Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Eleuterna"

m
sem resumo de edição
m
 
A fundação do assentamento remonta ao início da [[Idade do Bronze]], que em Creta foi iniciada cerca de {{AC|3200|x}}.<ref name=ekat/> A cidade floresceu nos períodos [[Período geométrico|geométrico]], [[Período Clássico (Grécia)|clássico]], [[Período helenístico|helenístico]], [[Roma Antiga|romano]] e início do [[Império Bizantino|período bizantino]].<ref name=ekat/> Durante o {{-séc|IX}}, no [[Civilização Micênica|período sub-micénico]], no período geométrico (final da [[Idade das Trevas (Grécia)|Idade das Trevas]]), os [[dóricos]] colonizaram a cidade num cume naturalmente fortificado. A localização da cidade fazia dela um cruzamento natural, pois localizava-se entre [[Cidónia]], na costa noroeste, e [[Cnossos]], e entre a costa, onde controlava os [[Porto (transporte)|portos]] de Estavromeno e Panormo, e a grande [[caverna]] santuário perto do cume do monte Ida, a [[Caverna de Zeus]] (''Ideon Andron'').<ref name=hogan/>&nbsp;{{ntref2|en}} A cidade dórica, uma das mais importantes de Creta nos séculos VII e {{AC|VII|x}},<ref name=rg/> evoluiu no [[Período Arcaico]] de forma semelhante às suas congéneres dóricas [[Latos]] e [[Dreros]].<ref name=hogan/>&nbsp;{{ntref2|en}}
 
A cidade lutou ao lado de {{Lknb|Filipe|V da Macedónia}} contra [[Rodes]] e Cnossos durante a [[Guerra Cretense (205-200205–200 a.C.)|Guerra Cretense do {{-séc|III}}]].{{ntref2|fr}} Durante a conquista [[Roma Antiga|romana]] de Creta em {{AC|68–67|x}}, Eleuterna foi cercada mas só caiu em poder de [[Quinto Cecílio Metelo Crético]] devido a uma traição.{{ntref2|fr}} Durante o [[Império Romano]] a cidade desenvolveu-se, como é atestado pelas [[vila romana|''villas'']] luxuosas, [[termas romanas|termas]] e outros edifícios públicos então erigidos. Eleuterna prosperou até ao catastrófico [[sismo de Creta de 365]]. Durante o período bizantino a cidade foi [[Sé episcopal|sé de um bispo]] [[Cristianismo|cristão]]; o bispo Eufratas construiu uma grande [[basílica]] em meados do {{séc|VII}}. Os ataques do [[califa abássida|califa]] [[Harune Arraxide]] no final do {{séc|VIII}} e a [[Emirado de Creta|tomada muçulmana de Creta]], juntamente com outro terramoto em 796, provocaram o declínio. Uma breve reocupação durante o [[Império Latino]], no {{séc|XIII}}, deu origem à criação de uma [[diocese]] católica; Eleuterna continua a ser atualmente uma [[sé titular]].<ref name=cath/>&nbsp;{{ntref2|en}}
 
A cidade ainda era conhecida nos séculos XV e XVI, mas foi novamente abandonada durante a revolta contra o [[República de Veneza|domínio veneziano]] ocorrida entre 1510 e 1621, que resultou em que a família Kallergis fosse banida e proibida de viver em Eleuterna.{{Carece de fontes|hist-eu|data=janeiro de 2014}}&nbsp;{{ntref2|en}}
145 555

edições