Edições do Windows 10

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Windows 10 tem doze edições, todas com diversos conjuntos de recursos, casos de uso ou dispositivos pretendidos. Certas edições são distribuídas apenas em dispositivos diretamente de um fabricante de equipamento original (OEM), enquanto edições como Enterprise e Education estão disponíveis apenas por meio de canais de licenciamento por volume. A Microsoft também disponibiliza edições do Windows 10 aos fabricantes de dispositivos para uso em classes específicas de dispositivos, incluindo dispositivos IoT e o Windows 10 Mobile para smartphones anteriormente comercializado.

Edições básicas[editar | editar código-fonte]

As edições básicas são as únicas edições disponíveis como compras autônomas em pontos de venda.

Home

O Windows 10 Home foi projetado para uso em PCs, tablets e PCs 2 em 1. Inclui todos os recursos direcionados aos consumidores.[1][2][3]

Pro

O Windows 10 Pro inclui todos os recursos do Windows 10 Home, com recursos adicionais voltados para profissionais e ambientes de negócios, como Active Directory, Remote Desktop, BitLocker, Hyper-V e Windows Defender Device Guard.[1][2][3]

Pro for Workstations

O Windows 10 Pro for Workstations foi projetado para hardware de ponta para tarefas intensivas de computação e oferece suporte aos processadores Intel Xeon e AMD Opteron e os mais recentes AMD Epyc; até quatro CPUs; até 6TB de RAM/ o sistema de arquivos ReFS; Módulo de memória dupla em linha não volátil (NVDIMM); e acesso remoto direto à memória (RDMA).[4][5][6]

Edições organizacionais[editar | editar código-fonte]

Essas edições adicionam recursos para facilitar o controle centralizado de muitas instalações do sistema operacional em uma organização. O principal meio de adquiri-los é um contrato de licenciamento por volume com a Microsoft.

Education

O windows 10 Education é distribuído por meio de Licenciamento por Volume Acadêmico. Ele foi desenvolvido a partir do Windows 10 Enterprise e inicialmente relatado ter o mesmo conjunto de recursos.[1][2][3] A partir da versão 1709, no entanto, esta edição tem menos recursos. Consulte Gráfico de comparação para obter detalhes.

Pro Education

Esta edição foi lançada em julho de 2016 para parceiros de hardware em novos dispositivos adquiridos com a licença acadêmica K–12 com desconto. Ele foi criado a partir da edição Pro do Windows 10 e contém basicamente os mesmos recursos do Windows 10 Pro, com diferentes opções desabilitadas por padrão, e adiciona opções para configuração e implantação em um ambiente educacional. Ele também apresenta um aplicativo "Set Up School PCs" que permite o provisionamento de configurações usando uma unidade flash USB e não inclui Cortana, sugestões da Microsoft Store, Windows Sandbox ou Windows Spotlight.[7][8][9]

Enterprise

O Windows 10 Enterprise fornece todos os recursos do Windows 10 Pro, com recursos adicionais para auxiliar as organizações baseadas em TI.[1][2][3] O Windows 10 Enterprise é configurável em dois canais de serviço, Canal Semestral e Programa Windows Insider.[10]

Enterprise LTSC

Enterprise LTSC(Long-Term Servicing Channel) (anteriormente LTSB (Long-Term Servicing Branch)) é uma variante de suporte de longo prazo do Windows 10 Enterprise lançado a cada 2 a 3 anos. Cada lançamento é compatível com atualizações de segurança por 10 anos após seu lançamento e intencionalmente não recebe atualizações de recursos. Alguns recursos, incluindo a Microsoft Store e aplicativos agrupados, não estão incluídos nesta edição.[11][1][3] Esta edição foi lançada pela primeira vez como Windows 10 Enterprise LTSB (Long-Term Servicing Branch).[12] Existem atualmente 3 lançamentos do LTSC: um em 2015 (versão 1507), um em 2016 (versão 1607) e um em 2018 (versão 1809).[13]

Edições específicas do dispositivo[editar | editar código-fonte]

Essas edições são licenciadas apenas para OEMs e são obtidas principalmente por meio da compra de hardware que o inclui:

IoT

Uma variante rebatizada dos sistemas operacionais incorporados anteriores da Microsoft, o Windows Embedded. Projetado especificamente para uso em dispositivos de baixo custo e pequenas dimensões e ambientes IoT. Cinco edições estão disponíveis: IoT Core, IoT Core Pro e IoT Enterprise, bem como IoT Core LTSC e IoT Enterprise LTSC.[14][15][16][17]

Team

Uma edição específica usada pelo Quadro interativo do Surface Hub da Microsoft.[18]

Edições descontinuadas[editar | editar código-fonte]

As seguintes edições do Windows 10 foram descontinuadas (a partir do Windows 10 versão 1803). Para Mobile e Mobile Enterprise, a Microsoft confirmou que estava saindo do mercado de dispositivos móveis para o consumidor, portanto, nenhum produto sucessor está disponível.[19]

Mobile

O Windows 10 Mobile foi projetado para smartphones, incluindo capacidade de Continuum. Foi o sucessor de fato do Windows Phone 8.1 e do Windows RT.[1][2]

Mobile Enterprise

O Windows 10 Mobile Enterprise forneceu todos os recursos do Windows 10 Mobile, com recursos adicionais para ajudar as organizações baseadas em TI, de maneira semelhante ao Windows 10 Enterprise, mas otimizado para dispositivos móveis.[1][2]

IoT Mobile

Um equivalente binário do Windows 10 Mobile Enterprise licenciado para aplicativos IoT. Também conhecido como IoT Mobile Enterprise.[20][21]

S

O Windows 10 S é uma edição limitada de recursos do Windows 10 projetada principalmente para dispositivos de baixo custo no mercado educacional. Possui processo de configuração inicial e login mais rápido e permite que os dispositivos sejam provisionados usando uma unidade USB com o aplicativo "Set Up School PCs". O Windows 10 S permite a instalação de software (tanto a Plataforma Universal do Windows quanto os aplicativos da API do Windows) apenas a partir da Microsoft Store, e programas de linha de comando e shells (mesmo da Microsoft Store) não são permitidos.[22][23] As configurações do sistema são bloqueadas para permitir que apenas o Microsoft Edge como navegador padrão com o Bing como mecanismo de busca.[24] O sistema operacional pode ser atualizado para Windows 10 Pro por uma taxa, para permitir a instalação irrestrita de software.[25][26] Todos os dispositivos Windows 10 S incluem uma assinatura gratuita de um ano do Minecraft: Education Edition. Os críticos compararam a edição ao Windows RT e o consideraram um concorrente do Chrome OS.[25][27][28][29][30]
Em março de 2018, a Microsoft anunciou que descontinuaria o Windows 10 S, alegando confusão entre fabricantes e usuários finais. A Microsoft afirmou que iria substituir esta edição com a capacidade de os fornecedores enviarem seus dispositivos Windows 10 Home ou Pro no "Modo S", em que o padrão do Windows permite que apenas aplicativos sejam instalados da Microsoft Store. O modo S não exige pagamento para desativar essas restrições.[31][32][33]

Windows 10X

Anunciado originalmente para uso em dispositivos de tela-dupla, como o Surface Neo e outros fatores de forma potencial, o 10X apresentava uma interface de usuário modificada projetada em torno de interações específicas de contexto ou "posturas" em tais dispositivos, incluindo um menu Iniciar reprojetado sem blocos e o uso de tecnologia de contêiner para executar o software Win32.[34][35] Em 4 de maio de 2020, a Microsoft anunciou que o Windows 10X seria inicialmente usado em dispositivos de tela única, e que eles continuariam "a procurar o momento certo, em conjunto com nossos parceiros OEM, para trazer dispositivos de tela dupla ao mercado".[36] Em 18 de maio de 2021, o chefe de serviço e entrega do Windows, John Cable, afirmou que o Windows 10X foi descartado como um produto personalizado e que os conceitos que foram desenvolvidos para o 10X serão aproveitados como parte de atualizações futuras.[37]

Variações[editar | editar código-fonte]

Tal como acontece com as versões anteriores do Windows desde o Windows XP, todas as edições do Windows 10 para hardware de PC têm variações "N" e "KN" na Europa e na Coreia do Sul que excluem certas funcionalidades multimídias agrupadas, incluindo reprodutores de mídia e componentes relacionados, a fim de cumprir com decisões antitruste. O "Pacote de recursos de mídia" pode ser instalado para restaurar esses recursos".[38]

Tal como acontece com o Windows 8.1, um preço reduzido "Windows 10 com Bing" SKU está disponível para OEMs; ele é subsidiado por ter o mecanismo de pesquisa Bing da Microsoft definido como padrão, que não pode ser alterado para um mecanismo de pesquisa diferente pelos OEMs. Ele se destina principalmente a dispositivos de baixo custo e é idêntico ao Windows 10 Home.[39]

Em maio de 2017, foi relatado que a Microsoft, como parte de sua parceria com a China Electronics Technology Group, criou uma variante especialmente modificada do Windows 10 Enterprise("G") projetada para uso em filiais do governo chinês. Esta variante é pré-configurada para "remover recursos que não são necessários para funcionários do governo chinês" e permitir o uso de seus algoritmos de criptografia internos.[40][41]

Gráfico de comparação[editar | editar código-fonte]

Guia
Item Significado
Sim O recurso está presente na edição dada
sim, desde [atualização] O recurso está presente em determinada edição após a instalação de uma determinada atualização
Não O recurso está ausente na edição fornecida
Não, desde [atualização] O recurso está ausente em determinada edição após a instalação de uma determinada atualização (pode estar total ou parcialmente presente antes dessa atualização)
[Explicação] O recurso está parcialmente presente na edição fornecida
[Explicação], desde [atualização] O recurso está parcialmente presente em determinada edição, após a instalação de uma determinada atualização (pode estar totalmente presente antes dessa atualização ou nem mesmo estar presente)
Comparação das edições do Windows 10[42][43][44][45]
Características Home Pro Pro Education Education Pro for Workstations Enterprise
Arquitetura IA-32, x86-64
Disponibilidade OEM,
Varejo
OEM,
Varejo,
Licenciamento por volume
Licenciamento por volume

acadêmico

Licenciamento por volume OEM (workstation PCs),
Varejo (atualização do Home ou Pro),
Licenciamento por volume
Licenciamento por volume
Tem Variações N ou KN? Sim
memória física máxima (RAM) 4 GB em IA-32
128 GB em x86-64
4 GB em IA-32
2 TB (2048 GB) em x86-64
4 GB em IA-32
6 TB (6144 GB) em x86-64
Máximo de soquetes de CPU[46] 1 2 4
Máximo de CPU cores 64 128 256
Nível mínimo de telemetria[a][47] Requerido Dados de segurança Requerido Dados de segurança
Continuum[48] Sim
Segurança familiar e controle dos pais Sim[49]
Cortana[b] Sim Sim, desabilitado por padrão Sim, desde 1703 Sim
Criptografia de dispositivo de hardware Sim
Microsoft Edge Sim
Suporte a pacote de dados de vários idiomas Sim
Gerenciamento de dispositivos móveis Sim
Carregamento lateral de aplicativos de linha de negócios Sim
Virtual desktops Sim
Windows Hello[c] Sim
Pode pausar as atualizações? Sim, desde 1903 Sim
Windows Spotlight Sim
Sugestões da Microsoft Store[8][9] Sim Sim, desabilitado por padrão Sim
Area de trabalho remota Apenas cliente Cliente e anfitrião
App Remoto Apenas cliente Cliente e anfitrião Apenas cliente Cliente e anfitrião
Suporte ReFS[50][51] Não é possível criar, desde 1709[52] Sim Sim
Subsistema Windows para Linux SKUs de 64-bits apenas SKUs 64-bits apenas desde 1607
Sandbox do Windows Não Apenas 64-bit
Hyper-V Não SKUs de 64-bit apenas
Acesso Atribuído 8.1 Não Sim
BitLocker Não Sim
Microsoft Store for Business Não Sim
Conditional Access Não Sim
Device Guard Não Sim
Sistema de criptografia de arquivos Não Sim
Proteção de dados corporativos Não Sim
Modo Empresarial Internet Explorer (EMIE) Não Sim
Ingressar em um domínio e gerenciamento de Política de Grupo Não Sim
Ingressando em um Joining a Microsoft Azure Active Directory Não Sim
Catálogo privado Não Sim
Windows Analytics Não Sim
Proteção de informações do Windows Não Sim
Windows Update for Business Não Sim
Suporte NVDIMM Não[53] Sim
Remote Direct Memory Access Não[54] Sim
AppLocker Não Sim Não Sim
BranchCache Não Sim Não Sim
Credential Guard (Pass the hash mitigations) Não Sim Não Sim
Microsoft App-V Não Sim Não Sim
Microsoft Desktop Optimization Pack (MDOP) Não Sim Não Sim
Microsoft UE-V Não Sim Não Sim
Iniciar controle de tela com Política de Grupo Não Sim Não Sim
Controle de bloqueio da Experiência do usuário Não Sim Não Sim
Filtro de gravação unificado (UWF) Não Sim Não Sim
DirectAccess[55] Não Sim[56] Não Sim
Opção de manutenção de longo prazo disponível (LTSC) Não Sim
Windows To Go[d] Não Não, desde 2004
Características Home Pro Pro Education Education Pro for Workstations Enterprise

[1] O limite de 4GB para edições de 32bits é uma limitação do endereçamento de 32bits, não do prórpio Windows 10. Na prática, menos de 4GB de memória são endereçáveis, pois o espaço de 4GB também inclui os periféricos mapeados na memória.

A fórmula de licenciamento OEM da Microsoft leva em consideração o tamanho da tela, a capacidade de RAM e de armazenamento. Em meados de 2015, esperava-se que os dispositivos com 4GB de RAM fossem $20 mais caros do que os dispositivos com 2GB de RAM.[59]

Caminho de atualização[editar | editar código-fonte]

Upgrade gratuito[editar | editar código-fonte]

No momento do lançamento, a Microsoft considerou os usuários do Windows 7 (com Service Pack 1) e do Windows 8.1 qualificados para atualizar para o Windows 10 gratuitamente, desde que a atualização ocorra dentro de um ano da data de lançamento inicial do Windows 10. O Windows RT e as respectivas edições Enterprise do Windows 7, 8 e 8.1 foram excluídos desta oferta.[60]

Matriz da atualização gratuita do Windows 10
(Para o primeiro ano de lançamento)[60]
Versão e edição do Windows Edição do Windows 10
Windows 7 Starter Home
Windows 7 Home Basic
Windows 7 Home Premium
Windows 8.1 with Bing
Windows 8.1
Windows 7 Professional Pro
Windows 7 Ultimate
Windows 8.1 Pro
Windows Phone 8.1 Mobile

Atualização comercial[editar | editar código-fonte]

A tabela a seguir resume os possíveis caminhos de atualização que podem ser seguidos, desde que as licenças adequadas sejam adquiridas.

Guia
Item Significado
Upgrade A atualização é possível, preservando aplicativos, configurações e dados.
Clean A atualização é possivel, mas todos os aplicativos, configurações e dados são perdidos.
Downgrade A atualização é possível, mas alguns recursos foram perdidos.
Metas de atualização com suporte[61]
Versão
Windows
Edição
Windows
Alvo de atualização
Windows
10 Home
Windows
10 Pro
Windows 10
Pro for Workstations
Windows 10
Pro Education
Windows 10
Education
Windows 10
Enterprise
Windows 10
Mobile
Windows 7 Starter Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Clean
Home Basic Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Clean
Home Premium Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Clean
Professional Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Ultimate Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Enterprise Clean Clean Upgrade Clean Upgrade Upgrade
Windows 8.1 (Core) Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Clean
with Bing Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Clean
Pro Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Pro for Students Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Pro with Media Center Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Enterprise Clean Clean Clean Clean Upgrade Upgrade
Embedded Industry Clean Clean Clean Clean Clean Upgrade
Windows RT
Phone 8.1 Upgrade
Windows 10 Home Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Pro Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Pro for Workstations Downgrade Downgrade Upgrade Upgrade Upgrade
Pro Education Downgrade Upgrade Upgrade Clean Clean
Education Clean Clean Clean Clean Upgrade
Enterprise Clean Clean Clean Clean Downgrade
Mobile


Branchs de lançamento[editar | editar código-fonte]

Novos lançamentos do Windows 10, chamados de atualizações de recursos,[11] são lançados duas vezes por ano como uma atualização gratuita para usuários existentes do Windows 10. Cada atualização de recurso contém novos recursos e outras alterações no sistema operacional.[62] O ritmo em que um sistema recebe atualizações de recursos depende do branch de lançamento do qual o sistema baixa suas atualizações. O Windows 10 Pro, Enterprise e Education podem opcionalmente usar uma filial que recebe atualizações em um ritmo mais lento. Esses modos podem ser gerenciados por meio de configurações do sistema, Windows Server Update Services (WSUS), Windows Update for Business, Política de Grupo ou por meio de sistemas de Gerenciamento de dispositivos móveis, como o Microsoft Intune.[11]

Windows Insider

O Windows Insider é um programa de testes beta que permite o acesso a compilações de pré-lançamento do Windows 10; ele foi projetado para permitir que usuários avançados, desenvolvedores e fornecedores testem e forneçam comentários sobre futuras atualizações de recursos do Windows 10 à medida que são desenvolvidas. O próprio Windows Insider consiste em quatro "anéis", "Rápido" (que recebe novas compilações à medida que são lançadas), "Lento" (que recebe novas compilações em um atraso após ser implantado para usuários de anel Rápido), "Realease Preview" (que recebe acesso antecipado a atualizações para o Current Branch) e anteriormente "Skip Ahead" (que recebe compilações precoces para a próxima atualização de recursos enquanto uma versão mais atual está sendo concluída).

Semi-Annual Channel (Targeted) - Canal semestral (direcionado)

O Canal Semestral (direcionado), anteriormente conhecido como Current Branch (CB), distribui todas as atualizações de recursos à medida que se graduam no Windows Insider branch. A Microsoft oferece suporte apenas à compilação mais recente. Uma atualização de recurso pode ser adiada por até 365 dias, uma atualização de qualidade pode ser adiada por até 30 dias antes de ser listada como disponível no Windows Update. A partir da versão 1703, configurações adicionais são fornecidas para pausar a verificação de atualizações por até 35 dias, mas não estavam disponíveis no Windows 10 Home até a versão 1903.[63][64][65][66]

Semi-Annual Channel - Canal Semestral

O Canal Semestral, anteriormente conhecido como Current Branch fo Business (CBB), distribui atualizações de recursos em um atraso de quatro meses de seu lançamento original para o Canal Semestral. Isso permite que clientes e fornecedores avaliem e realizem testes adicionais em novas construções antes de implementações mais amplas. Os dispositivos podem ser alternados de volta para o canal semestral (direcionado) a qualquer momento. O Canal Semestral não está disponível no Windows 10 Home.[11][67]

Long-Term Servicing Channel - Canal de manutenção de longo prazo (LTSC)

Esta opção de serviço está disponível exclusivamente para edições Windows 10 Enterprise, IoT Core e IoT Enterprise LTSC. Os instantâneos de distribuição dessas edições são atualizados a cada 2-3 anos. Os builds do LTSC seguem a política de suporte tradicional da Microsoft que estava em vigor antes do Windows 10: eles não são atualizados com novos recursos e recebem suporte com atualizações críticas por 10 anos após seu lançamento. A Microsoft oficialmente desencoraja o uso de LTSC fora de "dispositivos de uso especial" que executam uma função fixa e, portanto, não requerem novos recursos de experiência do usuário. Como resultado, ele exclui a Windows Store, a maioria das funcionalidades da Cortana e a maioria dos aplicativos agrupados (incluindo o Microsoft Edge).[11][1][3] De acordo com um anúncio da Microsoft, esta opção de serviço foi renomeada de Long-Term Servicing Branch (LTSB) em 2016 para Long-Term Servicing Channel (LTSC) em 2018, para coincidir com as mudanças de nome mencionadas acima.[12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Existem três (anteriormente quatro) níveis de telemetria, na ordem de magnitude: Dados de diagnóstico desativados (Segurança), Obrigatório (Básico) e Opcional (Completo). Quanto mais alto o nível, mais informações são enviadas à Microsoft. As versões anteriores do Windows 10 tinham um nível entre Obrigatório e Opcional, e os nomes mais antigos para os níveis são mostrados entre parênteses.
  2. A Cortana está disponível apenas em alguns mercados. A experiência pode variar por região e dispositivo.
  3. O Windows Hello requer hardware especializado, como leitor de impressão digital, sensor infravermelho iluminado ou outro sensor biométrico.
  4. No Windows 10 Pro, um mini aplicativo do Painel de Controle correspondente a este recurso aparece, mas uma imagem do Windows 10 Enterprise ou Education ainda é necessária.[57][58]

Referências

  1. a b c d e f g h Prophet, Tony (13 de maio de 2015). «Introducing Windows 10 Editions». Windows Experience Blog. Microsoft 
  2. a b c d e f Bott, Ed (14 de maio de 2015). «Windows 10 editions: Everything you need to know». ZDNet. CBS Interactive 
  3. a b c d e f Foley, Mary Jo (2 de julho de 2015). «Which Windows 10 editions get which features?». ZDNet. CBS Interactive 
  4. Diaconu, Klaus (10 de agosto de 2017). «Microsoft announces Windows 10 Pro for Workstations». Windows For Your Business. Microsoft 
  5. Foley, Mary Jo (10 de agosto de 2017). «Microsoft confirms new Windows 10 Pro for Workstations edition». ZDNet. CBS Interactive 
  6. Warren, Tom (10 de agosto de 2017). «Microsoft reveals new Windows 10 Workstations edition for power users». The Verge. Vox Media 
  7. Foley, Mary Jo (27 de julho de 2016). «Microsoft to add new Windows 10 Pro Education edition to its line-up». ZDNet. CBS Interactive 
  8. a b «Windows 10 editions for education customers». Microsoft. Consultado em 22 de fevereiro de 2019 
  9. a b «Manage Windows 10 and Microsoft Store tips, "fun facts", and suggestions». Microsoft. Consultado em 22 de fevereiro de 2019 
  10. DaniHalfin. «Assign devices to servicing branches for Windows 10 updates (Windows 10)». docs.microsoft.com (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2017 
  11. a b c d e «Overview of Windows as a service». Microsoft. Consultado em 6 de maio de 2017 
  12. a b Brinkmann, Martin (28 de julho de 2017). «Windows 10 LTSB becomes Windows 10 LTSC». gHacks Technology News 
  13. Keizer, Gregg. «FAQ: Windows 10 LTSB explained». Computerworld (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2018 
  14. «Windows 10 IoT for your business». Windows for Business. Microsoft. Consultado em 16 de janeiro de 2016 
  15. «Windows 10 IoT Enterprise». MS Embedded. Silica. 14 de agosto de 2015. Consultado em 1 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 8 de maio de 2017 
  16. Foley, Mary Jo (3 de dezembro de 2015). «Microsoft updates Windows 10 IoT, adds new Core Pro version». ZDNet. CBS Interactive 
  17. «Windows 10 IoT Lifecycle search». microsoft Support. Microsoft. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  18. «Windows 10 Team Anniversary Update now available for Microsoft Surface Hub». Neowin (em inglês). Consultado em 3 de maio de 2017 
  19. Patrizio, Andy. «Microsoft is leaving the consumer mobile market». Network World. IDG Publishing. Consultado em 30 de agosto de 2018 
  20. «Windows 10 on Thin Clients: Deliver Best Results with Scout Agents (Part 1 of 2)». Fujitsu. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  21. «Supported operating systems and browsers in Intune». Microsoft. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  22. Turner, Rich. «Will Linux distros run on Windows 10 S?». Microsoft. Consultado em 26 de maio de 2017 
  23. Gartenberg, Chaim (19 de maio de 2017). «Linux distros won't run on Windows 10 S after all». The Verge. Vox Media 
  24. Warren, Tom. «Windows 10 S won't let you change the default browser or switch to Google search». The Verge. Vox Media 
  25. a b Chacos, Brad. «Meet Windows 10 S, a streamlined, simplified, Microsoft Store-only OS for schools». PC World. IDG 
  26. Warren, Tom (19 de junho de 2017). «Microsoft now lets Surface Laptop owners revert back to Windows 10 S». The Verge. Vox Media 
  27. «Windows 10 S is Microsoft's answer to Chrome OS». The Verge. Vox Media. Consultado em 2 de maio de 2017 
  28. Bright, Peter (14 de setembro de 2016). «Desktop apps make their way into the Microsoft Store». Ars Technica. Condé Nast 
  29. «Windows 10 Cloud looks just like Windows 10 in leaked screenshots». The Verge. Vox Media. Consultado em 11 de março de 2017 
  30. «Leaked Microsoft document confirms Windows 10 Cloud and a Chromebook competitor». PC World. IDG. Consultado em 23 de abril de 2017 
  31. «Microsoft admits Windows 10 S was confusing, new 'S Mode' upgrades will be free». The Verge. Consultado em 8 de março de 2018 
  32. Tung, Liam. «Windows 10 to permit block on apps installing if they're not from Microsoft Store». ZDNet (em inglês). Consultado em 8 de março de 2018 
  33. «Windows 10 in S mode FAQ». Windows.com. Microsoft 
  34. Warren, Tom (2 de outubro de 2019). «Microsoft Surface Neo first look: the future of Windows 10X is dual-screen». The Verge (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2020 
  35. Hollister, Sean (2 de outubro de 2019). «Windows 10X is Microsoft's latest stab at a 'Lite' operating system, exclusively for dual-screens». The Verge (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2020 
  36. Warren, Tom (4 de maio de 2020). «Microsoft confirms Windows 10X is coming to laptops amid big jump in Windows usage». The Verge (em inglês). Consultado em 4 de maio de 2020 
  37. Warren, Tom (18 de maio de 2021). «Microsoft confirms Windows 10X is dead». The Verge (em inglês). Consultado em 18 de junho de 2021 
  38. Ron (2 de agosto de 2015). «Grab the Media Feature Pack for Windows 10 N and Windows 10 KN editions.». WinBeta. Consultado em 11 de março de 2016 
  39. Slater-Robins, Max. «Microsoft is helping manufacturers make cheap tablets that can run Windows as well as Android». Business Insider UK. Business Insider UK. Consultado em 23 de abril de 2016 
  40. «Microsoft made a version of Windows 10 for the Chinese government». Engadget. Consultado em 28 de maio de 2017 
  41. Myerson, Terry (23 de maio de 2017). «Announcing Windows 10 China Government Edition and the new Surface Pro». Windows 10 blog. Microsoft 
  42. Dudau, Vlad (10 de junho de 2015). «Microsoft shows OEMs how to market Windows 10; talks features and SKUs». Neowin. Neowin LLC. Consultado em 19 de junho de 2015 
  43. «Compare Windows 10 Pro & Enterprise (E3 & E5) Commercial Editions». microsoft.com. Microsoft. Consultado em 2 de julho de 2015 
  44. «Compare Windows 10 Editions & Versions | Home & Pro». microsoft.com. Microsoft. Consultado em 30 de outubro de 2017 
  45. Howse, Brett (2 de julho de 2015). «Windows 10 Editions Compared». AnandTech. Purch 
  46. Andre Da Costa (15 de setembro de 2015). «Understanding Windows 10 Editions, Architectures and Builds». groovyPost (em inglês). Consultado em 12 de janeiro de 2020 
  47. «Configure Windows telemetry in your organization». docs.microsoft.com. Microsoft. 10 de agosto de 2020 
  48. «Continuum on Windows 10» 
  49. Confirmed by @MicrosoftHelps (Verified) on Twitter
  50. «Features that are removed or deprecated in Windows 10 Fall Creators Update». Support 28 ed. Microsoft. 17 de outubro de 2017 
  51. https://aka.ms/AA8e7f0
  52. https://aka.ms/AA8ho6o
  53. https://aka.ms/AA8d467
  54. https://aka.ms/AA8fbin
  55. shortpatti. «DirectAccess». docs.microsoft.com (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2019 
  56. https://directaccess.richardhicks.com/2016/08/04/directaccess-and-windows-10-in-education/
  57. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome BtG-Thurrot
  58. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome BtG-FAQ
  59. «TrendForce Adjusts Notebooks' Unit Memory Capacity for 2015 Down by 3~5% due to Microsoft's New License Fee Arrangement for Windows 10». DRAMeXchange. TrendForce Corp. 27 de julho de 2015. Consultado em 11 de março de 2016 
  60. a b Trent, Rod (9 de junho de 2015). «Windows 10 Upgrade Paths». SuperSite for Windows. Penton 
  61. Lindsay, Greg; Lich, Brian (5 de abril de 2017). «Windows 10 upgrade paths». Microsoft Docs. Microsoft 
  62. Warren, Tom (20 de abril de 2017). «Microsoft will now release major Windows 10 updates every March and September». The Verge. Vox Media 
  63. «How to Pause Windows 10 Automatic Updates To Avoid Critical Bugs». www.bleepingcomputer.com. Consultado em 1 de setembro de 2020 
  64. «Windows 10 : the case of the missing update deferral options - gHacks Tech News». www.ghacks.net. Consultado em 13 de junho de 2019 
  65. Leonhard, Woody (1 de março de 2017). «Put Windows 10 updates on hold—now available in Creators Update build 15046». Computerworld. IDG. Consultado em 6 de maio de 2017 
  66. Paul, Ian (18 de abril de 2017). «How to defer future updates in the Windows 10 Creators Update». PC World. IDG 
  67. Keizer, Gregg (17 de novembro de 2015). «How to defer upgrades and updates in Windows 10 Pro». Computerworld. IDG 
  68. https://www.neowin.net/news/windows-server-2019-and-windows-server-version-1809-will-be-generally-available-in-october/