Organização Desportiva Pan-Americana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Organização Desportiva Pan-Americana, mais conhecida por ODEPA (em inglês: Pan American Sports Organization - PASO, em espanhol: Organización Deportiva Panamericana - ODEPA) é a organizadora dos Jogos Pan-americanos e de outros eventos olímpicos nas Américas e a entidade que reúne os Comitês Olímpicos Nacionais dos países do continente americano.

É uma entidade civil sem fins lucrativos, apolítica e não religiosa. Tem por missão fortalecer os vínculos de união e amizade entre os povos americanos e impulsionar o desenvolvimento do esporte no continente. Agindo em consonância com os comitês nacionais, a ODEPA procura levar adiante o olimpismo e seus ideais esportivos e sociais nas Américas. O principal objetivo da Organização Desportiva Pan-Americana é a realização dos Jogos Pan-americanos, de quatro em quatro anos.

As línguas oficiais da ODEPA são a espanhola e a inglesa. Sua sede está na Cidade do México e seu lema é América, Espírito, Sport, Fraternité. É umas das cinco organizações continentais que formam a Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ACON).

História[editar | editar código-fonte]

Reconhecida pelo Comité Olímpico Internacional (COI), a ODEPA foi oficialmente fundada em 8 de agosto de 1948. Seu precursor foi o Congresso Desportivo Pan-Americano (Buenos Aires, 28-31 de agosto de 1940), que se constituiu para organizar e administrar os Jogos Pan-americanos, que foram originalmente programados para 1942, mas somente realizados em 1951 na Argentina.

Membros[editar | editar código-fonte]

Atualmente a ODEPA tem 41 países-membros. Para fazer parte da entidade, um país das Américas deve ter um Comitê Olímpico Nacional reconhecido pelo COI. Cada um desses comitês olímpicos nacionais tem direito a ser representado por dois delegados (um titular e um suplente) nas Assembleias Gerais da ODEPA.

Nº. País Código Nome Página eletrônica Grupo
1  Antígua e Barbuda ANT Antigua und Barbuda Olympic Association Grupo 2
2  Argentina ARG Comité Olímpico Argentino [1] Grupo 3
3  Aruba ARU Comite Olimpico Arubano Grupo 3
4  Bahamas BAH Bahamas Olympic Association [2] Grupo 1
5  Barbados BAR Barbados Olympic Association Grupo 2
6  Belize BIZ Belize Olympic and Commonwealth Games Association Grupo 1
7  Bermudas BER Bermuda Olympic Association Grupo 1
8  Bolívia BOL Comité Olímpico Boliviano Grupo 3
9  Brasil BRA Comitê Olímpico do Brasil [3] Grupo 3
10 Ilhas Cayman CAY Cayman Islands Olympic Committee Grupo 2
11  Canadá CAN Comitê Olímpico do Canadá [4] Grupo 1
12  Chile CHI Comité Olímpico de Chile [5] Grupo 3
13  Colômbia COL Comité Olímpico Colombiano [6] Grupo 3
14 Costa Rica CRC Comité Olímpico de Costa Rica [7] Grupo 1
15  Cuba CUB Comité Olímpico Cubano Grupo 2
16 Dominica DMA Dominica Olympic Committee Grupo 2
17 República Dominicana DOM Comité Olímpico Dominicano [8] Grupo 1
18 Equador ECU Comité Olímpico Ecuatoriano [9] Grupo 3
19 El Salvador ESA Comité Olímpico de El Salvador [10] Grupo 1
20  Estados Unidos USA Comitê Olímpico dos Estados Unidos [11] Grupo 1
21 Granada GRN Grenada Olympic Committee Grupo 2
22  Guatemala GUA Comité Olímpico Guatemalteco [12] Grupo 1
23 Guiana GUY Guyana Olympic Association Grupo 3
24 Haiti HAI Comité Olympique Haïtien Grupo 1
25 Honduras HON Comité Olímpico Hondureño Grupo 1
26 Ilhas Virgens Americanas ISV U.S. Virgin Islands Olympic Committee Grupo 2
27 Ilhas Virgens Britânicas IVB British Virgin Islands Olympic Committee Grupo 2
28  Jamaica JAM Jamaica Olympic Association [13] Grupo 2
29  México MEX Comitê Olímpico Mexicano [14] Grupo 1
30 Nicarágua NCA Comité Olímpico Nicaragüense Grupo 1
31  Panamá PAN Comité Olímpico de Panamá [15] Grupo 1
32  Paraguai PAR Comité Olímpico Paraguayo [16] Grupo 3
33  Peru PER Comité Olímpico Peruano [17] Grupo 3
34  Porto Rico PUR Comité Olímpico de Puerto Rico [18] Grupo 2
35  São Cristóvão e Nevis SKN St. Kitts and Nevis Olympic Association Grupo 2
36 São Vicente e Granadinas VIN Saint Vincent & The Grenadines Olympic Committee Grupo 2
37 Santa Lúcia LCA Saint Lucia Olympic Committee Grupo 2
38 Suriname SUR Surinaams Olympisch Comité Grupo 3
39 Trinidad e Tobago TRI Trinidad and Tobago Olympic Committee [19] Grupo 3
40 Uruguai URU Comité Olímpico Uruguayo [20] Grupo 3
41  Venezuela VEN Comité Olímpico Venezolano [21] Grupo 2

Regimento[editar | editar código-fonte]

A Assembleia Geral da ODEPA é a autoridade suprema na organização. Cada um dos 41 países-membros tem direito a um voto, porém os nove países que já sediaram os Jogos Pan-americanos tem o direito a mais votos, sendo múltiplos de quantas vezes já sediaram o evento. As exceções são o Canadá e México que tem 4 votos (além do voto comum,eles tem 3 votos por terem sediados os Jogos 3 vezes),Brasil e Estados Unidos (três votos cada) além do voto comum a todos. Mas há o limite máximo de cinco votos e a validade deles apenas para a escolha da sede dos Jogos ou eleição do Comitê Executivo.[1]

Comitê Executivo[editar | editar código-fonte]

O Comitê Executivo da ODEPA é a autoridade delegada permanente da ODEPA. É formado pelo presidente da organização, três vice-presidentes e um secretário-geral, além de um tesoureiro e mais nove membros, três por cada um dos três grupos de 14 países cada, reunidos por aproximação geográfica. À exceção do secretário-geral e do tesoureiro, indicados pelo presidente para aprovação da Assembleia Geral, todos os outros cargos são eletivos, com mandato de quatro anos e direito a reeleição. A eleição se dá na Assembleia Geral realizada um ano após cada edição dos Jogos Pan-Americanos.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Presidente Nacionalidade Mandato
Avery Brundage Estados Unidos americano 1940 - 1951
José de Jesús Clark Flores México mexicano 1951 - 1955
Doug Roby Estados Unidos americano 1955 - 1959
José de Jesús Clark Flores México mexicano 1959 - 1971
Sylvio de Magalhaes Padilha
(interino)
Brasil brasileiro 1971 - 1971
José Beracasa Venezuela venezuelano 1971 - 1975
Mario Vázquez Raña México mexicano 1975 - 2015
Ivar Sisniega
(interino)
México mexicano 2015 - 2015
Julio César Maglione Uruguai uruguaio 2015 - 2017
Neven Ilic Álvarez Chile chileno 2017 - Presente

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. COB (7 de maio de 2010 às 16h 57min). «ODEPA amplia poder de voto para países que sediam os Jogos Pan-americanos». Consultado em 16 de maio de 2010  Verifique data em: |data= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]