Igreja Ortodoxa na América

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Igreja Ortodoxa na América
Pravoslavná církev Ameriky.jpg

Orthodox Church in America - OCA
Fundador Monges russos em 1794
Independência 1970
Reconhecimento Autocefalia (parcial)
Primaz Metropolita Tikhon (Mollard)
Sede Primaz Washington,  Estados Unidos
Território América do Norte (com exceção do  México) e Havaí ( Estados Unidos)
Posses  México
 Austrália
Língua inglês, eslavo eclesiástico, espanhol
Adeptos 84900 nos Estados Unidos[1]
Site Igreja Ortodoxa na América

A Igreja Ortodoxa na América (em inglês: Orthodox Church in America, abreviado OCA) é uma jurisdição ortodoxa da América do Norte. Originalmente composta por imigrantes russos, hoje abrange outras etnias e ritos litúrgicos (orientais ou ocidentais). Em 1970, recebeu o status de autocefalia da Igreja Ortodoxa Russa[2][3], mas nem todas as Igrejas Ortodoxas a reconhecem, estas compreendendo-a como uma jurisdição autônoma do Patriarcado de Moscou.

Desde 1º de julho de 2009, o Primaz da Igreja leva o título de “Arcebispo de Washington, Metropolita de Toda a América e Canadá”.[4] Antes disso, desde 2005, o Primaz da Igreja Ortodoxa na América detinha o título de "Arcebispo de Washington e Nova York, Metropolita de Toda a América e Canadá".

História[editar | editar código-fonte]

.A história da Ortodoxia no continente americano começa em 1794 no Alasca, à época ainda parte da América Russa, quando oito monges russos estabelecem lá a primeira Missão, batizando aleutas na Ilha Kodiak. Dois anos depois, a Missão se torna uma Sé Episcopal, elegendo Joasaph (Bolotov) Bispo de Kodiak.[5] A Sé é fechada em 1811, mas é reaberta em 1840, com a nomeação de Ioann (Veniaminov) como Bispo de Kamchatka, Curilas e das Ilhas Aleutas. Em 1850, Inocêncio do Alasca é feito Arcebispo. Hoje, Inocêncio é proclamado santo, dito "Iluminador dos Aleutas e Apóstolo das Américas".[6]

Em 1867, com a compra do Alasca pelos Estados Unidos, a Missão se torna uma Diocese do Alasca e das Ilhas Aleutas em separado. Um ano depois, abre a primeira igreja continental, na Califórnia, e, em 1872, a sede da diocese é movida para San Francisco, e, em 1900, torna-se a Diocese dos Aleutas e da América do Norte. Em 1905, move-se para Nova Iorque.

Catedral de São Nicolau em Washington, DC.

Após a Revolução Russa, há uma onda de Igrejas se tornando independentes na América do Norte, como a Igreja Ortodoxa Russa no Exterior, a Igreja Ortodoxa Ucraniana do Canadá e a Arquidiocese Grega da América. A Diocese dos Aleutas e da América do Norte, por sua vez, vem a chamar-se Igreja Greco-Católica Russa na América. Em 1970, a Igreja recebe autocefalia do Patriarca Aleixo I de Moscou e torna-se a Igreja Ortodoxa na América.[2][3][7] Hoje, tal arranjo administrativo somente é reconhecido pela Igreja Ortodoxa Russa, a Búlgara, a Georgiana, a Polonesa e a Tcheca e Eslovaca, mas o restante das jurisdições canônicas a reconhece como canônica e tem seus sacramentos como válidos.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

A Paróquia Santa Mártir Zenaide, no Rio de Janeiro, se retirou da Igreja Ortodoxa Russa no Exterior e foi recebida pela Igreja Ortodoxa na América em 1976, em 1998 foi recebida no Patriarcado de Moscou, no qual hoje se encontra.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Krindatch, A. (2011). Atlas of american orthodox christian churches. (p. 68). Brookline,MA: Holy Cross Orthodox Press.
  2. a b «Agreement on the Autocephaly for the Orthodox Church in America». www.oca.org. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  3. a b «Tomos of Autocephaly». www.oca.org. Consultado em 12 de agosto de 2020 
  4. Syosset, Ny. «OCA Holy Synod reestablishes Diocese of Washington and Diocese of New York-New Jersey». www.oca.org. Consultado em 16 de outubro de 2021 
  5. «Biography of Bishop Joasaph (Bolotov)». Consultado em 15 de dezembro de 2006. Arquivado do original em 4 de outubro de 2006 
  6. Stokoe, Mark and Leonid Kishkovsky. Orthodox Christians in North America 1794–1994. Orthodox Church in America, 1995. ISBN 0-86642-053-3
  7. «Synopsis of the 14th All-American Sobor / 1st All-American Council». Consultado em 17 de dezembro de 2006. Arquivado do original em 4 de setembro de 2006  |deadurl= e |urlmorta= redundantes (ajuda)
  8. «Historia da Paroquia». Paróquia Santa Zenáide. 20 de outubro de 2015. Consultado em 12 de agosto de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre o cristianismo ortodoxo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.