Pathfinder Roleplaying Game

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pathfinder Roleplaying Game
Designer Jason Bulmahn
Editora(s) Paizo Publishing
Lançamento Agosto de 2009
Gênero fantasia
Sistema Sistema d20
Licença Open Game License
Website Página Oficial

Pathfinder Roleplaying Game ou Pathfinder RPG é um RPG de fantasia lançado em 2009 pela Paizo Publishing. O jogo estende e modifica as regras da terceira edição de Dungeons & Dragons (D&D), publicado pela Wizards of the Coast, sob a Open Game License. Pathfinder RPG foi planejado para ser compatível com D&D 3.5, sendo apelidado de 3.7.5.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A editora Paizo Publishing publicava as revistas Dragon e Dungeon, que eram sobre o jogo Dungeons & Dragons (D&D). A Paizo estava publicando sob licença da Wizards of the Coast, que detém os direitos de Dungeons & Dragons, foi criado o mundo de Golarion. A Wizards of the Coast optou por não renovar o contrato no início de 2007, com isso, a Paizo começou a publicar a revista Pathfinder. Em agosto de 2007, a Wizards of the Coast anunciou o lançamento da quarta edição de Dungeons & Dragons, que substituiu a versão 3.5. Muitos dos funcionários da Paizo estavam preocupados com Game System License e o fato da nova licença, usada na quarta edição, ser mais restritiva que as anteriores. Em vez de continuar a publicar material para D&D, a Paizo lançou Pathfinder como uma versão modificada de D&D 3.5, sob Open Game License, lançada pela própria Wizards na terceira edição de Dungeons & Dragons (lançada em 2000).[1] Anunciado em março de 2008, o Pathfinder RPG foi desenvolvido ao longo de um ano, usando um modelo de playtest aberto, onde os jogadores puderam experimentar o sistema e postar seus comentários no site da Paizo.

Um jogo de cartas colecionáveis, Pathfinder Adventure Card Game, baseado em no sistema foi lançado em Gen Con 2013. Foi projetado por por Mike Selinker da Lone Shark Games.[2]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Em 2008, a revista Dragon Slayer #21 apresentou um artigo autorizado pela Paizo sobre classe feiticeiro traduzido por Leonel Caldela [3].

Em 2013, foi anunciado que a Devir Livraria,[4] editora que publicada D&D no país desde 1999,[5] a editora inicialmente anunciou o jogo de cartas colecionáveis com o título "Pathfinder: O Jogo de Aventuras", [6] o jogo também foi prometido pela filial portuguesa,[7] a editora não declarou se irá lançar também o RPG no país europeu. Em 2015, a editora publicou Pathfinder Roleplaying Game – Livro Básico.[8][nota 1] Em outubro de 2018, a Paizo anunciou que a licença de Pathfinder iria para a New Order Editora,[10] no ano seguinte, a New Order lançou uma campanha de financiamento coletivo no Catarse para publicar a segunda edição de Pathfinder[11]

Notas

  1. Apenas em 2015, a Devir publicou uma versão em português do jogo[9]

Referências

  1. Wagner Luiz Schmit (25 de julho de 2008). «RPG e Educação: alguns apontamentos teóricos» (PDF). Universidade Estadual de Londrina 
  2. Bolding, Jonathon (12 de Abril de 201). «Pathfinder Adventure Card Game Organized Play, Individual Decks Revealed». The Escapist  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Leonel Caldela "Feiticeiro - Características de classe" (2008). Dragon Slayer #21. Editora Escala
  4. «Confirmado: pathfinder em português!». RedeRPG. 21 de setembro de 2013 
  5. (Outubro de 1999). "Nova Safra". Dragão Brasil (55). Editora Trama
  6. Pathfinder: O Jogo de Aventuras Arquivado em 11 de novembro de 2014, no Wayback Machine. Devir
  7. «Pathfinder - Ascensão dos Mestres Rúnicos». Devir Portugal. Consultado em 13 de novembro de 2014. Arquivado do original em 13 de novembro de 2014 
  8. Aventura gratuita! No espaço!
  9. Pathfinder Roleplaying Game – Livro Básico (resenha)
  10. BOMBA! Pathfinder 2nd Edition e Starfinder em português pela New Order!
  11. Pathfinder 2ª Edição

Ligações externas[editar | editar código-fonte]