Grande Prêmio da Malásia de 2015

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da Malásia de F-1 2015
Circuit Sepang 1999.svg
Grande Prêmio da Malásia de 2015.
Detalhes da corrida
Data 29 de março de 2015
Nome oficial 2015 Formula 1 Petronas Malaysia Grand Prix
Local Circuito Internacional de Sepang, Sepang, Malásia
Total 56 voltas / 310.408 km
Pole
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Tempo 1:49.834
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Tempo 1:42.062 (na volta 43)
Pódio
Primeiro
Alemanha Sebastian Vettel Ferrari
Segundo
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Terceiro
Alemanha Nico Rosberg Mercedes

O Grande Prêmio da Malásia de 2015 (formalmente denominado 2015 Formula 1 Petronas Malaysia Grand Prix) foi uma corrida de Fórmula 1 disputada em 29 de março de 2015 no Circuito Internacional de Sepang, em Sepang, Malásia.[1] Foi a segunda etapa da temporada de 2015.

Fernando Alonso retornou a disputa após perder a corrida anterior.[2] O treino classificatório foi afetado pela chuva, que começou no Q2 e causou um adiamento de cerca de trinta minutos para o início do Q3. Os tempos finais foram obtidos com pneus intermediários.[3]

A corrida ocorreu com pista seca. Na volta três o carro de segurança interveio na pista devido a Sauber de Marcus Ericsson ter parado na brita, e os líderes Lewis Hamilton e Nico Rosberg, entre outros, realizaram uma parada nos boxes para troca de pneus. Quando a corrida foi retomada, Sebastian Vettel era o líder e obteve diferença considerável para os demais, mantendo-a ao longo da corrida.[4] Foi sua primeira vitória na equipe Ferrari, que voltou a vencer desde o Grande Prêmio da Espanha de 2013.

O estreante Max Verstappen da Toro Rosso concluiu a prova em sétimo lugar e tornou-se o mais jovem piloto a pontuar na categoria, com dezessete anos e 180 dias de idade.[5]

Pneus[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Os compostos de pneus fornecidos pela Pirelli utilizados neste Grande Prêmio[6]
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de Tempo Dry Type Wet Type Aderência Longevidade
Médio F1 tire Pirelli PZero White.svg Slick
(P Zero)
Seco Medium x Médio Mais durável
Duro F1 tire Pirelli PZero Orange.svg Slick
(P Zero)
Seco Hard x Menos aderência Mais durável
Intermediário F1 tire Pirelli Cinturato Green.svg Sulcos
(Cinturato)
Molhado Intermediate
(água não estagnante)
chuva fraca Sulcos menores Super mais durável
Chuva F1 tire Pirelli Cinturato Blue.svg Sulcos
(Cinturato)
Molhado Wet
(água estagnante)
chuva forte Sulcos maiores Mais durável

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 1:39.269 1:41.517 1:49.834 1
2 5 Alemanha Sebastian Vettel Ferrari 1:39.814 1:39.632 1:49.908 2
3 6 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 1:39.374 1:39.377 1:50.299 3
4 3 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 1:40.504 1:41.085 1:51.541 4
5 26 Rússia Daniil Kvyat Red Bull-Renault 1:40.546 1:41.665 1:51.951 5
6 33 Países Baixos Max Verstappen Toro Rosso-Renault 1:40.793 1:41.430 1:51.981 6
7 19 Brasil Felipe Massa Williams-Mercedes 1:40.543 1:41.230 1:52.473 7
8 8 França Romain Grosjean Lotus-Mercedes 1:40.303 1:41.209 1:52.981 10 1
9 77 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:40.249 1:40.650 1:53.179 8
10 9 Suécia Marcus Ericsson Sauber-Ferrari 1:40.340 1:41.748 1:53.261 9
11 7 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:40.415 1:42.173 11
12 13 Venezuela Pastor Maldonado Lotus-Mercedes 1:40.361 1:42.198 12
13 27 Alemanha Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 1:40.830 1:43.023 13
14 11 México Sergio Pérez Force India-Mercedes 1:41.036 1:43.469 14
15 55 Espanha Carlos Sainz Jr. Toro Rosso-Renault 1:39.814 1:43.701 15
16 12 Brasil Felipe Nasr Sauber-Ferrari 1:41.308 16
17 22 Reino Unido Jenson Button McLaren-Honda 1:41.636 17
18 14 Espanha Fernando Alonso McLaren-Honda 1:41.746 18
Tempo dos 107%: 1:46.217
NQ 98 Espanha Roberto Merhi Manor Marussia-Ferrari 1:46.677 192
NQ 28 Reino Unido Will Stevens Manor Marussia-Ferrari Sem tempo 202
Referências:[7]
Notas
  • ↑1Romain Grosjean foi punido por furar fila na saída do pitlane logo no começo do Q2 e perderá duas posições.[8]
  • ↑2Roberto Merhi, que extrapolou o limite dos 107% do tempo na classificação, e Will Stevens, que sequer treinou, foram autorizados a participar da corrida pela FIA devido a tomadas de tempo satisfatórias nos treinos livres.[9][10]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 5 Alemanha Sebastian Vettel Ferrari 56 1:41:05.793 2 25
2 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 56 +8.569 1 18
3 6 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 56 +12.310 3 15
4 7 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 56 +53.822 11 12
5 77 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes 56 +1:10.409 8 10
6 19 Brasil Felipe Massa Williams-Mercedes 56 +1:13.586 7 8
7 33 Países Baixos Max Verstappen Toro Rosso-Renault 56 +1:37.762 6 6
8 55 Espanha Carlos Sainz Jr. Toro Rosso-Renault 55 +1 volta 15 4
9 26 Rússia Daniil Kvyat Red Bull-Renault 55 +1 volta 5 2
10 3 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 55 +1 volta 4 1
11 8 França Romain Grosjean Lotus-Mercedes 55 +1 volta 10
12 12 Brasil Felipe Nasr Sauber-Ferrari 55 +1 volta 16
13 11 México Sergio Pérez Force India-Mercedes 55 +1 volta 14
14 27 Alemanha Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 55 +1 volta 13
15 98 Espanha Roberto Merhi Manor Marussia-Ferrari 53 +3 voltas 19
Ret 13 Venezuela Pastor Maldonado Lotus-Mercedes 48 Freios 12
Ret 22 Reino Unido Jenson Button McLaren-Honda 41 Unidade de potência 17
Ret 14 Espanha Fernando Alonso McLaren-Honda 21 Unidade de potência 18
Ret 9 Suécia Marcus Ericsson Sauber-Ferrari 4 Rodada 9
NL 28 Reino Unido Will Stevens Manor Marussia-Ferrari 0 Retiro 20
Fonte:[11][12]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Referências

  1. «2015 Formula 1 Petronas Malaysia Grand Prix» (em inglês). Formula 1.com 
  2. «Note to the media - F.Alonso» (PDF) (em inglês). FIA. 26 de março de 2015 
  3. «Chuva afeta classificação na Malásia, mas só acentua domínio de Hamilton, pole. Vettel bate Rosberg». Grande Prêmio. 28 de março de 2015 
  4. «Vettel cumpre palavra, surpreende Mercedes». Grandepremio. 29 de março de 2015 
  5. «Prodígio de 17 anos quebra mais um recorde e se torna o mais jovem a pontuar na Fórmula 1». ESPN. 29 de março de 2015 
  6. «P zero Branco médio e P Zero Amarelo macio são os pneus escolhidos para a primeira corrida da Fórmula 1». Pirelli. 9 de março de 2015 
  7. «Qualifying - Malaysia» (em inglês). Formula 1. 28 de março de 2015 
  8. «FIA Stewards decision 24 - R.Grosjean» (PDF) (em inglês). FIA. 28 de março de 2015 
  9. «FIA Stewards decision 27 - W.Stevens» (PDF) (em inglês). FIA. 28 de março de 2015 
  10. «FIA Stewards decision 26 - R.Merhi» (PDF) (em inglês). FIA. 28 de março de 2015 
  11. «Race official classification after 56 laps» (PDF) (em inglês). FIA.com. 29 de março de 2015 
  12. «F1 Malaysian GP: Sebastian Vettel and Ferrari defeat Mercedes» (em inglês). Autosport. 29 de março de 2015 
Prova Anterior:
GP da Austrália de 2015
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2015
Próxima Prova:
GP da China de 2015

Prova Anterior:
GP da Malásia de 2014
Grande Prêmio da Malásia Próxima Prova:
GP da Malásia de 2016