Eleições estaduais no Maranhão em 1960

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
‹ 1958 Brasil 1962
Eleições estaduais no  Maranhão em 1960
3 de outubro de 1960
(Turno único)
Replace this image male.png Replace this image male.png
Candidato Newton Belo Clodomir Millet
Partido PSD PSP
Natural de São Bento, MA Codó, MA
Vice Alfredo Duailibe Alexandre Costa
Votos 143.414 84.186
Porcentagem 63,01% 36,99%


Brasão do Maranhão.png
Governador do Maranhão

Eleito
Newton Belo
PSD

As eleições estaduais no Maranhão em 1960 aconteceram em 3 de outubro como parte das eleições gerais em nove estados cujos governadores exerciam um mandato de cinco anos. No mesmo dia ocorreu a eleição presidencial.[nota 1]

Formado em Direito na Universidade Federal do Maranhão, o governador Newton Belo foi promotor de justiça em Codó, Cururupu, Rosário e São Luís antes de dirigir a Imprensa Oficial do Maranhão no governo Aquiles Lisboa. Retornou à política após o Estado Novo elegendo-se vereador de São Luís em 1947 pelo PST e por essa agremiação foi eleito suplente do senador Antônio Bayma e deputado estadual em 1950.[nota 2] Seguidor de Vitorino Freire, o acompanhou no reingresso ao PSD elegendo-se deputado federal em 1954 e 1958 passando pela Secretaria de Justiça no governo Matos Carvalho.[1]

Para vice-governador eleito foi Alfredo Duailibe. Médico formado em 1936 na Universidade Federal do Rio de Janeiro especializado em Medicina Esportiva. Professor da Universidade Federal do Maranhão, dirigiu a Instrução Pública, o Serviço de Educação Física e integrou o secretariado do governo Sebastião Archer. Eleito deputado federal pelo PST em 1950, voltou ao PSD no curso do mandato e elegeu-se suplente do senador Vitorino Freire em 1954. Seu último cargo público foi o de superintendente da Legião Brasileira de Assistência (LBA) do Maranhão.[2][3]

Em relação aos dois últimos pleitos a vitória de Newton Belo transcorreu sem recursos ao Poder Judiciário e sua posse foi realizada na data prevista. Foi o derradeiro triunfo do grupo vitorinista em disputas envolvendo o Palácio dos Leões embora o pleito de 1962 tenha concedido sobrevida política a Vitorino Freire, aliado do Regime Militar de 1964 tal como José Sarney.

Resultado da eleição para governador[editar | editar código-fonte]

Os percentuais refletem o total dos votos válidos obtidos pelos candidatos segundo os votos apurados.[4]

Candidatos a governador do estado
Candidatos a vice-governador Número Coligação Votos Percentual
Newton Belo
PSD
Ver abaixo
-
-
PSD, UDN, PTB, PL
143.414
63,01%
Clodomir Millet
PSP
Ver abaixo
-
-
PTN, UDN, PR, PSP
84.186
36,99%
  Eleito

Resultado da eleição para vice-governador[editar | editar código-fonte]

Os percentuais refletem o total dos votos válidos obtidos pelos candidatos segundo os votos apurados.[4]

Candidatos a vice-governador
Candidatos a governador do estado Número Coligação Votos Percentual
Alfredo Duailibe
PSD
Ver acima
-
-
PSD, UDN, PTB, PL
132.325
59,72%
Alexandre Costa
PSP
Clodomir Millet
-
-
PTN, UDN, PR, PSP
89.239
40,28%
  Eleito

Notas

  1. Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Santa Catarina.
  2. Entre o fim do Estado Novo e o início do Regime Militar de 1964 a legislação permitia a candidatura de um mesmo político a mais de um cargo eletivo num mesmo pleito.

Referências

  1. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Newton Belo». Consultado em 17 de abril de 2014 
  2. «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Alfredo Dualibe». Consultado em 18 de abril de 2014 
  3. «Senado Federal do Brasil: senador Alfredo Dualibe». Consultado em 12 de maio de 2018 
  4. a b «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 11 de maio de 2018