tuneful" e um bom começo para uma carreira durável.[23]

A Rolling Stone chamou o álbum de melhor estréia do ano, cujas faixas de entregar prazer sem pretensão.[12] Jon Caramanica do The New York Times chamou Doo-Wops & Hooligans um fantasticamente poliglota registro que mostra que ele é um estudo cuidadoso de uma série de songcraft pop, aplaudindo a sua variada gama de influências.[13] Tim Sendra dos allmusic deu ao álbum uma classificação de três estrelas fora de cinco anos, chamando-lhe uma estréia irregular que não toca em seu potencial como um escritor ou um produtor.[24]

Sendra elogiou o anteriormente canção lançada The Other Side, como o destaque do álbum. Eric Henderson escreveu para revista Slant criticando o álbum, dizendo que consegue desgastar suas boas-vindas a meio caminho.[18] Scott Kara de The New Zealand Herald desfrutou as duas primeiras faixas do álbum, mas notou que poderia ter tido mais de ambos os elementos titular para aumentar a sua "potência". Ken Capobianco estava desapontado que o álbum não tinha um aspecto autobiográfico a ele, mas por outro lado elogiou a entrega de Mars.[21] Alexis Petridis do The Guardian deu ao álbum uma classificação de duas estrelas em cada cinco, comentando o pop Bruno Mars. No entanto, Gareth Grundy também do The Guardian escreveu mais tarde: "Doo-Wops & Hooligans é invulgarmente eclética para um registro mainstream, pulando de reggae luz para Coldplay-lite e, no caso do recente hit The Lazy Song, mesmo novidade absoluta.[20]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, Doo-Wops & Hooligans estreou no número três na Billboard 200 em 13 de outubro de 2010, vendendo 55 mil cópias.[25] Desde então, o álbum já vendeu 1.258.500 cópias nos Estados Unidos e foi certificado em platina pela Recording Industry Association of America.[26][27] O álbum estreou na mesma semana na parada de álbuns do Canadá em número seis, e chegou ao topo da parada em quatro meses depois.[28][29] O álbum alcançou a posição número um no Reino Unido, entre os cinco primeiros na Nova Zelândia e Austrália, e número 29 na Irlanda.[30][31][32] Em 2011, Doo-Wops & Hooligans foi certificado de Platina na Nova Zelândia, Austrália, Canadá e Reino Unido.[33][34][35][36] A partir de 30 de outubro de 2011 o álbum vendeu 832.329 cópias no Reino Unido.

Singles[editar | editar código-fonte]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Versão padrão
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Grenade"   Bruno Mars, Philip Lawrence, Ari Levine, Brody Brown, Claude Kelly, Andrew Wyatt The Smeezingtons 3:42
2. "Just the Way You Are"   Mars, Lawrence, Levine, Khalil Walton, Khari Cain The Smeezingtons, Needlz 3:40
3. "Our First Time"   Mars, Lawrence, Levine The Smeezingtons 4:03
4. "Runaway Baby"   Mars, Lawrence, Levine, Brown The Smeezingtons 2:27
5. "The Lazy Song"   Mars, Lawrence, Levine, K'naan The Smeezingtons 3:15
6. "Marry You"   Mars, Lawrence, Levine The Smeezingtons 3:50
7. "Talking to the Moon"   Mars, Lawrence, Levine, Albert Winkler, Jeff Bhasker The Smeezingtons 3:37
8. "Liquor Store Blues" (com Damian Marley) Mars, Lawrence, Levine, Dwayne Chin-Quee, Mitchum Chin, Damian Marley, Thomas Pentz The Smeezingtons, Supa Dups 3:49
9. "Count on Me"   Mars, Lawrence, Levine The Smeezingtons 3:17
10. "The Other Side" (com Cee Lo Green e B.o.B) Bruno Mars, Lawrence, Levine, Brown, M. Caren, Patrick Stump, K. Rastegar, J. Wicks, J. Ruzmma, J. Lopez, Bobby Simmons, Jr. The Smeezingtons 3:47

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Editora discográfica Formato
 França 4 de Outubro de 2010 Warner Music CD
 Estados Unidos Atlantic Records/Elektra Records
 Áustria 5 de Outubro de 2010 Warner Music
 Canadá
 México
 Nova Zelândia 11 de Outubro de 2010
 Austrália 15 de Outubro de 2010
 Japão 12 de Janeiro de 2011
 Alemanha 14 de Janeiro de 2011
 Dinamarca 17 de Janeiro de 2011
 Reino Unido Elektra Records
 Polónia 24 de Janeiro de 2011 Warner Music
 Brasil 18 de Fevereiro de 2011

Referências

  1. a b Grein, Paul. «Week Ending Oct. 10, 2010: A Record Nobody Wanted To Set» (em inglês). Yahoo!. Consultado em 23–10–2010 
  2. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  3. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  4. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  5. a b c d Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  6. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  7. «Bruno Mars interview by Pete Lewis, 'Blues & Soul' October 2010». Bluesandsoul.com. Consultado em 2011-09-28 
  8. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  9. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  10. a b c «Critic Reviews for Doo-Wops and Hooligans at Metacritic». Metacritic. Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  11. a b c d Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  12. a b c Rosen, Jody (5 de outubro de 2010). «Bruno Mars: Doo-Wops & Hooligans». Rolling Stone. Wenner Media LLC. Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  13. a b c Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20. Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "TNYT" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  14. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  15. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  16. a b Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  17. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  18. a b Sendra, Tim. «allmusic ((( Doo-Wops & Hooligans > Overview )))». allmusic. Rovi Corporation. Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  19. Diver, Mike (20–01–2011). «Bruno Mars: Doo-Wops & Hooligans Review». BBC Music. BBC. Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  20. a b Petridis, Alexis (20–01–2011). «Bruno Mars: Doo-Wops & Hooligans – review». Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  21. a b Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20. Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "TNZH" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  22. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  23. Fennessey, Sean (5–10–2010). «'Doo-Wops & Hooligans' indicates that Bruno Mars is primed for a durable career». The Washington Post. The Washington Post Company. Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  24. Gockelen-Kozlowski, Tom (21–01–2011). «Bruno Mars: Doo-Wops & Hooligans, CD review». The Daily Telegraph. Telegraph Media Group. Consultado em 28 de dezembro de 2011 
  25. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  26. «Recording Industry Association of America». RIAA. Consultado em 2011-09-28 
  27. Langhorne, Cyrus (2011-09-14). «Lil Wayne Hits A Milli, Jay-Z & Kanye West Dethroned From Top 5, Bad Meets Evil Strike Gold». Sohh.Com. Consultado em 2011-09-28 
  28. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  29. a b Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  30. a b c d e f g h i j k l m n o p q r Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  31. a b Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  32. a b Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  33. «BPI: Certified Awards Search» (To access, one must enter the search parameter "Bruno Mars" and select "Search by Keyword"). British Phonographic Industry. Consultado em 2011-01-22 
  34. «Latest Gold / Platinum Albums». RadioScope. Consultado em 2011-05-26 
  35. «Canadian Recording Industry (CRIA): Gold & Platinum - January 2011». Canadian Recording Industry Association. Consultado em 2011-02-02 
  36. «Top 50 Albums Chart». Australian Recording Industry Association. Consultado em 2011-02-21 
  37. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  38. a b c Up for Discussion Jump to Forums (2009-09-14). «Bruno Mars: The Billboard Cover Story». Billboard.com. Consultado em 2011-09-28 
  39. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  40. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  41. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  42. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  43. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  44. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  45. a b Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  46. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  47. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  48. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  49. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  50. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  51. «Top 40 Mainstream Future Releases». All Access. All Access Music Group. 2011-02-15. Cópia arquivada desde o original em 2011-02-10. Consultado em 2011-02-10 
  52. «Singles Top 40 from the Official UK Charts Company». Theofficialcharts.com. Consultado em 2011-09-28 
  53. «Retrospectiva 2011 – Leia a edição de setembro da Billboard Brasil». Billboard Brasil 
  54. «Top of the Shops - službena tjedna lista prodanih albuma u Hrvatskoj». Hdu-toplista.com. 2011-06-13. Consultado em 2011-09-28 
  55. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  56. «MAHASZ – Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége». mahasz.hu. Consultado em 2011-04-13 
  57. «Oficjalna lista sprzedaży :: OLIS - Official Retail Sales Chart». OLiS. 2011-02-24. Consultado em 2010-05-28 
  58. «G-Music 商品基本資料». G-music.com.tw. Consultado em 2011-09-28 
  59. «G-Music 風雲榜 (西洋榜)». G-music.com.tw. Consultado em 2011-09-28 
  60. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  61. «ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 100 Albums 2010». Australian Recording Industry Association. 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  62. «Annual Top 50 Albums Chart 2010». Recording Industry Association of New Zealand. 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  63. «End of Year Top Albums» (PDF). ARIA. Consultado em 31 de Dezembro de 2011 
  64. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  65. Erro Lua: Unclosed capture beginning at pattern character 20.
  66. «Best of 2011 Canadá Albums». Billboard. 2011. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  67. «Best of 2011 Billboard 200 Álbuns». Billboard. 2011. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  68. «Best of 2011 Digital Albums». Billboard. 2011. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  69. «Dutch Charts 2011» (em Dutch). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 31 de dezembro de 2011 
  70. «Revealed: The Top 40 singles and albums of 2011 so far». The Official Charts Company. 2011. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  71. «"Austrian album certifications – Bruno Mars – Doo-Wops & Hooligans"». Austria. Click Suchen. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  72. «"ARIA Charts – Accreditations – 2011 Albums"». Australian Recording Industry Association. Consultado em 26 de dezembro de 2011 
  73. http://www.ifpi.at/?section=goldplatin. Consultado em 16 de dezembro de 2011  Em falta ou vazio |title= (ajuda)
  74. . "Ultratop − Goud en Platina - 2011" http://www.ultratop.be/nl/certifications.asp?year=2011. Consultado em 16 de dezembro de 2011  Em falta ou vazio |title= (ajuda)
  75. «"Canadian album certifications – Bruno Mars – Doo-Wops & Hooligans". Music Canada.». CRIA. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  76. «"Certificeringer». International Federation of the Phonographic Industry. Consultado em 16 de dezembro de 2011  Texto " ifpi.dk"" ignorado (ajuda)
  77. «"American album certifications – Bruno Mars – Doo-Wops & Hooligans"». Recording Industry Association of America. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  78. «"New Zealand album certifications – Bruno Mars – Doo-Wops & Hooligans"». RIANZ. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  79. «"Polish album certifications – Bruno Mars – Doo-Wops & Hooligans"». ZPAV. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  80. «"British album certifications – Bruno Mars – Doo-Wops & Hooligans"». BPI. Consultado em 16 de dezembro de 2011