Mar Mirtoico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde Outubro de 2011). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O mar Mirtoico situa-se entre a península do Peloponeso a ocidente, e as ilhas gregas Cíclades a oriente

O mar Mirtoico (em grego: Mυρτώο Πέλαγος, Myrtöo Pelagos), de Mirtos ou ainda Mírtilo é um braço do mar Egeu situado entre as ilhas gregas Cíclades e o Peloponeso.

O golfo Sarónico, o golfo de Atenas, fica situado entre o canal de Corinto e o mar Mirtoico.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O mar possui este nome pois, conforme a mitologia, foi nele que foi jogado Mírtilo para morrer[1][2].

Mírtilo, filho de Hermes, era o cocheiro do rei Enomau de Pisa, e sabotou sua quadriga para que Pélope o vencesse e conseguisse se casar com a princesa Hipodâmia, filha de Enomau[3]. Após a vitória, Pélope assassinou Mírtilo – conforme algumas versões, para não pagar o preço prometido[1], ou conforme outras, porque Mírtilo havia tentado violentar Hipodâmia[2].

Geografia[editar | editar código-fonte]

O mar Mirtoico está entre Creta, a Argólida e a Ática. O seu diâmetro maior, medido a partir da Ática, é de cerca de 1200 estádios[4].

Nele estão situadas as ilhas Citera, Calauria e Egina, além de outras ilhas próximas, como Salamina e algumas das Cíclades[4].

Referências

  1. a b Higino, Fabulae, LXXXIV, Enomau
  2. a b Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 2.8
  3. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 2.7
  4. a b Estrabão, Geografia, Livro II, Capítulo 5, 21 [em linha]
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.