2 Fast 2 Furious

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mais Velozes e Mais Furiosos)
Ir para: navegação, pesquisa
Fast & Furious 2
+Velocidade + Furiosa (PT)
+Velozes +Furiosos (BR)
Velozes-furiosos-2.jpg
Pôster promocional do filme.
 Estados Unidos
2003 •  cor •  107 min 
Direção John Singleton
Produção Neal H. Moritz
Coprodução Heather Lieberman
Produção executiva Lee R. Mayes
Michael Fottrell
Roteiro Michael Brandt
Derek Haas
Gary Scott Thompson
Baseado em Personagens de Gary Scott Thompson
Elenco Paul Walker
Tyrese Gibson
Eva Mendes
Cole Hauser
Chris "Ludacris" Bridges
James Remar
Thom Barry
Michael Ealy
Gênero Ação
Música David Arnold
Direção de arte Keith Brian Burns
Figurino Sanja Milkovic Hays
Cinematografia Matthew F. Leonetti
Edição Bruce Cannon
Dallas Puett
Companhia(s) produtora(s) Original Film
Mikona Productions
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 6 de junho de 2003
Brasil 13 de junho de 2003
Portugal 27 de junho de 2003
Idioma Inglês
Orçamento US$ 76 milhões
Receita US$ 236.350.661,00
Cronologia
Último
The Fast and the Furious (2001)
Ordem de lançamento: The Fast and the Furious: Tokyo Drift (2006)

Ordem cronológica: Fast & Furious (2009)

Próximo
Página no IMDb (em inglês)
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Fast & Furious 2 (+Velozes +Furiosos (título no Brasil) ou +Velocidade + Furiosa (título em Portugal)) é um filme americano de 2003, do gênero ação, dirigido por John Singleton e estrelado por Paul Walker, Tyrese e Eva Mendes. É o segundo filme da franquia The Fast and the Furious, que começou com o filme de mesmo nome de 2001. Distribuído pela Universal Pictures, a estreia de 2 Fast 2 Furious se deu a 3 de junho de 2003.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após deixar a polícia de Los Angeles e ser capturado pela polícia de Miami em meio as corridas de rua, o ex-oficial Brian O'Conner (Paul Walker) é forçado a participar de uma nova missão: se infiltrar no crime organizado de Miami de forma a investigar sobre o transporte de dinheiro sujo para Carter Verone (Cole Hauser), o chefe do tráfico local. Para isso, ele recebe a ajuda de seu amigo de infância Roman Pearce (Tyrese Gibson), e da agente secreta Monica Fuentes (Eva Mendes).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Paul Walker — Brian O'Conner
Tyrese Gibson — Roman Pearce
Eva Mendes — Monica Fuentes
Devon Aoki — Suki
Chris Bridges — Tej
Cole Hauser — Carter Verone
Thom Barry — Agente Bilkins
James Remar — Agente Markham
Amaury Nolasco — Orange Julius
Michael Ealy — Slap Jack
Jin Auyeung — Jimmy
Edward Finlay — Agente Dunn
Mark Boone Junior — Detetive Whitworth
 Matt Gallini — Enrique
Roberto (Sanz) Sanchez — Roberto
Eric Etebari — Darden

Música[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora de 2 Fast 2 Furious foi feita por David Arnold. Orientada para o hip hop, a trilha foi lançada em 20 de maio de 2003 pelas gravadoras Disturbing the Peace e Def Jam Recordings. Em 23 de junho de 2003, uma versão alternativa do álbum foi lançada com duas faixas bônus adicionais, "Remember" e "Get Dirty". Em 21 de outubro de 2003, mais uma versão foi lançada com uma única música bônus, "Comin 'Up" por Saukrates. [1]

Faixas
  1. "Like a Pimp" (David Banner) - 4:17
  2. "Act a Fool" (Ludacris) - 4:30
  3. "Oye" (Pitbull) - 4:02
  4. "Ride" (Maurice Sinclair)
  5. "Pick Up the Phone" (Tyrese, Ludacris & R. Kelly) - 4:53
  6. "Hands in the Air" (8 Ball) - 4:12
  7. "Miami" (K'Jon) - 4:18
  8. "On & On & On" (Dungeon Family)
  9. "Peel Off" (Jin) - 4:09
  10. "Rollin' on 20's" (Lil' Flip) - 4:09
  11. "Represent" (Trick Daddy) - 3:38
  12. "Deport Them" (Sean Paul) - 3:08
  13. "Peter Piper" (Run DMC) - 3:22
  14. "Block Reincarnated" (Shawnna feat. Kardinal Offishall) - 4:20
  15. "Pump It Up" (Joe Budden) - 4:11

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Quando começou a trabalhar em uma sequência para The Fast and the Furious, a Universal Pictures encomendou dois roteiros para o novo filme, um com o personagem de Vin Diesel e outro sem o personagem.
  • O ator Vin Diesel resolveu não participar de + Velozes + Furiosos, por considerar que o final do primeiro filme não permitia um retorno lógico de seu personagem à trama. Além disso, Rob Cohen, diretor de Velozes e Furiosos, decidiu não trabalhar na sequência para poder dirigir xXx, no qual Vin Diesel também estrelou.
  • Em certa cena do filme, o momento em que o protagonista é torturado com um balde contendo um rato ficou famosa na internet.
  • Este é o segundo de três filmes em que o diretor John Singleton e o ator Tyrese Gibson trabalharam juntos. Os demais foram Baby Boy - O Dono da Rua e Quatro Irmãos.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Ao contrário de seu antecessor, que recebeu várias indicações, +Velozes +Furiosos, não chegou a receber muitos prêmios. Suas únicas indicações foram:

  • Duas indicações ao Framboesa de Ouro, nas seguintes categorias: Pior Refilmagem ou Sequência e Pior Desculpa para Fazer um Filme.
  • Uma indicação ao Grammy, na categoria de Melhor Canção - Filme/TV (Act a Fool).
  • Recebeu uma indicação ao MTV Movie Awards de Melhor Revelação Masculina (Ludacris).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 2 Fast 2 Furious
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.