João Francisco Marçal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
João Marçal
João Marçal
Marçal em 2003
Informações pessoais
Nome completo João Francisco Marçal
Data de nasc. 03 de agosto de 1955 (64 anos)
Local de nasc. Passos (Minas Gerais),MG, Brasil
Nacionalidade brasileira
Apelido Marçal
Informações profissionais
Função Treinador
Times/Equipas que treinou
1990-1993
1993
1994
1995
1995
1996-1999
1999-2001
2001-2004
2004
2005-2006
2006
2007
2008
2008
2009-2010
2011
2012
2012
2013
2013
2014
2015
2016
Brasil São Paulo

Brasil Paranavaí
Brasil Londrina
Brasil Bragantino
Brasil Maranhão
Brasil Nacional-SP
Brasil JuventusJuniores
Brasil Corinthians Profissional B
Brasil Portuguesa
Brasil Operário-MS
Brasil Flamengo de Guarulhos
Brasil Extrema
Brasil Guarany de Sobral
Brasil Itapipoca
Brasil Crato
Brasil Itapipoca
Brasil Misto[1]
Brasil Crato
Brasil Novo[2]
Brasil Colorado Atlético Clube
Brasil Guaratinguetá
Brasil Novo
Brasil Misto

João Francisco Marçal, conhecido apenas como 'Marçal', Passos (Minas Gerais), 03 de Agosto de 1955) é um treinador de futebol brasileiro.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Já trabalhou como treinador em equipes como São Paulo Futebol Clube, Corinthians, Clube Atlético Juventus, Portuguesa de Desportos, Guaratinguetá Futebol Ltda., Londrina EC, Bragantino, Operário Futebol Clube, Guarany de Sobral, Itapipoca Esporte Clube, Misto Esporte Clube. Fez estágios em times da Suécia, como o IFK Gotëborg, Västra Frölunda e Örgryte IS.

Clube Pequeninos do Jockey[editar | editar código-fonte]

Marçal começou a treinar as equipes do Clube Pequeninos do Jockey, uma escolinha de futebol renomada na cidade de São Paulo e que trabalha com crianças carentes. Lá, ganhou diversos títulos nacionais e principalmente internacionais, como a Gothia Cup, Dana Cup Norway Cup etc. Também revelou jogadores como o meio campo Zé Roberto e também André Luiz.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Trabalhou na equipe juvenil do São Paulo, onde sagrou-se campeão da Copa Cidade de São Paulo, e dirigiu jogadores como Rogério Ceni, Denílson, Caio Ribeiro, Fabio Melo, Cafú etc.

Nacional[editar | editar código-fonte]

Vice campeão invicto.

Juventus[editar | editar código-fonte]

Após se destacar trabalhando no Nacional A.C., Marçal recebeu o convite para ser técnico da equipe de juniores do Juventus em 1999. Lá, fez um trabalho reconhecido nas categorias de base, onde levou a equipe ao vice campeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2000, perdendo a final para o São Paulo FC. Também revelou jogadores que ganharam grande renome nacional e internacional, como Luisão, Zé Roberto e Christian.

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Após ótima passagem pelo Juventus, foi convidado em 2001 para trabalhar na equipe do profissional B do Corinthians. Na equipe do profissional B, foi campeão do campeonato paulista da série B3, e no time infantil, conquistou os campeonatos da Taça Londrina de 2001 e da Copa Votorantim de 2003. Trabalhou com jogadores como Everton Ribeiro, William, Danilo Fernandes, Marcelo Sarvas, Betão, Bobo, Luciano Bebe, etc., além de ter adquirido grande experiência trabalhando junto da equipe profissional A com os treinadores Carlos Alberto Parreira, Geninho e Vanderlei Luxemburgo.

Times entre 2004-2010[editar | editar código-fonte]

Logo após sua saída do Corinthians em 2004, assinou com a Portuguesa, onde ficou por apenas 6 meses.

Em 2005 assinou com um dos maiores times do Mato Grosso do Sul, o tradicional Operário, onde fez uma bela campanha e classificou a equipe para a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da série C de 2006, após muito tempo fora das disputas nacionais.[3]

Após sua saída do Operário em 2006, passou por Flamengo de Guarulhos e depois pelo Extrema, destacando-se no Campeonato Mineiro da Terceira Divisão e conseguindo o acesso para o Módulo II.

Em 2008 retornou ao futebol do nordeste novamente como treinador do Guarany de Sobral,onde fez excelente campanha no campeonato cearense da 2ª divisão, conquistando o título e acesso à 1ª divisão do cearense em 2009.

Estilo de jogo[editar | editar código-fonte]

Os times treinados por Marçal têm a característica de preservar o toque de bola e evitar o chamado "chutão".

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como Treinador[editar | editar código-fonte]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Junior: 2000

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Campeão da Taça Londrina de Futebol Junior 2001

São Paulo Campeonato Paulista - Série B3: 2001

São PauloCopa Brasil de Futebol Infantil - Votorantim: 2003

Guarany de Sobral[editar | editar código-fonte]

Ceará Campeonato Cearense 2ª Divisão: 2008

Referências[editar | editar código-fonte]

https://www.meutimao.com.br/noticias-do-corinthians/287131/a-convite-de-carille-ex-treinador-do-corinthians-acompanha-treinamento-no-ct-joaquim-grava

http://www.gazetams.com.br/noticias/joao-francisco-marcal-tecnico-do-misto-ve-evolucao-no-time