Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 1960

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Este artigo contém o resultado do Carnaval do Rio de Janeiro de 1960[1]

Escolas de samba[editar | editar código-fonte]

Supercampeonato (AESB e CBES) - Av. Rio Branco - 28/02[editar | editar código-fonte]

Classificação

Colocação Escola Enredo Pontos Resultado
1 Portela Rio, capital eterna do samba ou Rio, cidade eterna 100,0 Campeã
2 Estação Primeira de Mangueira Carnaval de Todos os Tempos ou Glória ao Samba 98,0 Vice Campeã
3 Acadêmicos do Salgueiro Quilombo dos Palmares 95,0
4 Unidos da Capela Produtos e Costumes de Nossa Terra 80,0
5 Império Serrano Medalhas e brasões 78,0
6 Aprendizes de Lucas José Bonifácio, Patriarca da Independência 71,0
7 Mocidade Independente de Padre Miguel Frases Célebres da História 68,0
8 União de Jacarepaguá A um passo da glória 60,0
9 Unidos de Padre Miguel Ato da aclamação 59,0 Rebaixada
10 Beija-Flor de Nilópolis Regência prima 58,0 Rebaixada
11 Aprendizes da Boca do Mato Rui Barbosa na conferência de Haia 51,0 Rebaixada
12 Unidos de Bangu Jóias da primavera 51,0 Rebaixada

Nota: Neste ano os pontos negativos (punição por tempo) foram introduzidos no regulamento. Na ocasião, as notas da comissão julgadora deram o primeiro lugar à Portela, seguida pela Mangueira. Porém, tanto a escola de Madureira quanto a verde e rosa perderiam pontos em cronometragem, o que daria o título ao Salgueiro. Uma briga generalizada, iniciada pelo contraventor Natal da Portela, ocorreu no local da apuração suspendendo a abertura dos envelopes. Depois do impasse, a prefeitura assumiu a responsabilidade pelo atraso das escolas alegando má organização do local dos desfiles, mantendo então o título para a Portela. O presidente do Salgueiro Nelson de Andrade, abriu um recurso para reverter a situação. O entrave foi resolvido pelo prefeito do Rio de Janeiro Negrão de Lima, onde um "acordo de cavalheiros" fez com que as 5 primeiras agremiações dividissem o campeonato, mesmo havendo discrepância na pontuação final das mesmas.[2]

Campeonato Câmara do DF (AESB e CBES) - Av. Presidente Vargas - 28/02[editar | editar código-fonte]

A escola de samba Unidos de São Carlos não desfilou e foi automaticamente rebaixada de grupo.[3]

Classificação

Colocação Escola Enredo Pontos Resultado
1 Caprichosos de Pilares Invasão holandesa na Bahia 94,5 Sobe de grupo
2 Acadêmicos de Bento Ribeiro 87,0 Sobe de grupo
3 Império do Marangá Rio antigo Colonial 80,5
4 Unidos do Cabuçu De Cabral a JK 79,0
5 Tupy de Brás de Pina Exaltação à Arte e Pintura de Almeida Jr. 78,0
6 Império da Tijuca Brasil universitário 75,0
7 Filhos do Deserto Brasil Colonial 73,0
8 Unidos da Tijuca Sonho de Bravos 71,0
9 Cartolinhas de Caxias As Três Heroínas 71,0
10 Flor do Lins Glória a Memória de Carlos Gomes 71,0
11 Paraíso do Tuiuti Exaltação a Villa Lobos 65,0
12 Unidos da Vila São Luís Entradas e Bandeiras através dos Séculos 61,0
13 Unidos de Nilópolis Exaltação a Brasília 61,0 Rebaixada
14 União da Piedade Academia de Letras 58,0 Rebaixada
15 Unidos do Jacaré Adeus Cidade Maravilhosa 52,0 Rebaixada
16 Unidos do Morro Azul Três Gigantes do Patriotismo 51,0 Rebaixada
17 Unidos da Ponte Exaltação ao Estado do Rio de Janeiro 48,0 Rebaixada
18 Unidos do Salgueiro 37,0 Rebaixada
-- Unidos de São Carlos Páginas da história do Brasil Rebaixada

Campeonato Dep. de Turismo e Certames (AESB e CBES) - Praça XI - 28/02[editar | editar código-fonte]

Classificação

Colocação Escola Enredo Pontos Resultado
1 Unidos de Vila Isabel Poeta dos Escravos 78,0 Sobe de grupo
2 União de Vaz Lobo Brasília - mundo novo 75,0 Sobe de grupo
3 União da Ilha do Governador Homenagem às Forças Armadas 70,0
4 Independentes do Leblon Vultos heróicos de passado exemplar 68,0
5 Independentes de Mesquita Vultos heróicos de passado exemplar 62,0
6 Imperatriz Leopoldinense Homenagem à Academia Brasileira de Letras 61,0
7 Aprendizes da Gávea Brasil na guerra 59,5
8 Unidos da Vila Santa Tereza Fundação da Cidade do Rio de Janeiro 58,0
9 Paraíso da Floresta Petrópolis - cidade das flores 52,5
10 Acadêmicos do Engenho da Rainha Símbolos da pátria 49,0
11 Unidos do Éden Vultos inesquecíveis 46,0
12 Alunos da Penha Circular Brasília, Futuro do Brasil 44,0
13 Império de Campo Grande O Guarani 41,0
14 Além do Horizonte Exército e suas efemérides da Segunda Guerra 39,0
15 Capricho do Centenário Raposo Tavares 35,0
-- Boa União de Coelho da Rocha Desclassificada
-- Universitária de Rocha Miranda Gênios da música brasileira Desclassificada

Referências

  1. Galeria do Samba. «Carnaval de 1960 - Resultado». [http://archive.is/tRqwE Cópia arquivada em 14 de abril de 2015] Verifique valor |arquivourl= (ajuda) 
  2. Globo, Acervo - Jornal O. «Tapetão no samba: 10 casos de virada de mesa no carnaval do Rio desde os anos 60». Acervo 
  3. «1960 Grupo 2». Academia do samba. Consultado em 22 de abril de 2015.