Fez – Being Born

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Fez – Being Born"
Canção de U2
do álbum No Line on the Horizon
Lançamento 27 de fevereiro de 2009
Gênero(s) Rock
Duração 5:17
Gravadora(s) Island
Letra Bono
Composição U2, Brian Eno, Daniel Lanois
Produção Brian Eno, Daniel Lanois
Faixas de No Line on the Horizon
"Stand Up Comedy"
(7)
"White as Snow"
(9)

"Fez – Being Born" é uma canção da banda de rock irlandesa U2. É a oitava faixa do álbum No Line on the Horizon (2009). "Fez - Being Born" foi originalmente planejado para ser a canção de abertura, mas a banda acabou decidindo por optar pela canção "No Line on the Horizon". A canção tinha vários títulos diferentes durante as sessões de gravação, incluindo o "Chromium Chords" e "Tripoli", sendo o resultado da fusão de suas músicas diferentes durante as sessões da gravação.

Escrita e gravação[editar | editar código-fonte]

"Fez – Being Born" foi desenvolvida pela primeira vez durante as sessões de No Line on the Horizon com o produtor Rick Rubin, em 2006. A sinfonia do som da guitarra experimental de "Fez", no minuto de abertura da canção, foi criado pelo guitarrista The Edge durante a gravação de "The Saints Are Coming", com o Green Day.[1] Quando a banda decidiu trabalhar com os produtores Brian Eno e Daniel Lanois, a maioria dos materiais das sessões de Rick Rubin foi arquivado. Lanois encontrou a parte e editou-a em um tempo, adicionando em um dos seus ritmos desenvolvidos por Eno antes de jogá-lo para a banda.[2] Depois de ouvir a parte, Bono disse que "era quase algo que vem à vida. Como uma flor abrindo ou a vinda ao mundo".[2]

Outra canção, chamada "Being Born", foi sendo trabalhado ao mesmo tempo. A guitarra que foi desenvolvida através da falha da caixa de distorção de áudio, a idéia de usá-lo foi sugerida a The Edge por Benjamin Curtis, da banda The Secret Machines.[3] Lanois suspeitava de que o ritmo lento de "Fez", funcionava bem ao lado de "Being Born". Ele editou "Being Born", de modo que fosse na mesma chave como "Fez", colocando-as juntas, criando a canção.[2] Neste momento em que foi provisoriamente intulado de "Chromium Chords", foi renomeado de "Tripoli", antes que a banda mudasse o nome da canção para "Fez – Being Born".[4][5] O verso "Let me in the sound" ("Me leve para o som") da canção "Get on Your Boots" foi editado para "Fez" em um volume baixo, servindo como verso da canção na abertura.[1] Em junho de 2008, já estava quase concluída.[4]

"Fez – Being Born" foi originalmente planejado para ser a canção de abertura do álbum, entretanto, a canção "No Line on the Horizon" acabou sendo selecionado em seu lugar.[6]

Referências

  1. a b Owens, Catherine. "No Line on the Horizon" (Box format hardback book). U2. Interscope Records. B0012638-00.
  2. a b c Frenette, Brad (10 de março de 2009). «U2's No Line On The Horizon: A track-by-track exclusive with producer/co-writer Daniel Lanois». National Post. Consultado em 19 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2009 
  3. Hiatt, Brian (5 de abril de 2009). «Taking care of business». Independent. Consultado em 19 de julho de 2012. 
  4. a b O'Hagan, Sean (15 de fevereiro de 2009). «The Wanderers». The Guardian. Consultado em 19 de julho de 2012. 
  5. «Long, Drawn Out Confession». U2.com. 27 de novembro de 2009. Consultado em 19 de julho de 2012.. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2009 
  6. «Exclusive interview with U2». (em French). 23 de fevereiro de 2009. NRJ. Canal+  Em falta ou vazio |series= (ajuda);