Guapiara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Guapiara
vista parcial de Guapiara

vista parcial de Guapiara
Bandeira desconhecida
Brasão de Guapiara
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Aniversário 02 de maio
Fundação 2 de maio de 1872 (142 anos)
Gentílico guapiarense
Prefeito(a) Jorge Sabino da Costa (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Guapiara
Localização de Guapiara em São Paulo
Guapiara está localizado em: Brasil
Guapiara
Localização de Guapiara no Brasil
24° 11' 06" S 48° 31' 58" O24° 11' 06" S 48° 31' 58" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Itapetininga IBGE/2008[1]
Microrregião Capão Bonito IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Capão Bonito, Ribeirão Branco, Itapeva, Apiaí, Ribeirão Grande, Iporanga, Buri, Eldorado
Distância até a capital 230 km
Características geográficas
Área 407,619 km² [2]
População 21,028 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 0,05 hab./km²
Altitude 1036 m
Clima subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,706 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 207,960,185 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 514,35 IBGE/2008[5]
Página oficial

Guapiara é um município do estado de São Paulo, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 24º11'06" sul e a uma longitude 48º31'58" oeste, estando a uma altitude de 1030 metros. Sua população em 2010 era de 17.998 habitantes.[3] A população estimada em 1 de julho de 2013 era de 20.738 habitantes.[6]
Possui uma área de 407,619 km². é conhecida como a Capital do Artesanato

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Guapiara" é um termo derivado da língua tupi que significa "caminho para a enseada", através da junção dos termos kûá ("enseada")[7] e piara ("caminho para")[8] .

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 2 de maio de 1872 pelo alferes João Paulo do Amaral, junto com a cidade vizinha de Buri foi ocupada por tropas, na Revolução Constitucionalista de 1932, sendo palco de grandes e violentas batalhas.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Segundo a Lei Estadual 7 664, de 30 de dezembro de 1991, as divisas do município são: Começa na Serra de Paranapiacaba, onde esta entronca com o espigão que deixa, à esquerda, as águas do rio São José do Guapiara, e, à direita, as do rio das Almas; segue por este espigão até alcançar a cabeceira sul-oriental do ribeirão do Alegre, onde tiveram início estas divisas.

Clima[editar | editar código-fonte]

Seu clima e ameno no verão com temperatura média de 18°C e muito frio no inverno com temperatura média de 8°C com frequência geadas e ate mesmo a ocorrência de neve como ocorrido em 17 de julho 1975 e também no dia 24 de julho de 2013 em que a temperatura chegou a -5°C, seu clima é parecido com a capital paranaense Curitiba.

A temperatura maxima já registrada foi 35,9ºC em 2013, enquanto a minima foi de -6,8ºC em 1975.

dados climatológicos para Guapiara/SP
mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
temperatura máxima ja resgistrada 35ºC 33ºC 33ºC 30ºC 28ºC 26ºC 26ºC 26ºC 28ºC 32ºC 33ºC 34ºC 35ºC
temperatura máxima (média) 25ºC 26ºC 26ºC 24ºC 21ºC 18ºC 16ºC 21ºC 23ºC 25ºC 25ºC 26ºC 24ºC
temperatura miníma já registrada 6,1ºC 7ºC 5,1ºC 2,1ºC -1ºC -4ºC -6,8ºC -3ºC 0ºC 1ºC 2,1ºC 2ºC -6,8ºC
temperatura miníma (média) 18ºC 18ºC 18ºC 15ºC 13ºC 11ºC 8ºC 11ºC 12ºC 14ºC 16ºC 18ºC 15ºC
precipitação 238mm 173mm 141mm 85mm 101mm 78mm 83mm 53mm 22mm 125mm 130mm 154mm 1320mm
dias com precipitação 14 14 11 13 14 5 5 3 17 14 15 18 141

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010 [3]

População total: 17 998

  • Urbana: 7 233
  • Rural: 10 765
  • Homens: 9 153
  • Mulheres: 8 845

Densidade demográfica (hab./km²): 44,08

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 26,70

Expectativa de vida (anos): 69,28

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,95

Taxa de alfabetização: 83,06%

IDH-M: 0,675 (médio)

  • IDH-M Renda: 0,634 (médio)
  • IDH-M Longevidade: 0,806 (muito alto)
  • IDH-M Educação: 0,602 (médio)

Fonte: PNUD [9]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. a b c Sinopse do Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. Estimativa da População - 2012 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
  7. http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
  8. NAVARRO, E. A. Método Moderno de Tupi Antigo. Terceira edição. São Paulo: Global, 2005. p.395
  9. PNUD_Ranking IDH-Brasil 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]