Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 1933

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Este artigo contém o resultado do carnaval do Rio de Janeiro em 1933.

Escolas de samba[editar | editar código-fonte]

O desfile foi organizado pelo jornal O Globo em 26 de fevereiro na Praça Onze e contou com a participação de 38 escolas de samba, sendo que 28 foram oficialmente inscritas no concurso que teve como jurados João da Gente, Jorge Murat e Jofre Rodrigues. [1][2]

Grupo Único[editar | editar código-fonte]

Classificação

Colocação Escola Enredo Pontos Resultado
1 Mangueira Uma segunda-feira do Bonfim, na Ribeira Campeã
2 Azul e branco do Salgueiro Uma noite na Bahia Vice-Campeã
3 Unidos da Tijuca O mundo do samba
4 De mim ninguém se lembra Convidados pela fama
4 Vai como pode Voando para a glória ou O carnaval
5 União do Uruguai Na Bahia
-- Aventureiros da Matriz Não foi julgada
-- Capricho do Engenho Novo Não foi julgada
-- É assim que nós queremos Não foi julgada
-- É o que se vê Não foi julgada
-- Em cima da hora do Catumbi Jardim do Catumbi Não foi julgada
-- Embaixada escola amizade do Realengo A terra e a América Não foi julgada
-- Estrela da Tijuca Sistema solar Não foi julgada
-- Filhos de ninguém Não foi julgada
-- Fiquei firme A corte do samba Não foi julgada
-- Inimigos da tristeza Escolas de samba Não foi julgada
-- Lira do amor Orgia Não foi julgada
-- Mocidade louca de São Cristóvão Antiga Bahia Não foi julgada
-- Na hora é que se vê O sabiá da minha terra Não foi julgada
-- Nós não somos lá essas coisas Loteria Não foi julgada
-- Paz e amor Não foi julgada
-- Podia ser pior Adão e Eva e a tentação da carne Não foi julgada
-- Prazer da Serrinha Uma noite serrana Não foi julgada
-- Príncipes da floresta Não foi julgada
-- Recreio de Ramos Jardim da primavera Não foi julgada
-- Sport Clube Guarany Não foi julgada
-- G.R.E.S. Tuiuti Uma excursão a Bahia Não foi julgada
-- Última hora A favela Não foi julgada
-- União Barão da Gamboa Homenagem às escolas de samba e seus compositores Não foi julgada
-- União do amor Não foi julgada
-- Unidos do Salgueiro Não foi julgada
-- Vizinha faladeira Não foi julgada

[3]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • NÓBREGA FERNANDES, Nélson da. Escolas de Samba: Sujeitos Celebrantes e Objetos Celebrados. Rio de Janeiro: Coleção Memória Carioca, vol. 3, 2001. [1]

Referências

  1. Portal Academia do Samba. «1933». Consultado em 26 de abril de 2010 
  2. Galeria do Samba. «Carnaval de 1933 - Resultado». Galeria do Samba. Consultado em 29 de setembro de 2014 
  3. http://www.galeriadosamba.com.br/carnaval/1933/