Manuel María Lombardini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Manuel María Lombardini
Nascimento 23 de julho de 1802
Cidade do México
Morte 22 de dezembro de 1853 (51 anos)
Cidade do México
Cidadania México
Ocupação político, militar

Manuel Apolinario José María Ignacio Lombardini de la Torre (Cidade do México, 1802 - 22 de Dezembro de 1853) foi um militar mexicano que ocupou o cargo de presidente do México durante alguns meses em 1853.

Destacou-se pela sua carreira militar, iniciada em 1814, como aprendiz de artilharia. Após a proclamação do plano de Iguala em 1821 juntou-se às forças independentistas como cadete. Parente de Gabriel Valencia, cuja recomendação levou à sua promoção ao posto de brigadeiro por Antonio López de Santa Anna. Participou na guerra Mexicano-Americana sendo ferido na batalha de Angostura.

Após a expulsão de Santa Anna, continuou seu simpatizante, tendo participado em vários levantamentos contra o governo. Apoiou o plano de Jalisco, tendo por isso sido banido pelo presidente Mariano Arista.

Quando Juan Bautista Ceballos abandonou a presidência, os líderes da revolta militar que levara à sua resignação, elegeram Lombardini presidente interino. No entanto as suas capacidades como homem de estado eram diminutas e de bom grado entregou o poder a Santa Anna, acabado de chegar ao México após ser chamado pelo congresso. Santa Anna nomeia-o comandante das forças militares da capital, cargo que mantinha quando faleceu poucos meses depois.

Precedido por
Juan Bautista Ceballos
Presidente do México (interino)
8 de Fevereiro a 20 de Abril de 1853
Sucedido por
Antonio López de Santa Anna