Estreito do Fram

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização do estreito de Fram (no mapa: Fram Strait) entre Svalbard e Gronelândia

O estreito do Fram[1]é um amplo estreito marítimo que liga o oceano Ártico e o mar da Gronelândia, localizado entre a costa nordeste da Gronelândia e o arquipélago norueguês das ilhas Svalbard. Foi nomeado em homenagem ao mais importante navio da história da exploração polar, o Fram, o navio de Roald Amundsen e que também foi capitaneado por Otto Sverdrup e por Fridtjof Nansen entre 1893 e 1912 (Fram em norueguês significa "em frente"). O estreito está coberto por gelo quase todo o ano e a profundidade de água é de até 2600 m.

Concede-se especial importância ao comportamento do clima global no estreito de Fram porque o transporte de gelo através dele tem grande influência na circulação termoalina, produzido-se nele um intercâmbio com massas de água ricas em oxigénio. Isto é assim porque o gelo do mar corresponde essencialmente com a água doce e o seu conteúdo de sal é de aproximadamente 4 por mil, em comparação com as cerca de 35 partes por mil da água do mar. Através do estreito, circulam grandes quantidades de gelo marinho do Ártico — cerca de 2300 km³ mais 1900 km³ de gelo fundido num ano[2]— embora sujeitas a fortes flutuações anuais.[3][4]

Em 2005, o navio de investigação alemão Polarstern realizou uma expedição até ao estreito de Fram, no qual deixou instrumentos de controlo automático para a observação a longo prazo do fluxo através do estreito.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Volkmann, Renate (Julho 2000). «PLANKTIC FORAMINIFERS IN THE OUTER LAPTEV SEA AND THE FRAM STRAIT—MODERN DISTRIBUTION AND ECOLOGY». geoscienceworld.org. The Journal of Foraminiferal Research. 30 (3). doi:10.2113/0300157 
  2. Fate of Arctic freshwater exported through Fram Strait, Instituto Polar Norueguês
  3. Framstraßeneistransport, Max-Planck-Institut für Meteorologie
  4. Ozeanische Zirkulation im Europäischen Nordmeer, Institut für Meereskunde der Universität Hamburg