Lista de municípios da Região Nordeste do Brasil por IDH

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Este anexo é uma lista dos municípios do nordeste com os melhores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) de acordo com os dados divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.[1][2] O IDH é uma medida comparativa usada para classificar os países pelo seu grau de "desenvolvimento humano" e para separar os países desenvolvidos (elevado desenvolvimento humano), em desenvolvimento (desenvolvimento animal médio) e subdesenvolvidos (desenvolvimento humano baixo). A estatística é composta a partir de dados de expectativa de vida ao nascer, educação e PIB (PPC) per capita (como um indicador do padrão de vida) recolhidos a nível nacional. Todo ano, os países membros da ONU são classificados de acordo com essas medidas. O IDH também é usado por organizações locais ou empresas para medir o desenvolvimento de entidades subnacionais como estados, cidades, aldeias, etc.[3]

Critérios[editar | editar código-fonte]

A partir do relatório de 2010, o IDH combina três dimensões:

Grau de escolaridade: média de anos de estudo da população adulta e expectativa de vida escolar, ou tempo que uma criança ficará matriculada;

Renda: Renda Nacional Bruta (RNB) per capita, baseada na paridade de poder de compra dos habitantes. Esse item tinha por base o PIB (Produto Interno Bruto) per capita, no entanto, a partir de 2010, ele foi substituído pela Renda Nacional Bruta (RNB) per capita, que avalia praticamente os mesmos aspectos que o PIB, no entanto, a RNB também considera os recursos financeiros oriundos do exterior;

Nível de saúde: baseia-se na expectativa de vida da população, reflete as condições de saúde e dos serviços de saneamento ambiental.

Escala de IDH[editar | editar código-fonte]

  • 0,800 a 1,000 Muito Alto
  • 0,700 a 0,799 Alto
  • 0,600 a 0,699 Médio
  • 0,500 a 0,599 Baixo
  • 0,000 a 0,499 Muito Baixo

Lista dos 50 maiores IDH Municipais do Nordeste (IDHM)[editar | editar código-fonte]

# Município UF IDHM (2010)[4]
1 Fernando de Noronha  Pernambuco 0,788
2 Recife  Pernambuco 0,772
3 Aracaju  Sergipe 0,770
4 São Luís  Maranhão 0,768
5 Parnamirim  Rio Grande do Norte 0,766
6 Natal  Rio Grande do Norte 0,763
6 João Pessoa  Paraíba 0,763
8 Salvador Bahia Bahia 0,759
9 Fortaleza  Ceará 0,754
9 Lauro de Freitas Bahia Bahia 0,754
11 Teresina  Piauí 0,751
12 Cabedelo  Paraíba 0,748
13 Olinda  Pernambuco 0,735
14 Paulista  Pernambuco 0,732
15 Imperatriz  Maranhão 0,731
16 Paço do Lumiar  Maranhão 0,724
17 Maceió  Alagoas 0,721
17 Barreiras Bahia Bahia 0,721
19 Mossoró  Rio Grande do Norte 0,720
19 Campina Grande  Paraíba 0,720
21 Jaboatão dos Guararapes  Pernambuco 0,717
22 Luís Eduardo Magalhães Bahia Bahia 0,716
23 Sobral  Ceará 0,714
24 Crato  Ceará 0,713
25 Itabuna Bahia Bahia 0,712
25 Feira de Santana Bahia Bahia 0,712
27 Caicó  Rio Grande do Norte 0,710
28 São José de Ribamar  Maranhão 0,708
28 Madre de Deus Bahia Bahia 0,708
30 Várzea  Paraíba 0,707
31 Eusébio  Ceará 0,701
31 Patos  Paraíba 0,701
33 Floriano  Piauí 0,700
33 Santo Antônio de Jesus Bahia Bahia 0,700
35 Cruz das Almas Bahia Bahia 0,699
36 Picos  Piauí 0,698
37 Petrolina  Pernambuco 0,697
38 Camaçari Bahia Bahia 0,694
38 Juazeiro do Norte  Ceará 0,694
38 São José do Seridó  Rio Grande do Norte 0,694
41 Camagaribe  Pernambuco 0,692
42 Candeias Bahia Bahia 0,691
42 Irecê Bahia Bahia 0,691
42 Currais Novos  Rio Grande do Norte 0,691
45 Ilhéus Bahia Bahia 0,690
46 Balsas  Maranhão 0,687
46 Parnaíba  Piauí 0,687
48 Cabo de Santo Agostinho  Pernambuco 0,686
46 Maracanaú  Ceará 0,686
50 Teixeira de Freitas Bahia Bahia 0,685

Cidades por Estado[editar | editar código-fonte]

Estado N° de Cidades
Bahia Bahia 14
 Pernambuco 8
 Ceará 6
 Rio Grande do Norte 6
 Maranhão 5
 Paraíba 5
 Piauí 4
 Sergipe 1
 Alagoas 1

Média Comparativa do IDH em 2010[editar | editar código-fonte]

2010 Muito Alto Alto Médio Baixo Muito Baixo
IDHM 0 34 11 0 0
IDHR 0 18 32 0 0
IDHL 39 11 0 0 0
IDHE 0 8 39 3 0

Referências

  1. Sakiko Fukuda-Parr The Human Development Paradigm: operationalizing Sen’s ideas on capabilities Feminist Economics 9(2 – 3), 2003, 301 – 317
  2. United Nations Development Programme. 1999. Human Development Report 1999. New York:Oxford University Press.
  3. IPEADATA. «Desenvolvimento humano dos municípios brasileiros». Consultado em 22 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 3 de setembro de 2013