Portfolio (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portfolio
Álbum de estúdio de Grace Jones
Lançamento 1977
Gênero(s) disco music
Duração 36:59
Idioma(s) inglês
Formato(s) LP, CD e K7
Gravadora(s) Island Records
Cronologia de Grace Jones
Fame
(1978)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 2 de 5 estrelas.[1]
Robert Christgau C+[2]

Portfolio é o primeiro álbum de estúdio da cantora jamaicana-americana Grace Jones. Foi lançado em 1977, pelo selo Island Records. O disco, é o primeiro da trilogia de álbuns lançados pela cantora em seu período disco.

Após o grande sucesso que obteve na carreira de modelo em Paris e Nova York no início dos anos 70,Grace lançou uma série de singles entre 1975 e 1976. Nenhum deles no entanto obteve sucesso. Jones assinou um contrato discográfico com a Island Records em 1977 e conseguiu relativo sucesso com seu álbum debut: Portfolio.

O álbum foi gravado e mixado no "Sigma Sound Studios" na Filadélfia e lançado no outono de 1977 como o primeiro de três álbuns feitos pelo lendário produtor de disco music: Tom Moulton. O lado A do vinil original é um contínuo medley de disc music,com cover de três músicas de musicais da Broadway: "Send in the Clowns" de Stephen Sondheim do musical A Little Night Music; "What I Did for Love" do musical A Chorus Line e "Tomorrow" do musical Annie. O lado B abre com um cover totalmente diferente da canção "La Vie en rose" de Édith Piaf e segue com três faixas inéditas, duas dela co-escritas pela própria Grace.

A versão italiana do disco omitiu "Sorry" e "That's the Trouble" e adicionou uma versão extended de mais de 7 minutos de "I Need A Man". A arte do álbum foi feita por Richard Bernstein,um artista da revista Interview,que também faria o design dos dois próximos álbuns de Grace,bem como a do seu álbum Inside Story de 1986.

Portfolio atingiu o número 52 na Black Albums Chart e número 109 no Hot 200 da Billboard. O álbum obteve melhor posição na Europa,atingindo o top 10 na Itália no início de 1978 e nos Países Baixos em 1983.

O álbum rendeu três singles que estouraram nas paradas dance do mundo todo, o primeiro single "I Need a Man" lançado em 1975, o single duplo That's the Trouble/Sorry lançado em 1976 e "La Vie en Rose" lançado em 1977, que fez um imenso sucesso no mundo todo transformando-se em um clássico.

Segundo a revista portuguesa Musica & Som, o álbum Portfolio foi o 10º álbum mais vendido de 1978 em Portugal.[3]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Send in the Clowns" (Stephen Sondheim) - 7:33
  2. "What I Did For Love" (Marvin Hamlisch, E. Kleban) - 5:15
  3. "Tomorrow" (Martin Charnin, Charles Strouse) - 5:48
  4. "La Vie en Rose" (Édith Piaf, Louis Gugliemi) - 7:27
  5. "Sorry" (Grace Jones, Pierre Papadiamondis) - 3:58
  6. "That's the Trouble" (Jones, Papadiamondis) - 3:36
  7. "I Need a Man" (Papadiamondis, Paul Slade) - 3:23

Chart performance[editar | editar código-fonte]

Chart Peak
position
Itália[4] 9
Países Baixos[5] 8
Suécia[6] 22
Estados Unidos[7] 109
Estados Unidos (Top R&B Albums)[7] 52

Singles[editar | editar código-fonte]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Andrew Hamilton. «Portfolio - Grace Jones». www.allmusic.com. Consultado em 28 de dezembro de 2006 
  2. Robert Christgau. «Robert Christgau: CG: grace jones». www.robertchristgau.com. Consultado em 12 de abril de 2012 
  3. «Scan da matéria sobre Portfolio em Portugal.». Consultado em 9 de Setembro de 2012 
  4. «Hit Parade Italia - ALBUM 1978». www.hitparadeitalia.it (em Italian). Consultado em 21 de abril de 2012 
  5. «Discografie Grace Jones» (em Dutch). www.dutchcharts.nl. Consultado em 15 de outubro de 2009 
  6. «Discography Grace Jones». swedishcharts.com. Consultado em 10 de novembro de 2009 
  7. a b «Grace Jones». Allmusic. Consultado em 11 de novembro de 2009